quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Espero que Nani não saia do Sporting!...


"Acho que a resposta é uma resposta politicamente correcta, na qual ele pretende mostrar que está bem com o seu patrão. Nani nunca poderia ter dito que não quer regressar. Acredito que se sinta feliz no Sporting, mas ele não pode dizer, ainda por cima em Manchester, que não quer voltar ao clube que é a sua verdadeira entidade patronal. [...]

Se ele sair agora será mau para o Sporting, mau para a nossa Liga e mau para o futebol português em geral. [...]

Nani tem jogado bem e tem qualidade mais do que suficiente para jogar num clube de topo. Ninguém pode colocar em causa que o treinador do United o possa querer de volta. Se fosse treinador do United resgataria Nani de certeza, ainda por cima num plantel assim. Mata, por exemplo, não tem a qualidade de Nani. [...]

Espero que ele não saia do Sporting. É muito difícil encontrar alguém à altura para o substituir."
(José Peseiro, in Record)

Eu diria também que nunca será fácil encontrar um treinador como José Peseiro, com o qual vi o Sporting a praticar, muito provavelmente, o futebol mais atraente dos últimos 20 anos.


Ter-lhe-à faltado ser campeão, que o merecia inteiramente, mas o "sistema" não esteve pelos ajustes e todos assistimos ao "golpe de estádio" perpetrado por Paulo Paraty na Luz, na penúltima jornada do campeonato, com aquele golo de Luisão, marcado ao empurrão sobre Ricardo.

Depois, António Dias da Cunha, terá cometido o maior erro da sua passagem pela presidência do Sporting e José Peseiro foi afastado. Terá sido o golpe mais marcante na carreira do coruchense, que não mais voltou a um clube de topo.

Mas nunca se lhe ouviu um queixume ou qualquer desagravo contra o Sporting, e as suas palavras de agora, para quem as quiser entender, valem mais que todos os discursos do mundo.

Talvez um dia, José Peseiro, quiçá numa missão para a qual ninguém parece ter capacidade na Academia Sporting!...

Leoninamente,
Até á próxima

8 comentários:

  1. Inteiramente de acordo amigo Alamo! Desde Sir Bobby Robson que não via futebol assim. Deu gosto ver o futebol praticado por aquela equipa.

    José

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também assim penso, amigo José. E só não foi mais longe porque, externamente o "sistema" atropelou o seu trabalho e internamente as "primas-donnas" do Rochenback e Carlos Martins foram o que sabemos e Dias da Cunha foi fraco...

      SL

      Eliminar
  2. Único a dar um título ao braga e a ser despedido. É de loucos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o país que temos e os dirigentes que temos, caro Carlos Assunção.

      Eliminar
  3. O Zé Peseiro foi muito simpático em vir falar agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi ele que lançou Nani e acima de tudo, é um homem para quem a dignidade e a verdade não são palavras vâs.

      Eliminar
  4. Álamo,

    Tenho andado fugido, por motivos profissionais e familiares, mas sempre que posso tenho dado cá uma saltada, sem deixar "rasto".
    Quanto a Peseiro, quando ele veio para o Sporting, perguntei a um amigo meu, pessoa competente com quem ele trabalhou, qual a sua opinião.
    A resposta foi de uma acertividade absoluta: tem capacidade para pôr a equipa a jogar bom futebol, mas não terá mão no balneário.
    Hoje posso dizer que um dos que o ajudaram a "enterrar" foi Carlos Freitas. Na altura esse grande Sportinguista Jorge Gabriel era um dos paineleiros da moda. Vinha para a TV destilar contra Peseiro, com revelações dos bastidores leoninos. Tempos depois veio revelar que as dicas lhe eram passadas pelo Carlos Freitas.
    Quanto a Dias da Cunha, "entalado" pelos seus colegas dirigentes, demitiu Peseiro, mas numa posição muito digna, também saiu na mesma altura.
    Mais uma vez os destinos do Sporting foram comandados de fora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim amigo "8", parece que no aspecto disciplinar, será bom de mais e a certa altura os "estafermos" fazem pouco dele. Mas em futebol, era um tratado a pôr as equipas a jogar!

      Quanto ao Dias da Cunha, falhou rotundamente, ao permitir que lhe ditassem os caminhos... Uma pena. Assim como parece estar a contecer agora...

      Abraço e SL

      Eliminar

PUBLICIDADE