quinta-feira, 26 de março de 2015

Labyad: o tempo parece ter jogado a favor do Sporting!...


Labyad tem todas as condições para se afirmar no Sporting

"Está a jogar muito bem pelo Vitesse. Esta época, ele tem provado toda a sua qualidade e nota-se que está mais maduro. Acho que tem todas as condições para se afirmar no onze titular do Sporting com as funções de médio-ofensivo. Do que tenho visto, o Labyad rende mais nesta posição do que a jogar a partir das alas, já que, no meio, tem mais espaço para fazer a diferença. [...] 

Ele é muito forte no capítulo ofensivo, mas tem de ser mais trabalhado nos processos defensivos. Terá de correr muito mais no Sporting do que no Vitesse. [...]

Na primeira passagem pelo Sporting, ele ainda estava um pouco verde. Na sua grande maioria, os jovens jogadores que saem do futebol holandês têm alguma dificuldade para se adaptar a ligas mais fortes, como é o caso da portuguesa. [...]

Têm ambos raízes marroquinas e são parecidos no estilo de jogo. O Afellay também passou por dificuldades em adaptar-se a um grande clube europeu [Barcelona] e só agora, aos 28 anos, é que parece ter estabilizado. Espero que o Labyad o faça bem mais cedo."
(Ton du Chatinier, antigo técnico do Vitesse, in SapoDesporto)

Será por demais evidente que as razões que sustentarão as palavras de Ton du Chatinier, ex-técnico de Utrecht e Vitesse, seguidor atento do futebol holandês e do português, há muito que não terão passado despercebidas a toda a estrutura do futebol leonino, consciente da terrível lacuna de que há muitas épocas têm enfermado os sucessivos planteis de Alvalade, no lugar específico onde o talentoso médio ofensivo internacional marroquino poderá encaixar como uma luva, terminada que parece estar e com reconhecido êxito, a sua reciclagem no Vitesse.

Apontará nesse sentido a reunião ocorrida há cerca de três semanas em Lisboa, entre Bruno de Carvalho e o pai de Labyad e o representante holandês do jogador, no sentido de uma aproximação entre as partes e da ultrapassagem de uma série de questões que porventura a estas ainda se coloquem, nomeadamente as questões dos "direitos de imagem" e do salário do jogador, constantes do contrato estabelecido com o jogador por Godinho Lopes.

No primeiro caso estará a resolução do diferendo resultante da denúncia por parte do Sporting desses mesmos direitos e do consequente processo movido pelo jogador, junto das instãncias competentes da FIFA, sem que esta até agora se tenha pronunciado.

No segundo caso estarão os custos astronómicos a suportar pelo Sporting, da ordem dos 4 milhões de euros mensais, entre o salário líquido a auferir pelo jogador e os custos que daí resultam em termos fiscais e segurança social.

È certo que tanto a redução do salário aceite pelo jogador quando rumou por empréstimo para a Holanda, quanto a sua actual disposição de o continuar a fazer no caso do seu eventual regresso a Alvalade, concorrerão para que possa ser absolutamente viável um entendimento entre as partes, sem que se possa dar como adquirida a solução do diferendo em sede da FIFA. Mas a vinda do seu pai e representante a Lisboa, terá de considerar-se como sendo um primeiro passo para a resolução do diferendo.

Certo é que as palavras de Ton du Chatinier, reforçarão a certeza de que o Sporting estará mais interessado no regresso de Zakaria Labyad, tido como solução mais indicada para o reforço da equipa em posição tão carenciada, que a contratação a peso de ouro de alguém cujas garantias de qualidade, dificilmente se aproximem da valia de quem continuará a permanecer ligado ao Sporting até 30 de Junho de 2017.

Não será dispiciendo associar ao desejo de Bruno de Carvalho, a opinião de Marco Silva. Já Leonardo Jardim terá sido obrigado a permitir a saída de Labyad, por força da realidade económico/financeira que então se apresentava ao Sporting, perante a inflexibilidade do jogador na questão salarial e não só. 

O tempo parece ter jogado a favor do Sporting!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Verdade seja dita, a direcção anterior até trouxe alguns bons jogadores - o pior era mesmo o pormenor de ter que lhes pagar a cada mês

    No entanto e apesar da vontade de BC de cortar com tudo que o vem de trás, já percebeu que pode e deve tentar aproveitar alguma coisa

    Miguel Lopes renovou e baixou o vencimento, Rubio ao que parece vai fazer o mesmo e seria realmente optimo que se conseguisse fazer o mesmo com Labyad

    No entanto e apesar daposição onde joga Labyad, estar este ano um pouco deficitaria, temos um conjunto de jogadores capazes de a desempenhar com qualidade num futuro proximo, como Guald, Medeiros ou mesmo Matheus Pereira

    Têm a palavra BC e Inacio - ou pensavam que estar à frente do Sporting era fácil ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo Jorge Alemão, permita que me identifique totalmente com o seu comentário. O modesto sportinguista que sou, jamais ousará distinguir sportinguismos. Pelo que me recuso liminarmente a que ódios estéreis em relação a anteriores dirigentes do Sporting me inundem a alma. No caso particular de Godinho Lopes, aceito que não terá sido muito feliz com a estratégia escolhida, nem com os resultados que terá conseguido e que o movimento encabeçado por Patrão e Paim, o terá salvo a ele e ao Sporting, de males bem maiores. Mas também terá conseguido algumas coisas boas para o Clube!...

      Concordo inteiramente consigo nos casos particulares de ML e DR, e oxalá possamos celebrar também o regresso do ZL, em condições idênticas, porque pese embora possa estender a minha concordância consigo no reconhecimento de que RG, IM e MP, serão excelentes jogadores, entendo que dificilmente nos darão a tranquilidade de termos um maestro como Krassimir Balacov á frente da nossa "orquestra"! Não tenho a certeza de que ZL será esse "d. sebastião" que há tanto desejamos. Mas julgo que será aquele que mais se aproximará e como isso seria um bálsamo para todos!...

      Finalmente, sobre BdC e AI, subscrevo inteiramente o que diz: "ou será que pensavam que estar à frente do Sporting era fácil?!...

      Obrigado pelo comentário e fortes Saudações Leoninas.

      Eliminar

PUBLICIDADE