terça-feira, 25 de abril de 2017

Porca miséria!...



Ainda hão-de sobrar para o Sporting as culpas da deselegância e da falta de respeito para com o dono da casa, o Sporting e para com Jorge Jesus, o Marquês, patenteadas pelo presumido "sonso silencioso" em pleno auditório Joaquim Agostinho!...

Ainda estaremos muito provavelmente condenados a assistir a que apareça por aí um "bernardo" qualquer a acusar o Sporting de ter mandado instalar, espalhados por todo o auditório, microfones bem escondidos e dissimulados, para "apanhar as bacoradas" que o porco inevitavelmente debitaria, a partir do momento em que Lindelöf lhe aqueceu as costas, transformando em golo aquela "borla" de Soares Dias, quando decidiu marcar a "falta que nunca foi falta, nem ninguém viu"!...

E já ninguém terá dúvidas sobre o que acontecerá, num futuro próximo, ao "janela da cartilha", cuja defenestração obviamente estará iminente, por efeito das eufóricas consequências que o tetra determinará, tanto pelas poupanças que representará em termos de custos, quanto pelos óbvios benefícios que virão a ser alcançados em termos de salvaguarda da degradação de imagem a que a queda no domínio público da sua "gloriosa actuação" inevitavelmente teria de conduzir: depois de mastigado o "chiclete" é sempre para deitar fora!...

A partir de agora e com o tetra no bolso, "muammar" não precisará de intermediários para continuar a domesticar jornalistas!...

Porca miséria!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE