quinta-feira, 5 de junho de 2014

Rui Alves poderá ser tudo, menos autoclismo !!!...



Está verdadeiramente ao rubro a luta pelo poder na Liga Portuguesa de Futebol Profissional. E por incrível que pareça, não se assiste neste momento à proverbial contagem de espingardas. Porque já ninguém acredita em compromissos anteriormente assumidos por ninguém. Reina o caos no futebol português, que vive um ambiente que nunca terá vivido, onde a máxima de Pimenta Machado é lei soberana e incontornável: “o que hoje é verdade amanhã é mentira” !

Rui Alves, ex-presidente do Nacional, apresentou esta quinta-feira, em conferência de imprensa num hotel no Porto, a sua candidatura à presidência da Liga, que surge agora como resultante de uma aliança entre as candidaturas de Paulo Teixeira, ex-vice presidente de Pinto da Costa e ex-presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, e Paulo de Carvalho, ex-presidente do Rio Ave e tradicionalmente próximo do eterno líder portista, que haviam anunciado há algum tempo atrás as suas candidatura e que hoje delas abdicaram, imagine-se, em favor de Rui Alves, após uma reunião que decorreu no Porto e na qual participaram as três candidaturas. O apoio destes dois dirigentes significa que ambos se afastam da corrida eleitoral, de forma a fortalecer a posição do ex-dirigente madeirense.

O ex-responsável pelo Nacional, teceu duras críticas à influência que o Porto e Benfica têm exercido na gestão da Liga e assumiu-se como representante de um “projeto independente”. De forma contundente e sem ambiguidades, proclamou a rotura com o “status quo” que tem domindo o futebol português, declarando surpreendentemente:

“Há uma questão ideológica que me separa dos outros candidatos. […] Num modelo de negócio com 33 sócios e que gera um volume de 300 milhões de euros de receita, não faz sentido que apenas dois sócios arrecadem 50 por cento dessa quantia. […] A liga precisa de um líder e não de um peão, muito menos com dois cardeais: um que já é Papa e outro que o poderá ser”! […]

Sou um candidato da socialização do futebol profissional. Não falo das nádegas – passe o exagero – do presidente Bruno de Carvalho, mas falo do interesse do Benfica e Porto para que nada se altere, mas percebo os seus interesses. […]

A Benfica TV dá prejuízo e o outro canal também. Vamos começar por pedir a insolvência para denunciar os contratos. […]

Benfica e FC Porto estão juntos e sempre estiveram juntos nisto. Eles também sabem que só há mais receitas porque a Liga existe. Todos os anos há cerca de 100 milhões de euros em transferências que só acontecem porque há competição e não é admissível a organização não ter direito a parte desta receita Acredito também que, com a centralização dos direitos de televisão, os clubes da 2ª Liga podem chegar a ter 1 milhão de euros de receita antes da época começar. […]

Está mais do que visto que (sobre Fernando Seara e Mário Figueiredo) um deles não vai querer mexer neste negócio instituído e o que lá está é o peão que defende o modelo que é dominado pelos dois cardeais que permitirá salvar a insolvência dos operadores televisivos. […]

Foi vítima (sobre Júlio Mendes, presidente do V. Guimarães que desistiu da candidatura a favor de Seara) do cardeal que já é papa e que normalmente joga poker nas eleições da Liga.”
Fontes: A Bola e ainda Record


Tendo em conta que dos putativos candidatos, que Rui Rangel já assumiu publicamente a sua desistência a favor de Seara, que Rui Ferreira nem chegou a colocar os pés nos blocos de partida e que Mário Figueiredo estará condenado à desistência ou à derrota, será entre Fernando Seara e Rui Alves que se dividirão os votos dos 33 clubes profissionais, no sentido de encontrar as mãos que passarão a deter o reduzido mas disputado poder que a Liga ainda detém.

A marca da continuidade, da manutenção do “sattus quo”, dos privilégios e do “sistema” que imperou no futebol português nas últimas três décadas, incontornavelmente estará gravada na figura de Fernando Seara, a face pública das “nádegas”, dos peidos e da trampa, a que Bruno de Carvalho ontem se referiu.

Surpreendentemente, a bandeira da “rotura”, da “independência ideológica, da luta contra o “poder instalado” e contra os “peidos e a trampa das nádegas do futebol português”, contra os dois “cardeais”, agora unidos por um estapafúrdio pacto de não agressão, que apenas visa o prolongamento do seu poder, aparece um homem como Rui Alves, que no passado sempre viveu à custa das migalhas que caíam da mesa, numa “santa aliança”, cujas “comadres” parecem zangadas. Estarão, ou será o lápis novo que D. Bufas mai’lo seu “amiguinho Orelhas” adquiriram e de imediato afiaram dos dois lados ?!...

Olho para o madeirense e algo me diz que ele poderá ser tudo, MENOS UM AUTOCLISMO! Mas há um pormenor que afirmou há dias, em que me vejo obrigado a dar-lhe razão e que o "padreco" do Seara não controla:

O VOTO É SECRETO, E ÀS VEZES, A MERDA ACONTECE !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Nunca o Sporting esteve tão próximo do Nacional como agora, mas isso não significa cousa alguma. Mário Figueiredo deve avançar para o escrutínio com o apoio de dois clubes da grande Lisboa, um do norte e outro das ilhas.
    Já agora, seria interessante questionar os presidentes das associações e perceber qual a sua opinião sobre a liga de clubes. Mas a FPF já respondeu a isso ao dar poder total às 6 principais Associações.
    PS- Os OCS só falam do Sporting e de jogadores a entrar, será que isso não lhes quer dizer nada?! "Cadê" das grandes contratações do benfica e do porto? Será que estão à espera da valorização dos jogadores no mundial para os contratarem?! A cidade está toda em ruínas, mas um edifício teima em manter-se de pé, será que os leões é que estão errados ou Todos estão conspurcados na corrupção, no compadrio e na premiscuidade?! Como pode o país seguir para a frente com esta afronta à moralidade, à justiça e a tudo que de mais ético é exigido?!
    Bruno Duarte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Bruno Duarte, e a fazer fé na sua informação, excluindo os dois Bs, é fácil de perceber quais sejam. Fico mais descansado. Mas como disse no post, ou seria para desistir ou perder!

      Confesso porém que não estarei a ver o papel das Associações neste imbróglio da Liga...

      Sobre a estratégia dos OCS, deixe-me dizer-lhe que não surpreende ninguém. Já estou a recolher dados e imagens para o próximo nome que aparecerá nos pasquins: o ponta de lança romeno George Tucudean! É a vida!...

      SL

      Eliminar
  2. A minha "baralhação" é completa!
    O Seara quer a centralização dos direitos televisivos (contra lã-piursos, pró oliveirinhas),
    O Figueiredo quer a liberdade de contratação (pró-lãpiursos, anti-oliveirinhas)
    Temos agora o Alves, que não fala de nádegas, mas diz que lã-piursos e fruteiros querem mudar alguma coisa para que tudo fique na mesma.

    Nem sei que vos diga: se sim, se não, talvez antes pelo contrário...

    Continuo a achar que, nos direitos televisivos, está a chave da questão, pois a maioria dos presidentes, de certeza que concordando com as teses lã-piursas sobre os direitos Tv, hão-de ter um receio danado de perderem a possibilidade de mamarem na teta olive, sempre que a fome aperte.
    Poderá o dirigente do nacenal aparecer como um mosqueteiro, armado em Robin dos Bosques?
    Como bem alerta Álamo, o voto é secreto, o que pode vir a proporcionar surpresas...surpreendentes!
    Talvez funcionando como um diarreico, um clister, uma lavagem aos intestinos, o que quiserem, mas que deixe "aquilo" mais limpo e equilibrado -uma terceira via, portanto, para os presidentes mais cansados das nádegas e dos maus cheiros...

    Não posso ignorar o silêncio, bem ruidoso, do nosso presidente.
    Como não acredito que ele esteja, impávido e sereno, braços cruzados, a assistir ao desfilar do pagode e pensando que o mau-humor que originou a metáfora de "As nádegas e o cu" poderá ser consequência, também, da noção de que o sentido de voto da maioria dos presidentes vai contra o seu projecto de regeneração do futebol, estou certo que ele estará a jogar num destes 3 tabuleiros -não acredito na hipótese Mário Figueiredo.
    E, a ser assim, acho que sei qual é o "seu" tabuleiro - o autoclismo não será grande, nem será pequeno -será apenas o possível. Mas se for limpando...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Liondamaia, nas entrelinhas das declarações de BdC, penso ter percebido a decepção de que ainda não será desta que o Sporting terá a oportunidade de ajudar a descarregar a sanita. Então, resolveu ir espairecer até aos EU, tanto se lhe dando que seja o padreco a ganhar, como o outro.

      Num comentário anterior do amigo Bruno Duarte, consta que eventualmente poderá ter subscrito alguma candidatura, mas... apenas por descargo de consciência, julgo eu...

      Sabe amigo, o termo do contrato do Sporting com a Olivdesportos ainda vem muito longe - 4 anos mais, que foi a linda encomenda que Bettencourt nos deixou - portanto o BdC pensa e bem, que há coisas mais importantes do que andar preocupado com as eleições na Liga, que apenas poderá influenciar, muito mas mesmo muito ao de leve, os direitos televisivos. Porque estará para breve a resolução da autoridade reguladora que, como em tudo neste país, tanto pode proibir que os direitos contratualizados para além de três anos cessem automaticamente - em Espanha foi assim! -, como vir dizer que os contratos são para cumprir mesmo sejam de 20 anos!

      Uma resolução do regulador semelhante à de Espanha, sim, seria muito mais importante que todas as eleições da Liga. Hoje quem manda no futebol português - arbitragem, disciplina e justiça - é a Federação e essa o Godinho Lopes entregou-a numa bandeja ao Porto e ao Benfica.

      Por tudo isso é que apareceram as ... NÁDEGAS, OS VENTOS MAL CHEIROSOS E A TRAMPA! Teremos que ser competentes é nos relvados! Custa muito, mas é o futebol que temos...

      Eliminar
  3. Amigo Álamo, qd li o texto com as palavras de Rui Alves senti um arrepio, pareceu-me ver um lobo na pele de cordeiro (está contra os cardeais? ele que sempre foi um lacaio de D. Bufas????) Será uma estratégia para conseguir a presidência da liga??? Acho mto esquisita esta nova posição dele (Rui Alves) concordo com o Álamo qd diz que não tem autoclismo, sendo assim não deve ser para nós...Qt ao Seara não posso nem ouvir falar nele...

    SL

    ResponderEliminar
  4. A mim parece-me que tanto o Rui Alves como o Seara, serão mais "o efeito" da descarga do autoclismo...
    Para mim são para já duas...etars...

    Se bem que com o estado do futebol luso, lhe pudéssemos com mais razoabilidade chamar de...esgotos a céu aberto..!!

    SL

    ResponderEliminar
  5. Atenção que os votos não são só de 33 clubes

    ResponderEliminar
  6. Não conheço os programa de ambos... um é Benfiquista dos sete costados.... outro diz mal do FCP mas têm andado de braço dado com Pinto da Costa ao longo dos anos... foram vários os negócios que Pinto da Costa estragou ao Sporting de jogadores do Nacional.... com a conivência de Rui Alves

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE