terça-feira, 26 de julho de 2016

Assim, nem o pai vem nem a gente almoça!...





E neste sexto jogo de preparação para a temporada que se avizinha a passos largos, o Sporting voltou a dar muito escassas indicações sobre aquilo que a equipa será capaz de produzir quando for chamada à realidade competitiva que a 13 de Agosto de forma inexorável nos entrará por Alvalade adentro.

O conjunto leonino até terá conseguido ao longo de uma boa parte do encontro uma notória supremacia sobre o seu adversário, quarto classificado da liga espanhola, mas voltou a pecar por revelar alguma falta de ideias no momento ofensivo, um exagerado número de passes errados, incompreensíveis dificuldades de pressão e cobertura de espaços e a não traduzir em golos o seu ascendente, parecendo ainda distante do nível a que nos habituou num passado bem recente.

Já em termos defensivos as coisas parecem estar a melhorar, muito particularmente na segunda parte do encontro de hoje, se bem que continuem a ser notórias algumas debilidades por parte de jogadores que já fizeram bem melhor.

Parece incontornável que a esperança dos adeptos leoninos aponte agora para a chegada dos quatro campeões europeus e para uma mais rápida decisão de quem de direito sobre saídas e entradas...

Assim, nem o pai vem nem a gente almoça!...

Leoninamente,
Até à próxima

10 comentários:

  1. ...mas vai-se petiscando, que remédio!...
    A equipa praticou um futebol desgarrado, talvez por culpa de um César perdido no lugar 8, de um Iuri (em quem eu tanto acredito), inconsequente, completamente fora de forma e de um Barcos sem motor e que até os remos deve ter perdido (não resisti a esta).

    Depois, um relvado(?) a levar os saudosistas a pensarem que o relvado, agora substituído, de Alvalade era, afinal, um bom relvado e, acima de tudo, este velhinho trofeo veraniejo reloaded, com todos os ingredientes do antigamente (ou fica bola ou fica o homem) e uma arbitragem a condizer.
    Coisas boas, também as vi: a equipa começa a soltar-se, a defesa a encontrar-se (Schelotto, Coates e Semedo, com Naldo à espreita) e a prometer que, em pouco tempo mais, estarão au point; o meio campo a mostrar que "aquilo" é um arremedo do que desejamos e o ataque... bem, com o Slimani já criou perigo real e até não se ganhou porque estaria escrito nos astros- "é futebol e agora há que trabalhar mais e levantar a cabeça"

    Amigo Álamo, já não desgostei tanto. Acredite, vá por mim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um boa crónica do bom amigo Liondamaia! E se amanhã chegarem os campeões europeus, então é que acredito mesmo!...

      Eliminar
  2. Calma, o Villarreal foi o terceiro classificado de Espanha e foi á final da Taça dos Campeões com o Real Madrid. Não seja por um empate contra o Villarreal que Alvalade vai a baixo. Nós cá continuamos na nossa luta com o objetivo de voltar a ver o Sporting Campeão. Vamos acreditar no Jorge Jesus, depois da época que fez o ano passado desta vez ainda vai fazer melhor. Você não acredita? Eu cá acredito que é desta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acreditar, acredito, mas o que eu queria era... que o pai viesse e a gente almoçasse!...

      Eliminar
    2. Vamos lá acreditar. Se nós não acreditamos, quem acreditará?!

      E já agora vou-me corrigir de ter dito que o Villarreal foi terceiro e foi á final da Liga dos Campeões. Não sei porque carga de água troquei-os com o Atlético Madrid!

      Eliminar
    3. Foi terceiro? Em que planeta?

      Eliminar
    4. Não ficou muito longe...creio que foi quarto...!

      Para mim, foi o melhor jogo do Sporting nesta pré-epoca e só uma grande dose de azar, impossibilitou de termos trazido a taça para Portugal...

      A partir de hoje é que parece que "as coisas" vão começar mesmo a sério...
      Os "Mosqueteiros" voltaram...!!

      Eu acredito...!!

      Eliminar
  3. Bons Dias, caríssimo Álamo:
    O Vilareal foi quarto no campeonato de Espanha, também não é tão baixo assim, só para clarificar o "Santos" (agora é moda muitos Fernandos e muitos Santos, não era o caso quando o correram de Carnide).
    Têm uma boa equipa, e o jogo foi bom.
    Nota-se falta de entrosamento entre o meio campo e o ataque, claro. Nenhum daqueles rapazes era titular no ano passado e lembrem-se só que os titulares que lá não estão jogaram mais de 90% dos jogos, numa estimativa por alto.
    Indo um pouco contra a maré, e como já disse ao Álamo, custa-me muito ver crucificar o Barcos. E digo aqui para que não fiquem dúvidas: olhem que ele é bom, é mesmo muito bom. Vejam só que o Slimani, com aquele meio campo, também não marca golos. Deem tempo ao homem, aturaram tanto outros...
    Se há tanta paciência para um Iuri ou um Palhinha, ou mesmo para aquela insuportável bailarina de seu nome Matheus...

    Um Abraço,

    José Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas só tem 15 dias de preparação. O Sporting já vai num mês.

      Eliminar
  4. + 1 amigo José Lopes...!

    O Barcos ainda nos vai dar muitas alegrias...acredito...!!

    Abr e SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE