segunda-feira, 16 de março de 2015

Na "mouche"!...



"Podíamos falar de Samaris e de Eliseu, como antes de Matic e Javi García, ou apontar uma boa dezena de jogadores que ele valorizou e de que tanto beneficiaram já os cofres do Benfica. Não merece a pena, os méritos de Jorge Jesus são indesmentíveis, ainda que na hora em que as coisas não correm tão bem logo apareçam hienas e urubus a pôr em dúvida o treinador – e igualmente Deus e o divino Espírito Santo.

Fico-me apenas pelos três exemplos que na partida com o Sp. Braga me saltaram aos olhos. O primeiro é Jardel, o mal-amado, por anos o "pior" dos centrais do Benfica, aquele que nunca mais se ia embora e que via falhar sucessivas tentativas de encontrar um parceiro para Luisão sempre que faltava Garay – e mesmo depois, quando o argentino partiu para aturar o Villas-Boas. Foi a insistência de Jesus e o apoio que deu ao jogador que acabaram por construir o esteio em que Jardel se tornou.

O segundo caso é o de Jonas, em quem JJ apostou, quase contra o Mundo, quando quiseram deixar-lhe o Lima sozinho para o combate em todas as frentes. A carreira decepcionante do avançado no Valencia confirmava o que todos, menos Jesus, juravam ver: um mercenário, um futebolista acabado e a viver do passado. A realidade está aí: 20 golos já apontados nesta temporada e uma qualidade muito acima da média.

O último exemplo é o de Júlio César. Um guarda-redes de 35 anos, que acaba num clube do fundo da Premier e que nem aí é titular, vem para o Benfica fazer o quê? Está também à vista a sua classe e a tranquilidade que deu à equipa, pelo que há uma pergunta que se impõe: onde estariam os três brasileiros não fosse o seu encontro com Jesus? Dar a resposta é que já seria deselegante.

Na "mouche"! E como eu gostaria de um dia escrever algo parecido com isto, trocando personagens e vestindo-lhes a gloriosa verde e branca!...

Leoninamente,
Até à próxima 

5 comentários:

  1. Estará lançado, novamente, o mote até ao final da época... Super Hiper Mega valorização de tudo o que mexe de vermelho... Para vender ou para reter... NOVIDADES...!!! Só no .....

    É que, com a gloriosa verde-e-branca, não temos, nunca tivemos, e provavelmente..., nunca teremos, estes bercinhos montados para os defender, acarinhar e proteger... ajudar o treinador... valorizá-lo, dar-lhe corpo, competência e títulos... (antes pelo contrário)

    Se até Peter Schmeichel veio para cá porque mais ninguém o queria... para a reforma...

    outros exemplos... Polga, Rochemback, César Prates, Leandro (este também veio do Valência...) Phill Babb, Duscher, Heinze, Rojo, De Wilde, Valckx, Saber, Naybet, Hadji, Amunike, Juskowiak, Matias Fernandez, ..., ..., ...,

    Jogadores de classe, apenas, mediana, que nunca tiveram a caminha feita... - ou melhor... que tiveram SEMPRE a caminha feita - nem o treinador certo... (nunca nada é certo pelos lados de Alvalade)

    Mesmo aqueles poucos, que alguma coisa que por cá ganharam... (ou que os deixaram ganhar) só foram realmente bons... ou antes, ou depois de por cá passarem..., nas mão de outros e com outros horizontes. A excepção que conf(o)rma a regra será talvez André Cruz...

    E não digo isto, apenas, para fora... De dentro para fora... foram inúmeras vezes fomentadas estas desconfianças... com dedos apontados a treinadores, adjuntos e apanha-bolas...

    Podemos passar agora aos portugueses... NAH...!!! Seria uma lista ainda maior... e só de cabeça...

    Para dar um exemplo... Façamos uma estatística em TODOS os estádios portugueses na próxima jornada e vejamos quantas pessoas presentes nas bancadas saberão quem foi PEYROTEO.... (Não.. não foi o tio-avô do ex-futuro presidente do Sporting)... Por outro lado perguntemos quem foi.... Sim..., esse que vocês estão a pensar....???

    p.s. ainda assim gostaria de perceber se o objectivo é valorizar o treinador ou os jogadores ...?Pois... devem ser os... quatro....!!! - Por que raio não valorizam também a roda da bicicleta...? Se ela não estivesse lá... a p*** da águia, ou caía ou voava daqui para fora.........!!!!

    [Na "mouche"! E como eu gostaria de um dia, VER ESCRITO, algo parecido com isto, trocando personagens e vestindo-lhes a gloriosa verde e branca!...]

    A questão fundamental será a de que... Queremos nós continuar a ter um grande treinador... ou vamos permitir que MS seja o próximo 'GRANDE' treinador do futebol português, e arredores???

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o devido e natural respeito pela opinião do amigo ZE e sem deixar de lhe reconhecer uma substancial dose de razão, permita-me discordar da subserviência de que me acusa!

      Como sportinguista e autor de Leoninamente, não me julgo merecedor da velada crítica que estará subjacente ao seu comentário, nem concordarei que o texto de Alexandre Pais seja a peça da "engrenagem" que sugere!...

      E também como sportinguista e autor de um blog cujo lema, no cabeçalho, exibe propósitos inequívocos, seria o útimo de todo o fantástico universo leonino a não querer "continuar a ter um grande treinador e a permitir que MS seja o próximo 'GRANDE' do futebol português e arredores"!...

      Outra coisa completamente diferente, será não copiar a coruja nos seus afectos ou, pior ainda, copiar os benfas, na sua "qualidade" peculiar de se julgarem os melhores e os maiores do mundo!...

      Não me exijam que enfie a cabeça na areia e isente MS de todos os erros que tem cometido, fruto da sua natural inexperiência, que em nenhum caso deverá ser confundida, utilizada com objectivos persecutórios, ou no limite, sobrepôr-se aos seus extraordinários atributos!...

      Penso que como sportinguista e autor desta insignificante e porventura imperfeita voz leonina, não será crime, "desejar VER ESCRITO, algo parecido com o que escreveu Alexandre Pais, trocando personagens e vestindo-lhe a gloriosa verde e branca"! Como não será crime desejar ter capacidade para um dia conquistar os títulos que há mais de uma dúzia de anos vemos os outros celebrar, recorrendo sempre às mesmas, quantas vezes falaciosas e estafadas desculpas, num eterno sacudir de água do capote onde nos refugiamos, demasiado comodamente!...

      Como não cometeu crime nenhum, a criança que no meio da multidão, inocentemente, terá dito que o rei ia nu!!!...

      SL

      Eliminar
    2. Meu caro amigo... Peço, desde já, desculpa se inferiu das minhas palavras quaisquer acusações menos próprias... Se alguma critica eu lhe poderia fazer era, poderia ser, o facto de trazer algumas vezes - quiçá, vezes demais - o clube em questão para o seu espaço... sendo que isso é legítima e obviamente uma opção editorial sua... goste quem gostar... em última análise... "a porta da rua é a serventia da casa"...

      Dai a acusá-lo de subserviência... Não... Bolas... Isso não... Subserviência é que não...!!! Posso afirmar que esse epíteto é coisa que não cola, de todo, com aquilo que posso dizer já conhecer do meu amigo... Nunca me cruzei, fisicamente, consigo... porém as palavras, mesmo que por detrás de um teclado..., são o espelho da alma... E daquilo que, posso dizer, já conhecer da sua pessoa, postura e verticalidade... em nada podem ser, sequer, alinhadas com essa baixeza de carácter que é a subserviência... Fique o meu amigo sabendo que subserviente é, considero eu, o que de pior um Homem pode demonstrar ser... o meu amigo jamais me levou a pensar em tal coisa...

      Perante esta declaração de intenções pessoais... reiterarei tudo o que disse acima... no sentido em que nós SPORTING CLUBE DE PORTUGAL estamos permanentemente sujeitos ao crivo, ao mau crivo, de uma comunicação social que não pestaneja em idolatrar tudo o que é vermelho (essencialmente) e azul, deixando SEMPRE o verde para a destilação venenosa dos seus (deles) egos... E digo-lhe, que mais não lhe direi, pois não posso... mas que sei de fonte segura, a minha, como as coisas funcionam neste particular...

      Compreendo o seu desejo (que também é o meu) de ver, por uma vez que fosse, o meu (nosso) clube - SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - e/ou quaisquer dos seus quadros elevados à classe de uma competência extraordinária capaz de transformar em ouro, qual midas, qualquer tipo de elemento menor que a natureza produzisse...

      Dar-lhe-ei um simples exemplo que certamente o meu amigo aceitará como válido... Qualquer que tivesse sido o treinador do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL que tivesse perdido um campeonato aos, famosos 92 min, mesmo que apenas motivado pelas especificidades do jogo - o que nem terá o caso - jamais teria tido, interna e externamente, qualquer tipo de confiança e oportunidade para seguir o seu caminho dentro do clube... JJ, e bem (para eles) teve-o... Lembro-me de pensar, e algures por ai escrever... que o melhor que podia acontecer ao SPORTING e aos outros adversários do carnide era o jesus ser mandado embora... Recomeçar do zero seria a cereja em cima do bolo... Infelizmente para nós... e felizmente para eles tal não sucedeu... e os resultados estão ai....

      Não quero retirar mérito ao treinador... mas também não o coloco nos píncaros... pois TODOS sabemos que não é só a competência (algumas vezes posta em causa mas sempre relevada por esta ou aquela circunstância pelos tais que eu critico) que ganha campeonatos... Para além dos factores externos... do jogo... Há-os os externos, ao jogo... e a CAMINHA FEITA é seguramente um deles...

      Eliminar
    3. Marco Silva... não será ainda um GRANDE treinador..., provavelmente, por cá nunca atingirá esse nível. Nos meus, mais que parcos, conhecimentos técnico-tácticos também consigo vislumbrar algumas deficiências... Mas também acredito, por diversas razões e até prova em contrário, que não há melhor em Portugal... Porém isto não invalidará... que até ser coroado "rei das aves" seja alvo das mais diversas ofensas técnicas e profissionais, por forma a lhe ser dado o caminho para... E acredito profundamente que o caminho que esses eles querem trilhar é o de tudo fazerem para que MS assuma o lugar do jj... Tudo já estava cozinhado... O que eles não esperavam era que LJ fosse aceitar sair logo no fim do primeiro ano... A coisa era para se dar agora...!!!

      Para além disso, afinal jj, não tem assim um mercado tão emergente quanto isso... Talvez com dois campeonatos seguidos alguém se descuide,,, Mas cá estaremos para verificar... Se haverá alguém descuidado... e quem se descuidará....!!!

      Quando o nossa imprensa der tanto relevo à genialidade de um jogador, p.ex. Enzo Pérez, quanto ao facto de em Espanha ter 10 jogos e já 7 cartões amarelos... por comparação com Nani que já levou mais cartões em 9 meses em Portugal do que em 7 anos de premiership... Isto para falarmos em factos objectivos de jogo - que toda a gente percebe - e não de conceitos organizacionais do desenvlovimento da indústria como um todo..., bla..., bla..., bla...

      Quando todos falarmos a mesma linguagem... Ai sim... eu vou valorizar e até recomendar as palavras de um qualquer alexandre pais... Enquanto tivermos dois pesos e duas medidas para falarmos de uma mesma coisa... Peço desculpa mas não vou dar qualquer tipo de crédito a essa gente... ou melhor... vou continuar a achar o que.... acho agora...!!!

      Assim sendo permita-me a veleidade de repetir... [Na "mouche"! E como eu gostaria de um dia, VER ESCRITO, algo parecido com isto, trocando personagens e vestindo-lhes a gloriosa verde e branca!...]

      Um forte, amigo e LEONINO Abraço

      SL

      Eliminar
    4. Presumo que JLB e ZE, serão uma única e a mesma pessoa, aquela por quem nutro simpatia e amizade, embora com pena minha ainda não tenha ultrapassado o virtual, até que um dia destes possa ter o privilégio de a ver transformada em real, com um abraço em Alvalade.

      Aceito naturalmente as suas explicações e a intenção de desfazer equívocos. Mas as palavras lidas, sempre hão-de prestar-se à interpretação do leitor. Tenho perfeita noção de que frente a frente, os olhos seriam o complemento que eliminaria qualquer interpretaçã abusiva. Mas com a frontalidade que certamente já terá extraído da minha forma de comunicar, permita-me que lhe confesse que senti a acusação de que lhe dei conta, nesta simples frase:

      " A questão fundamental será a de que... Queremos nós continuar a ter um grande treinador... ou vamos permitir que MS seja o próximo 'GRANDE' treinador do futebol português, e arredores???".

      Senti que estaria a retirar da minha "displicência" na utilização dos argumentos de AP, uma contribuição para que MS viesse a ser "o próximo 'GRANDE' treinador do futebol português, e arredores"! E nessa condição, eu estaria a ser "colaborante" com desígnios alheios ao Sporting, logo, subserviente perante os propósitos dos "orquestradores"!...

      Perdoe-me meu amigo, mas foi exactamente que inferi das suas palavras e... "quem não se sente não é boa gente"! E deixe-me que lhe confesse também, que não terá sido a primeira vez, que me apercebi de uma certa animosidade em relação à forma como entendo e sinto o Sporting. Acredito que, antes como agora, não tenha sido essa a sua intenção, mas haverá afirmações que só poderão ser feitas olhos nos olhos, ou então o cuidado em escrevê-las deverá ser bem superlativo. Porque qualquer um de nós, nunca reagirá bem perante comparações ou dúvidas sobre os seus afectos. E então, quando em causa está o Sporting, a sensibilidade, pelo menos no que a mim diz respeito, passa a... ULTRA!...

      Posto isto, gostaria de esclarecer o meu amigo, sobre aquilo que define como minha linha editorial, para o caso de eu ainda não ter sido capaz de lhe transmitir esse meu propósito, todas as vezes, sem nenhuma excepção, que eu recorro a notícias, imagens, comentários, opiniões e todo o tipo de textos, centrados no nosso maior rival, têm como único objectivo fornecer armas, caminhos, exemplos, processos, que conduzam o Sporting à superação, ou lhe evitem os prejuízos, decepções, amargos de boca que causaram aos outros, ou ainda e finalmente, quando os caminhos percorridos por eles, de tão ridículos, apenas me merecem chacota. Que espécie imaginária de sportinguista seria eu, se não tivesse capacidade para me aperceber de eventuais promoções que inadvertidamente pudesse fazer do nosso maior rival de sempre?!...

      Haverá alguma diferença na forma como ambos sentimos o Sporting! Por mim, procuro respeitar a sua, embora em alguns casos a ache demasiado radical. Mas é a sua e eu entendo que o meu silêncio sempre estará mais correcto que qualquer contraditório. Porque o sportinguismo não se discute nem se ensina! Apenas se vive, ou não!...

      Um forte, amigo e LEONINO Abraço

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE