domingo, 15 de junho de 2014

E será que terminou a impunidade de Maxi Pereira ?!...



Este árbitro não é português. Chama-se Felix Brych e é alemão. Arbitrou o último Uruguai - Colômbia do Mundial a decorrer no Brasil e se fosse português, teria fechado os olhos perante a entrada assassina de Maxi Pereira sobre Joel Campbel. Como têm feito dezenas e dezenas de vezes os árbitros portugueses, ao longo de quase 200 jogos que o jogador do Benfica já realizou em Portugal, desde que cá chegou, já lá vão sete épocas.





Desta vez, os "deuses" que tantas vezes têm livrado o impetuoso e indisciplinado jogador uruguaio das mais do que justificadas expulsões, não conseguiram a misericórdia de Felix Brych e o cartão vermelho surgiu naturalmente nas suas mãos, determinando o regresso aos balneários do impulsivo jogador, antes do final do encontro. A estranha impunidade de que tem gozado em Portugal, talvez a partir de agora passe a ser bem mais escrutinada, face à "jurisprudência" incontornável do árbitro alemão. 

Não mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe !...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. NNós conhecemos bem!

    Foi o filho da p**a que nos roubou escandalosamente na final da Liga Europa.

    Para quem tem um anormal como o Rojo, um cepo como o Maurício, depois do João do Casal Ventoso e do Rinaudo ... muito falam do Maxi !!!!!!!!!!!!!!!!!

    Corram para o Marquês, a festejar mais esse título!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, os árbitros que "roubam" o vosso clube são filhos da p**a, aqueles que vos oferecem os "títulos" são "entes superiores" de extrema bondade e justiça, que não têm mãe: são filhos do Espírito Santo como Jesus Cristo! E os deuses, meu caro "anónimo das 19.37", são todos benfas desde pequeninos! Na realidade o mundo é tão pequeno, que vocês já não cabem lá! Nem nos arredores!...

      Eliminar
  2. O Sporting também foi roubado escandalosamente na Taça frente ao benfas (ou neo-corruptos, se preferirem), portanto, ladrão que rouba a ladrão...

    ResponderEliminar
  3. ó Igrejas, bem podes continuar a enganar-te. os maiores erros do DG foram contra o SLBenfica, aos 55 minutos o Rojo deveria ter visto o 2º amarelo e RUA!

    aos 57 assinala fora de jogo, não existente ao Sílvio que cruzou e o Cardozo se aprestava para fazer o 4º golo, and so on

    ResponderEliminar
  4. Notícia de última hora: Maxi Pereira pediu à fifa para o deixarem jogar com a camisola vermelha também nos jogos da sua selecção. Parece que assim, em vez de cartões disciplinares os árbitros dão-lhe cartões... para ele dar autógrafos!

    ResponderEliminar
  5. A impunidade não acabou....Isso é garantido... !! Deem-lhe dez minutinhos num qualquer campo cá no brugo e irão ver.... como elas doem....

    O que não há.... é guito do Uruguai para almejar desideratos reconhecidamente existentes ali no esgoto de carnide...

    Esta... ao pé do que essa BESTA executou em Alvalade este ano... é tipo... um festinha nas canelas....!!! Mesmo assim... é tão óbvio que nem merece discussão...

    p.s. Assumo o meu anti-carnidismo... Mas o meu ANTI-EMPLASTRISMO é primário e incomensuravelmente superior... Emplastro Pereira é daquele tipo de jogadores que devia ser ERRADIADO e é daqueles gajos (habitués ali para carnide) - em conluio com o sistema vigente que me fazem ODIAR este nosso futebolzinho de vão de escada...

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE