segunda-feira, 2 de junho de 2014

Uma pena que Fernando Gomes não se tenha lembrado disso !...



"Não sei as ideias de Paulo Bento. Ele tem tempo de trabalhar a equipa até começar o Mundial. É nestes particulares que Paulo Bento tem de arriscar. Não pode ir para o Brasil fazer experiências. Agora tentou fazê-las com a Grécia e muito bem. Só consegue reflectir em cima dessa ideia depois de fazer as coisas. Está a pensar levar para o Brasil mais que um sistema, mas jogar em 4x3x3 ou em 4x4x2 é totalmente diferente e não tem tempo. Ele vai fazendo experiências até tirar conclusões. Quando chegar ao jogo com a Alemanha, deixará de ter dúvidas. Todos temos de saber viver com a condição de Ronaldo. Eu colocava-o, no sistema, como jogou no Real Madrid. Para mim nunca poderia jogar num corredor. Ali teria de fazer movimentos defensivos. Ele tem de estar sempre como o Messi. Tem de fazer um posicionamento igual ao do Messi, porque ele é um sobredotado. Para dar mais equilíbrio à posição de Coentrão, ele tem de jogar por dentro. Ele é um dos melhores, porque cria para ele e para os outros.".


Embora os domínios do conhecimento de Jorge Jesus não sejam tão abrangentes quanto o próprio desejaria e a generalidade das pessoas reconhecerá sem grande dificuldade, há matérias que Jorge Jesus domina como poucos. Veio nesse sentido a opinião que formulou acerca da utilização de Cristiano Ronaldo no Mundial do Brasil prestes a iniciar-se.

Tomara que Paulo Bento tenha ouvido as sábias palavras de Jorge Jesus e a nossa selecção possa exponenciar ao máximo aquilo que o melhor jogador do mundo poderá oferecer à sua selecção neste momento. Talvez esteja na hora do actual seleccionador nacional enterrar bem fundo os seus singulares e perniciosos modos de estar e agir. Já não irá a tempo de corrigir todo o mal que os seus ódios de estimação, teimosias e casmurrices, provocaram à selecção de todos nós. Que ao menos, no caso particular de Cristiano Ronaldo, tenha capacidade para não desbaratar o muito que o jogador, mesmo nas condições em que se encontra, pode oferecer à equipa de todos nós, sem de algum modo colocar em risco o seu futuro próximo.

Às vezes dou comigo a pensar, que uma troca seria excelente para ambas as partes! Uma pena que Fernando Gomes não se tenha lembrado disso!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Se o Bento NÃO ouviu o JJ, ainda poderá haver esperança (pouca, parece-me) que dê ao CR um aproveitamento condizente com o que este pode oferecer. Se ouviu...acho que não há esperança nenhuma...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com o devido respeito pela opinião do caro Rui Paiva, alimento a esperança contrária. Não teremos de esperar muito...

      Eliminar
  2. Não estava à espera, de modo algum, de ouvir o JJ dar umas lições táticas ao bentolas. Mais do que precisar delas, o bentolas precisa sair do pedestal em que se colocou e ouvir. A modéstia ficava-lhe bem e, acima de tudo, a seleção que ele engendrou precisa...jogar à bola, coisa que não fez contra os gregos -ah, mas espera, aquilo não era a valer e o que era preciso, era não perder...
    Se Cristiano ficar de fora, o bentolas safa-se: naquele conjunto de jogadores, há uma meia dúzia de qualidade e, quem sabe?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu amigo Liondamaia, como qualquer português, desejo o melhor para a nossa selecção, mas algo me diz que só faremos 3 jogos no Brasil, sendo o primeiro o descalabro, o segundo a confirmação e o terceiro a feijões!... Oxalá me engane...

      Eliminar
  3. Amigo Álamo, apesar de discordar de PB, como portuguesa que sou, vou estar ao lado da selecção, para o bem ou para o mal, o mais difícil vai ser ultrapassar a fase de grupos...vamos ter fé e acreditar que vai ser possível...já agora pq não se lembraram de integrar JJ na comitiva nacional???!!!!Era capaz de surtir efeito como conselheiro de PB!!!!....

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE