terça-feira, 19 de julho de 2016

O Sporting, nunca poderá fazer dos joelhos a secretária onde planeia o futuro!...


LEÃO SEM MOTIVOS PARA SORRIR


«Os particulares não valem pontos e na pré-temporada não passam mesmo de treinos em competição, que servem para fazer crescer as equipas antes dos jogos a sério. Mas todos preferem trabalhar a ganhar do que a perder. Mais, para uma equipa como o Sporting, ser goleado por 5-0 pelo PSV não deixa de ser um resultado com custos para a imagem internacional.

De Bruno de Carvalho a Jorge Jesus, passando pelos jogadores, os leões têm desvalorizado a importância das derrotas. Normais, dizem. E com razão. O Sporting preferiu defrontar adversários de qualidade na pré-temporada. Provavelmente fê-lo demasiado cedo para o que podem as pernas dos jogadores, alguns nitidamente em sub-rendimento. Resta saber quais por cansaço e quantos por terem a cabeça noutro lado.

Ainda que a ausência da espinha dorsal da equipa penalize muito o rendimento leonino – era impossível que fosse igual sem Patrício, William, Adrien e João Mário –, podem tirar-se algumas conclusões da fraca prestação do Sporting em estágio.

A primeira, provavelmente, que Jorge Jesus tem dado cargas fortíssimas. Mas essa é mais ou menos óbvia e pouco preocupante. É que a ausência de Patrício e um olhar atento a Azbe Jug e Stoijkovic deixaram claro que JJ precisa mesmo de mais um guarda-redes. A fabulosa temporada passada do campeão europeu tapou a lacuna, mas uma eventual lesão do titular terá custos evidentes se nada for feito.

O mercado ditará muito do eventual sucesso do Sporting esta época. É sempre assim. Na última Liga, por exemplo, ficou por saber o impacto da saída de Montero em Dezembro. Ou da marginalização de Carrillo. O leão será um se os que estão de férias voltarem. Outro se vier mais um ponta-de-lança a sério. Melhor ainda se limpar bem o plantel. Há ali alguns sem pedal para JJ.»
(Bernardo Ribeiro, Opinião, in Record)

Que não se tape o Sol com uma qualquer peneira. Nenhum observador internacional questionará o tempo de preparação que o Sporting leva, comparativamente com as equipas que o derrotaram neste descoroçoante estágio na Suíça! E, não sejamos ingénuos, essa opinião e a carga profundamente negativa que a envolve, acabará por determinar, ainda que indirectamente, sérios prejuízos para o Clube num futuro mais ou menos próximo. 

Desde os almejados patrocínios que o mercado interno se revela em cada dia incapaz de proporcionar, até às naturalmente ridículas propostas de aquisição de jogadores leoninos. Nenhum clube do mundo hipervaloriza um jogador dos quadros de uma equipa que oferece de si a imagem que o Sporting acabou de demonstrar!...

Esse terá sido, a meu ver, o maior motivo de preocupação para tudo o que acaba de acontecer em terras helvéticas ao clube de Alvalade. Com o regresso dos quatro campeões europeus, com algum acerto que o mercado internacional possa proporcionar, com o tempo que ainda nos separa do início das competições, com o trabalho que JJ inevitavelmente deverá desenvolver, quase tudo poderá ainda ser alterado para melhor. Mas a imagem deixada na Suiça já ninguém conseguirá apagar nos tempos mais próximos!...

Um clube com a dimensão que o Sporting, pela voz dos seus dirigentes, diz pretender alcançar na Europa e no Mundo... 

Nunca poderá fazer dos joelhos a secretária onde planeia o futuro!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Quem não come alhos não cheira a eles.

    ResponderEliminar
  2. Caro amigo,

    Imagem na pré-época? Se alguma coisa vier a ser determinante para a imagem internacional no Sporting esta época será o desempenho na Liga dos Campeões.
    O que interessa é chegar a meio de Agosto em condições. Campeões de pré-época há muitos. Certamente que este estágio servirá para confirmar as debelidades do plantel, que são várias,
    e trabalhar o que tiver de ser trabalhado.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE