quarta-feira, 20 de abril de 2016

Sonhar com umas iscazinhas de cebolada!...


JESUS APARECEU-ME ESTA NOITE

«No verão passado foi o que se viu: Jorge Jesus dominou todas as atenções, abriu os noticiários, esteve nas primeiras páginas, foi (per)seguido dias a fio. Vencedor enxotado pelo Benfica, regressou a ‘casa’, leia-se ao Sporting, onde o brilho da sua estrela se impôs. Será Jesus campeão? Ficará em segundo? 

Bruno de Carvalho, com evangélica paciência, explica que tal não interessa, o importante é "o projecto" e o treinador é a chave do projecto. Notícias de ontem dão conta que as coisas estão a correr tão bem, tão bem, que Jorge Jesus até pode prolongar o contrato e em vez de mais duas épocas ficar talvez outras tantas. Mas eu, modesto cronista, tive algo entre um sonho, uma aparição, um pressentimento. Não lhe chamaria um exercício analítico, porque a realidade é totalmente diferente. 

Nesse mundo paralelo há apenas uma real possibilidade: Jorge Jesus é campeão pelo Sporting, cumprindo o que prometera – o clube esteve na luta até ao fim e ganhou. Cumprida a declaração de intenções anunciada no início da época, o treinador encontrará uma forma, que com Bruno de Carvalho nunca será amigável, de se fazer à vida e entrar pela porta grande do Porto. Teremos polémica? Por certo. Jesus adora, como ele próprio confessa. Pinto da Costa contrata o treinador tricampeão, reassume o protagonismo perdido, ataca os dois rivais de Lisboa e cumpre – dizem – um sonho antigo. 

Na aparição com que fui, chamemos-lhe por conveniência de termo, abençoado, não é indiferente ser campeão ou ficar em segundo. Não ganhar não diminui Jorge Jesus, mas objectivamente é um revés. Perfeito, perfeito era fechar o ano com mais uma festa no Marquês mas este ano em tons de verde. 

É claro que quando acordei fui, já não abençoado, mas confrontado com a realidade. E se é certo que no quadro que temos o treinador evita falar do futuro, por contraste com o presidente do Sporting, e Pinto da Costa faz o seu papel, dizendo que a ideia é boa mas não está em cima da mesa, não é menos verdade que este é o tempo do jogo de sombras. O dinheiro, ao contrário do que possa parecer, não será um problema. Para Jesus é muito importante desde que tal não implique ir para a China e, quando o assunto é sério o dinheiro sempre aparece. Como se viu no verão passado. 

Hoje, 21 de abril, tudo isto pode parecer estranho. Veremos daqui a dois meses...»
(Nuno Santos, Ângulo Inverso, in Record)

Às vezes o método de redução ao absurdo dá um "jeitaço" para resolver as mais diversas e complexas questões que se nos colocam. E este "sonho, aparição ou pressentimento" de NS, ainda que ele o recuse, parece-me apontar para um sério "exercício analítico" em que ele terá usado exactamente o tal método que por vezes nos ajuda muito.

Mas, aqui para nós, entendo que tanto NS quanto os sportinguistas mais cépticos se poderão estar a precipitar. Eu, bairradino de gema, continuo a "acarditar" que até ao lavar de cestos é vindima,  e a sonhar...

Com umas iscazinhas de cebolada!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Eu acredito que JJ a seu tempo, renovará com o clube. Creio que nunca irá para o FC Porto, apesar da amizade com PC, tanto mais que julgo que não cumprirá a totalidade do seu mandato. Uma coisa eu creio piamente, que JJ não deixará de cumprir o seu contrato atual, tal como fez no boifica, pois penso que não é um qualquer "troca tintas", como comprovou anteriormente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pensamento não será muito diferente do amigo A. Martins, só que entendo que cada coisa deverá ser pensada no tempo certo. Agora e enquanto a Matemática o ditar, será hora de pensar no objectivo mais importante! Como diz JJ, vamos pensar jogo a jogo...

      Eliminar
  2. "Coitado" do Nuno Santos...ele "acordou mal do sonho"...acordou fruto da pancada de uma garrafa de cerveja que lhe bateu "nos" testa...
    No final dos festejos do benfas no Marquês...!

    Quanto ao JJ vamos ter calma...e acreditemos que nos iremos encontrar "no lugar do costume"...para festejar...!!

    SL

    ResponderEliminar
  3. Só não entendo... porque raio, ditos sportinguistas... insistem em tentar pôr pedras na engrenagem... e põem... e põem....

    Ah e tal... se ganhar... sai...

    Ah e tal... se perder... sai... (seguramente crónicas futuras o comprovarão...)

    DASSE... que não há pachorra...!!!

    São os adversários..., são os árbitros (desculpem a redundância...), é o jornalixo... (outra vez... redundante...) e para a cereja no topo do bolo... já só faltávamos """nós""" (...)

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE