sexta-feira, 27 de março de 2015

Muito obrigado Naide!...



Há 19 anos no clube a que desde menina entregou o coração, lá longe sobre a linha do equador, onde nasceu a 20 de Novembro de 1979, nesse paraíso que dá pelo nome de S. Tomé e Príncipe, despediu-se hoje das pistas de atletismo, uma das nossas maiores atletas de sempre.

Para além de um inigualável rol de títulos nacionais e internacionais, Enezenaide do Rosário da Vera Cruz Gomes, viu o seu sportinguismo ser reconhecido com a atribuição por sete vezes, do Prémio Stromp, nos anos de 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008 e 2010.

Com 35 anos, feliz e orgulhosa do seu percurso singular no atletismo português e mundial, e vivendo pela primeira vez a alegria de uma há muito desejada e bem próxima maternidade, Naide Gomes decidiu instalar em todos nós, sportinguistas e portugueses, uma saudade sem conta nem medida, que apenas estas palavras serão capazes de traduzir:

Muito obrigado Naide!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Off-Naide: http://comquemsporting.blogspot.pt/2015/03/estou-descanado.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro António Gomes, não é de ontem e muito menos de hoje, a admiração que nutro por PSG. Muitas das suas crónicas, tanto no Record, quanto no anterior jornal que dirigiu, foram por mim aqui publicadas e comentadas, exactamente por me parecer o exemplo acabado do benfiquista que me merece profundo respeito e que jamais poderá ser confundido com a grande maioria dos adeptos do seu clube.

      Acresce que também eu penso que PSG será dos poucos em Portugal a revelar o mais profundo conhecimento sobre o funcionamento e estado das SADs e respectivas administrações, dos bancos e respectivos banqueiros, da CMVM e respectivos responsáveis e práticas, dos fundos e toda a nebulosidade que os envolve e nunca lhe vi palavras sobre a Sporting SAD que não fossem elogiosas.

      Se porventura era a ele que Carlos Vieira se referia, já não o poderei inferir das suas declarações. Mas não ficarei surpreendido se isso corresponder à realidade.

      No aspecto financeiro e rigor de gestão, há muito que também eu estou descansado no que à Sporting SAD diz respeito. Se e quando, noutras áreas, forem adoptados os mesmos processos e equilíbrio, então poderemos estar todos descansados...

      Eliminar

PUBLICIDADE