domingo, 24 de julho de 2016

E viva o Benfica!...


No jogo de estreia do novo relvado de Alvalade, seria perfeitamente natural que qualquer jornalista, no final do jogo e já com o estádio vazio, se deslocasse lá abaixo, ao tapete verde, acompanhado de um qualquer seu companheiro de captação de imagens, para analisarem "in loco" o estado do relvado, depois de todas as "agressões" sofridas ao longo da peleja rija a que todos assistimos, de modo a documentarem-se minimamente para poderem emitir uma opinião honesta e éticamente insuspeita sobre a qualidade do trabalho realizado pela empresa que assumiu a substituição do relvado e os trabalhos de melhoramentos complementares que na oportunidade o Sporting noticiou.

Depois de buscas aturadas, não consegui até ao momento encontrar uma única publicação que tenha dedicado a sua atenção a esta questão, após a realização do primeiro teste do novo relvado de Alvalade.

Mas, tal como eu, todos os espectadores que assistiram à transmissão televisiva do jogo, tiveram a oportunidade de apreciar as imagens que o realizador colocou no ar, iam passados 32 segundos do início do jogo que, naturalmente, geraram preocupação em muitos espíritos de adeptos sportinguistas e, à boa maneira "tuga", gáudio nos espíritos dos adeptos "comprometidíssimos" com o 'fairplay', particularmente os benfas, como adiante explicarei.

Por ironia do destino, atenção, cuidados e esforço dos deuses e satisfação dos sportinguistas e responsáveis da empresa que procedeu aos trabalhos de substituição, o jogo terminou sem que o realizador tivesse voltado a colocar qualquer imagem de degradação do novo relvado, pela simples e liminar razão de que ao longo de todo o jogo o relvado, afinal, terá revelado um comportamente excelente, para tão curto tempo de enraizamento. Nenhum realizador, depois da primeira imagem que colocou no ar, enjeitaria, segunda e terceira e quarta oportunidade, se elas eventualmente surgissem.

E o assunto morreria e cairia no esquecimento, cabendo ao futuro encarregar-se da bondade dos trabalhos levados a cabo no estádio José Alvalade. Mas isso aconteceria em outro lugar qualquer do mundo, diferente de Portugal. Porque por cá, há sempre alguém que consegue ser "mais papista que o papa", há sempre alguém que odeia mais o Sporting e tudo o que com ele se relaciona, do que ama o clube do seu coração.

O exemplo paradigmático chegou-nos através do jornal Record, feito por jornalistas da mais fina água, competência, ética e isenção! E vá de publicar o "frame" que o canal televisivo responsável pela transmissão do jogo, havia colocado no ar aos 32 segundos de jogo (LINK), e abrir a caixa de comentáriso a toda a casta de energúmenos que por lá decidiram comentar, sem a mínima moderação e dando todas as oportunidades aos melhores adeptos do mundo, os adeptos benfas, de  poderem exibir todo o seu "glorioso fairplay"!...

Só o mais estúpido adepto de futebol desconhecerá que acidentes da natureza daquele que a imagem documenta acontecem em todos os jogos, em todos os relvados, até naqueles com enraizamento de anos. Se porventura o acidente documentado se tivesse repetido hoje em Alvalade uma dúzia ou mais de vezes, estariámos em presença daquilo que os "simpáticos jornalistas do jornal Record" tanto pareciam desejar, bem como a multidão de "comentadores benfas" que logo se apressaram a vomitar a sua bilis na caixa de comentários, aberta à discrição de todos os "vândalos". Porém, tal não aconteceu e fica só o exemplo modelar do jornalismo que se pratica naquele jornal! Não andarei muito longe da verdade se disser que o senhor director António Magalhães e o senhor director-adjunto Bernardo Ribeiro, passaram ao lado desta "atrocidade", porque certamente estarão a banhos, de férias! O único que parece nunca ter férias, nunca ir a banhos, nunca se enganar e raramente ter dúvidas, será o outro senhor director-adjunto, de seu nome, Nuno Farinha! Isto a julgar pelas "entradas de borla" que são dadas aos "energúmenos benfas" que invadem as caixas de comentários em matérias criteriosamente escolhidas e, naturalmente, contra o Sporting!...

E viva o Benfica!...

Leoninamente,
Até à próxima

13 comentários:

  1. Respostas
    1. Há uma coisa de que os benfas como tu não precisam para criar inimigos e despoletar ódios sem necessidade de declarar guerra seja a quem for: basta dizerem o que sentem!...

      Tal como a democracia, o benfiquismo é um erro estatístico, porque como em todas as maiorias resulta e é formado pela soma de imbecis!...

      Eliminar
  2. Para além desse "frame" houve um outro levantamento na outra parte do campo e nada mais (que o jornaleiro "não viu")...
    Aliás um olhar sobre o tapete verde no fim do jogo deixou-me a mim e certamente a todos os outros que comigo estavam em Alvalade...perfeitamente descansados pelo actual estado do relvado...
    Eu confesso que não esperava tanto, depois de tão pouco tempo de enraizamento...
    Mas também já vi nesse nojo de jornal o "sensacional frame"...é mesmo de jornalistas mesquinhos fazer de um levantamento de relva (se tivessem "reparado" no outro...seria uma catastrofe...) um "caso" problemático do relvado de Alvalade...
    Já nem há palavras para este "jornalixo"...!

    Pois para mim, como já acima referi...foi uma agradável surpresa, o estado que o relvado apresentava no final do jogo (que foi bem rijo...)...
    Nunca esperei que resistisse tão bem...repito...!

    Abr e SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que vimos no final do jogo de ontem, terá sido uma agradável surpresa para todos, amigo Max e reverte a favor dos homens e mulheres responsáveis por tão excelente trabalho! Finalmente parece que Alvalade tem um relvado! Já merecíamos!...

      Abr e SL

      Eliminar
  3. Os lampiões são o que são, rascas. Se os merdias dão largas à populaça lampiónica, só se desqualificam. O Record é o CM da imprensa desportiva. A Bola é um jornal do beifica, e o Jogo é o JN do futebol. Tudo porcaria, portanto.

    ResponderEliminar
  4. O relvado aguentou-se bem para as circunstâncias. Ainda não se pode dizer que pegou de estaca, porque só com o tempo poderemos ter a certeza, mas comparando com a inauguração de outros relvados, este portou-se muito bem.

    No próximo Sábado teremos outro teste e depois só no dia 13 de Agosto é que vamos ter jogo em casa.


    ResponderEliminar
  5. Acaba de me chamar - e a todos os benfiquistas - imbecis... Porque tem um novo relvado e alguém mostrou um tufo de relva levantado, na TV e num jornal.

    Adoraria um pedido de desculpas, visto que não me conhece de lado nenhum e certamente dezenas de adeptos do seu clube, meus grandes amigos, teriam todo o gosto em mostrar como está errado.

    Mas temo que poderei esperar sentado pelo pedido de desculpas. Você é o espelho, infelizmente, da vitória do discurso inflamado e coberto de antidesportivismo pelo queal a atual direção leonina tanto se tem esforçado.

    Um pedaço de relvado. E viva o BENFICA?
    Triste, não?

    Desejo-lhe as melhoras e, como sempre (e como tem sido nos últimos 3 anos): que vença o melhor.

    ResponderEliminar
  6. "Andamos nós a perder tempo com fracos defuntos e cotemos tanto que fazer...", foi o que me lembrou sobre o tema.
    Mas, infelizmente, seja pela relva, pelo João Mário, ou por uma qualquer merdalhice (vermelhice, na maior parte das vezes) lá temos nós que esquecer um pouco o que não devemos esquecer, para perder tempo a chamar idiotas que escrevem ou dizem parvoíces. Às tantas, é mesma essa a intenção!...

    Só a mente de um doentia poderá ter seleccionado essa imagem do início da partida, esquecendo-se de a complementar com uma imagem do final da partida- culpo o realizador, não o operador de câmara- para que nós, telespectadores, pudessemos ajuizar, por nós próprios, de forma equilibrada.
    Bem sei que isto não defende a manipulação da opinião, mas também não posso reclamar. Até sou inácio!...

    ResponderEliminar
  7. Diria mesmo que pode muito bem ser a nossa melhor contratação, a confirmar, a par de Alan Ruiz... Qto ao resto..., mais do mesmo..., ou melhor, pior do mesmo... Ao pasquinácio Hugo Miguel (ainda gostava de saber porque raio é a federação ou a liga a nomear árbitros para particulares) direi apenas... Tás no ponto para o tetra... Excelente pré-êpoca DASSSE... Nem a feijōes... TAMOS F****** C****** (como diria o Éder Herói)

    SAUDAÇŌES LEONINAS

    ResponderEliminar
  8. Pode esperar sentado, deitado, em pé ou como lhe aprouver! Apenas costumo apresentar desculpas, a quem eventualmente, na imperfeição comum a todo o ser humano, possa ter ofendido. Não foi o caso do caro Nuno Figo, que não conheço de lado nenhum para algum dia poder ofender, nem dos 14 milhões de adeptos benfiquistas, segundo o proclamado por quem dirige esse clube afirmando a sua decência e transparência, facto que os tribunais desmentem, com investigações judiciárias, processos e condenações do conhecimento público...

    Dentro do contexto a que o meu texto se refere, apenas apelidei de energúmenos e imbecis os adeptos benfas - repare que enfatizo a distinção entre benfas e benfiquistas -, que elaboraram e fizeram publicar os comentários por mim referidos!...

    Acompanho-o nos desejos que expressa de que no futuro "vença o melhor", complementando o seu desejo com a palavra "sempre": QUE SEMPRE VENÇA O MELHOR! Infelizmente não tem sido isso que tem acontecido de há três décadas a esta parte!...

    ResponderEliminar
  9. E a senda anti-benfiquista do autor deste blog continua forte e vibrante, arranjando todas as desculpas e mais algumas de falar do seu clube rival. Aliás, devem haver poucas publicações onde não o faça... :-) Agora até um pedaço de relva é motivo. Mas ainda bem que temos o Álamo para nos lembrar a diferença entre ser sportinguistas e ser outra coisa qualquer...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE