sexta-feira, 28 de abril de 2017

Claro que Barney Ronay também será um racista inveterado!...

Renato Sanches                                                          Barney Ronay

Quando o Vieira mai'lo Mendes despacharam Renato Sanches para Munique, quais cadelas apressadas e movidos pela ganância, bem temperada com o mais completo desprezo pela carreira de um miúdo, ainda imberbe e inocente, e me foi depois dado assistir à partida estúpida do miúdo, manifestei por aqui a minha perplexidade, na medida da extemporaneidade do "negócio" face à verdura técnica e intelectual do jovem atleta e da astronómica soma da transferência, quiçá a mais ruinosa da história do clube alemão, em contraste com a fortuna que os outros dois trastes terão embolsado e os óbvios prejuízos para o clube do outro lado da rua, pesem embora, tanto o facto de com o mal dos outros eu me governar bem, quanto os admiráveis números contabilísticos mais tarde apresentados e aprovados com o unanimismo que todos há muito conhecemos.

Mas essa minha perplexidade fez cair o Carmo e a Trindade na caixa de comentários de Leoninamente, não escapando à saga escarlate a saudosa mãe que há 20 anos me deixou, nem a minha inocente consorte que até nem aprecia futebol. A mim, o elogio mais modesto que me terão dirigido, ficou-se por... racista!...

Nem imaginarão os meus leitores sportinguistas, como lamentarei a carrada de impropérios que pela certa irão chover agora sobre o conceituado jornalista desportivo do jornal The Guardian, Barney Ronay, autor de um trabalho citado, entre outros OCS, pelo jornal A Bola.(LINK) 

Claro que Barney Ronay também será um racista inveterado!...

Leoninamente,
Até à próxima   

6 comentários:

  1. CAro Álamo,
    fosse apenas esse artigo que cita...

    http://www.zerozero.pt/news.php?id=195293

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não tinha lido. Obrigado. Simplesmente arrasador! Começo a ter pena do miúdo! Não merecia o que lhe fizeram...

      Eliminar
  2. Caro Álamo,

    Começa a cheirar a obsessão tanta preocupação com este rapaz. Há tantos casos realmente maus, alguns na nossa própria casa.

    E o nosso mini-Messi que veio com 17 anos da Escócia e que há 2 ou 3 anos anda perdido na equipa B? Para não falar no episódio do empréstimo.

    O "miúdo" como diz está só num dos melhores clubes do mundo. Joga pouco, é verdade, mas ainda é novo e terá tempo de se afirmar (se tiver qualidade para isso).

    Desculpe dizer-lhe, mas às vezes parece que há um certo ressabiamento para o qual não encontro explicação racional.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso mini-messi não custou 40 mendilhões, é essa a diferença.

      Benfica promove jogadores como pérolas polidas, com a ajuda da CS (lembram-se quando Guardiola veio "à paisana" à Luz para ver Grimaldo?), e conseguem assim mendilhões por jogadores novos que ainda não passam de promessas.

      Por outro lado, os nossos têm de jogar 10x mais para a CS lhes dar atenção. Mas ao menos quando vão lá para fora portam-se bem e não envergonham a nação.

      Da minha parte, espero que a fonte dos mendilhões seque tão rapidamente quanto possível.

      Eliminar
    2. Fico emocionado com o desvelo que alguns sportinguistas revelam com os principais adversários...

      Eliminar
    3. Somos diferentes. Infelizmente muitas vezes não é para melhor. A postura de cócoras perante dos adversários está difícil de expurgar.

      Eliminar

PUBLICIDADE