domingo, 30 de abril de 2017

De cavalo para burro nunca, nem mesmo em troca do Sol!...

Pose é indubitável que tem!...
QUESTÃO DE TEMPO

«O talento e a qualidade profissional não têm tempo. Nem origem. Nem lugar. Não têm qualquer tipo de proveniência definida. Não se compram nem se obtêm por ‘cunhas’ ou qualquer tipo de influências. Não têm ‘extrato social’. Por vezes é difícil e complicado de explicar. Mas existe sempre explicação. Quase sempre resulta de trabalho. Muito trabalho! De caráter. De acreditar. De ter visão. E de uma série de fatores e particularidades que se vão desenvolvendo com o treino, com o jogo, com as experiências e com a ajuda das pessoas que nos rodeiam. E quando assim é, o sucesso é inevitável. Está provado.

É o caso de Leonardo Jardim. Ainda para mais, este é um daqueles casos que merecem mesmo o sucesso. O seu sólido percurso, alicerçado em trabalho e mais trabalho, é pensado e gerido ‘com pinças’, mesmo sabendo que o risco faz parte da profissão. A sua passagem vitoriosa pelo Sporting e os êxitos obtidos, ano após ano, com o Monaco que herdou foram ‘obras de Hércules’. Equipas jovens, com poucos jogadores de topo e vendas sucessivas dos ‘melhores’, foram o ‘pão nosso de cada dia’ deste fantástico treinador. Deste mágico ‘gestor’. Que consegue tornar um projeto de equipa numa máquina ‘trituradora’ de bom e emotivo futebol, sempre com uma ideia de jogo adequada ao jogo e ao objetivo e conseguindo transformar ‘patinhos feios’ em belos e especiais ‘cisnes’ milionários!

Com uma personalidade discreta e sempre com os pés bem assentes no chão, Leonardo Jardim terá mais cedo ou mais tarde ‘as portas do Éden’ abertas de par em par. E aí, vamos ver e exultar com as fantásticas conquistas que irá alcançar. Era o meu treinador para o meu clube em 2013. Falhei, então, esse desígnio. Será apenas uma questão de tempo!
(António Carraça, Carta, in Record)

Ainda não tinha acabado de ler o primeiro parágrafo desta "interessantíssima" crónica do Carraça e logo comecei a "adivinhar" como iria acabar! São "muitos anos a virar frangos" para me deixar embalar pelo "canto lúgubre de sereias escarlates"!...

Alguma borrasca andará escondida por detrás das nuvens que entre as linhas dos rabiscos do Carraça se adivinham no horizonte, para ele vir, "tão formoso e não seguro, de cinta fina escarlate, como a Lianor pela verdura" que, mesmo falhando e sendo escorraçado e obrigado a engolir o seu raivoso desígnio do "pontapé no cu" de Jorge Jesus, tudo acabará por ser "uma questão de tempo"!...




São assim os "príncipes escarlates"! Não fora a força de "alienada união" ditada pela "cartilha", andavam todos à porrada lá pelo outro lado da rua! Mas, agora caber-me-à a mim toda a legitimidade para pensar que... "tudo acabará por ser uma questão de tempo"!...

Entretanto o meu sorriso de desprezo pelos desígnios do "carraça": será muito mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha, porque algo de muito profundo me segreda que... Leonardo Jardim jamais mergulhará no inferno escarlate! Um leão não merece voar tão baixo!...

De cavalo para burro nunca, nem mesmo em troca do Sol!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Até porque oh Carraça (nem sequer vou cair na, fácil, tentação de judiar com o teu nome...) para quê tanto trabalho... Até tu, ou eu, seríamos fáceis campeões no teu clube... porque nem sequer vale a pena ter os melhores... em campo.

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
  2. O Benfica não precisa do Leonardo, irá buscar o Marco Silva dentro de 2-3 anos. Quando formos heptacampeões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A humildade fica bem a qualquer pessoa! Especialmente a um anónimo!...

      Eliminar
    2. Aliás o seu post é todo ele um hino á humildade, especialmente a modéstia que luziu no ultimo parágrafo...para quem gosta tanto de dar lições de moral vai bem, ai vai.

      Eliminar
    3. Essa "cartilha" não lhe chegou pela "janela", caro anónimo: a julgar pelo tratamento da língua, deve-lhe ter chegado do "orelhas"!...

      Eliminar

PUBLICIDADE