quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Revolução no futebol italiano. Por cá tudo como dantes !...



A Federação Italiana de Futebol aprovou hoje um conjunto de medidas que visam valorizar o futebol e o jogador transalpinos, a implementar a partir de 2016 e de que importará destacar:

1 - O plantel de cada clube da Série A, estará limitado a um máximo de 25 atletas.

2 - Pelo menos 4 atletas deverão ser, obrigatoriamente, da formação.

3 - Pelo menos 4 atletas deverão ser, obrigatoriamente, italianos.

4 - No futebol de formação, os clubes apenas poderão inscrever "extra-comunitários", desde que frequentem o ensino obrigatória em Itália, pelo menos há 4 anos e tenham sido acompanhados pelos pais durante esse período.

Vou comprar uma cadeira especialmente concebida para não me afectar o "sim-senhor", e vou esperar sentado que a Federação Portuguesa de Futebol, siga o exemplo da sua congénere transalpina...

Os italianos, também são uns pacóvios !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. o ponto 4 acabava logo, com as carradas de 'portugueses' que de cédula na mão, indicando menos 2 ou 3 anos, do que a verdadeira idade, vindos da Guiné e até do vizinho Senegal 'nasciam' com 14 ou 15 anos lá prós lados de Alcochete.

    o ponto 1 é O número mais normal.

    os pontos 2 e 3, lidos assim, resolvem-nos com 4 italianos saídos da formação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kemtetopasoueu, sem que tenha necessidade de chamar o Javardeiro! A profundidade e a inteligência do raciocínio, o "chama-lhes antes que te chamem a ti" e a facilidade com que do preto se faz branco, são apanágios de um único tipo de adeptos em Portugal...

      Eliminar
  2. Atitodostetoparam e só te faltou dizer que, de Itália, safam-se os sicilianos...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE