sábado, 1 de abril de 2017

Força presidente, os sportinguistas estão contigo!...

Vasco Lourenço - Capitão de Abril

LIBERDADE DE EXPRESSÃO


«E, de repente, em Portugal volta a mordaça, volta a censura, volta a falta de Liberdade. Direi melhor, há quem tente que tudo isso volte!

Falo das atitudes do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, que aplica penas de suspensão a um presidente de clube desportivo – neste caso, a Bruno de Carvalho do Sporting Clube de Portugal – e lhe pretende exigir que não pode dar entrevistas, não pode falar publicamente, pois eles lhe colocaram uma mordaça! Será que os membros do Conselho de Disciplina sabem em que País vivem?

Será que eles (ou elas) já nasceram depois do 25 de Abril e ninguém lhes explicou que em Portugal houve, há 43 anos, um Movimento que derrubou o fascismo e o colonialismo e abriu as portas à Liberdade? E que dessa Liberdade, é bom acentuá-lo, pois há quem não perceba, faz parte a capacidade de todos e de cada um expressarem a sua opinião, de forma livre e aberta, desde que não coloquem em causa a Liberdade dos outros? Parece que não, que há quem não saiba isso ou, pelo menos, o queira ignorar.

O mundo do futebol – que se vem mostrando cada vez mais corrupto, o que só mostra que se vai adaptando ao normal funcionamento da sociedade – sempre achou que é um mundo à parte! Que tem leis especiais, que não tem de se subordinar à lei geral dos povos e dos países. Esta situação tem sido tolerada, só que, de vez em quando, exageram e dão lugar a fenómenos ‘revolucionários’, como foi o caso Bosman. Poderemos estar perante a iminência de uma nova situação semelhante.

Isto porque há uma enorme diferença entre punir um dirigente – bem ou mal, essa é outra questão que não vou aqui discutir, ainda que tudo aponte para que o castigo aplicado se trate igualmente de uma violação ao direito de expressão – nas suas funções diretivas (atos diretamente relacionados com a função, como representação oficial, nos jogos ou noutras situações concretas) e outra é impedi-lo de exercer a sua Liberdade, enquanto cidadão livre de um País Livre. E Portugal, embora possa haver quem não goste de ver a Liberdade nos outros e gostasse de a ter só para si, continua a ser um Pais Livre!

Com a esperança de que os responsáveis pela FPF arrepiem caminho e cumpram com o estabelecido na Constituição da República, daqui envio um forte abraço ao Bruno de Carvalho, presidente do clube a que pertenço, e o exorto a não desistir! Força!»
(in jornal Record, hoje às 00:06 )

Por lapso ou intenção deliberada o jornal Record não refere o autor deste texto, onde é assumida sem tergiversações a defesa da Liberdade conquistada na madrugada redentora de 25 de Abril de 1974.

O sub-director do jornal, Bernardo Ribeiro, refere no entanto na sua crónica publicada poucos minutos antes, que o Capitão de Abril, "Vasco Lourenço sai hoje em defesa de Bruno de Carvalho". Pelo que juntando ambos os factos, tudo aponta para que seja ele a enviar um forte abraço a Bruno de Carvalho, presidente do Clube a que pertence e o "exorta a não desistir"...

Força presidente, os sportinguistas estão contigo!...

Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. Mas claro que nao aparecer o nome do autor é deliberado.

    ResponderEliminar
  2. Até nesses "pequenos pormenores" esta Comunicação Social que temos "é rasteirinha"...

    Aposto que se fosse uma tomada de posição "a favor dos lamps"...
    Nem seria necessário ir ver quem assinava...pois o nome de Vasco Lourenço estaria logo à partida "escarrapachado" no titulo...

    Um dia...a Liberdade "há-de ser livre" em Portugal...!!

    SL

    ResponderEliminar
  3. Eis, que a seguir a BG aparece VL a defender BdC, destes "mimos" é que o nosso presidente precisa, para ter ânimo para enfrentar o que ainda aí vem, espero que vão aparecendo mais, para ficarmos mais fortes....

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz bem,"a seguir a BG aparece VL a defender BdC".
      Mas não só. Tenho lido alguns muito bons artigos de apoio a BdC.
      Destaco um comentário que li e repliquei aqui http://meunomeleao17.blogspot.pt/2017/04/o-benfica-tem-de-levar-um-aperto-mitral.html
      Saudações Leoninas

      Eliminar
  4. Vasco Lourenço vem defender, e bem, a liberdade de expressão.

    Mas há uma grande diferença entre defender a liberdade de expressão de BdC (um direito que assiste a BdC e aos demais cidadãos) e defender o presidente imcompetente (BdC) que recorre frequentemente a discursos inconsequentes e estupidificantes para disfarçar insucessos desportivos.
    Este presidente (BdC) tem-se revelado absolutamente incapaz de defender os interesses do Sporting junto das instituições que regem o futebol no país e no estrangeiro. Agora, em vez de se focar em planear adequadamente a próxima época de forma a corrigir as falhas graves desta época e evitar novos erros graves, anda a criar novas frentes de batalha para se exibir e alimentar o ego.

    Por isso, senhor Álamo, não confunda nunca o apoio (que espero de todos os sportinguistas) à liberdade de expressão com o apoio à verborreia deste presidente do sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais anónimo...
      Vistas bens as coisas..."a Liberdade"...até permite que se digam "palermices"...
      Diga-nos lá...:
      "Competente...só assim...um tipo Madeira não...?"

      SL

      Eliminar
  5. Acho que o Sporting devia ponderar seriamente uma queixa contra a FPF, no Conselho Superior de Desporto, com vista à suspensão da Utilidade Pública Desportiva por violação da Constituição da República Portuguesa.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE