sexta-feira, 22 de abril de 2016

Há sempre alguém que diz não!...


A LIGA DAS COMISSÕES

«Depois de se conhecerem os valores de várias comissões que Sporting e Porto pagaram nos últimos anos pela transferência de jogadores, esta semana tornaram-se públicas, com algum pormenor, as verbas do Benfica que ‘voaram’ nestes mesmos negócios.

Na ‘Liga’ das comissões lê-se a informação que a SAD encarnada enviou à CMVM, a propósito da oferta pública de subscrição de 50 milhões de euros em obrigações, e os números tecnicamente ‘disfarçados’ nos relatórios e contas ganham uma dimensão bem diferente. Um simples exemplo: o guarda-redes Oblak, cujo passe pertencia na totalidade à SAD, tinha uma cláusula de rescisão no valor de 16 milhões de euros. O At. Madrid queria contratá-lo mas o Benfica, como foi público, não pretendia negociá-lo. O esloveno não se apresentou na Luz no início da época 14/15, como devia. Em vez disso fez testes médicos em Madrid e o Atlético informou que acionava a cláusula de rescisão, transferindo para a Luz os tais 16 milhões. Então, se o Benfica não queria vender e o Atlético pagou os 16 milhões sem negociar, como explicar os 6,5 milhões pagos pelo Benfica devido a "compromissos com terceiros, gastos com serviços de intermediação e valor líquido contabilístico do atleta à data da alienação", como é justificado de forma oficial?

Mas Oblak foi apenas um caso numa contabilidade que não tem em conta o custo de aquisição contra o preço de venda. Repare-se no de Markovic, cujo passe pertencia a 50 por cento ao Benfica: cláusula de rescisão de 25 milhões paga pelo Liverpool. O Benfica recebeu 12,5 milhões, ou seja, metade? Nada disso. Apenas 6,8. Cerca de metade de metade. 18,2 milhões ‘desapareceram’ ao abrigo da explicação acima referida. Rodrigo, com cláusula de 30 milhões, rendeu apenas 12,6. Nem dos 5 milhões de Cardozo para o Trabzonspor o Benfica recebeu, pelo menos, metade, mas apenas 2,07. Isto para não falar em Garay, cujos proveitos por uma venda de 6 milhões se resumiram a 317 mil euros! Podia ainda relatar o que sucedeu com João Cancelo, Melgarejo, André Gomes, Enzo Pérez, Bernardo Silva, Ivan Cavaleiro, Mora, Kardec ou Lima, mas não vale a pena. Já percebemos que existe enorme diferença entre valores de venda e encaixe real. Alguém considera isto razoável?»
(José Ribeiro, Contas Feitas, in Record)

Há muito que desejo que o jornalismo desportivo em Portugal percorra o caminho que José Ribeiro, corajosamente, entendeu percorrer na incómoda e arrasadora crónica "Contas Feitas" hoje publicada no jornal Record. Mas sobre aquela casa parece ter caído ultimamente o "manto diáfano e sagrado"  de libertina vassalagem a "um só senhor, um só deus", que vai cobrindo, indiscriminadamente, todos os "vendilhões do templo" que, independentemente das suas convicções e afectos, quais prosélitos, vão espalhando por um desprezível prato de lentilhas, a doutrina do arcanjo celestial e "capo di tutti capi", que vai debitando do outro lado da rua e de forma que não envergonharia Joseph Goebbels, a "verdade vermelha" como... VERDADE ÚNICA!...

Poucos, muito poucos, terão a coragem de Rui Santos e, agora, José Ribeiro, porque demasiado fascinados e entretidos na tarefa de equilibrar e evitar qualquer derrame das galhetas da eucaristia quotidiana celebrada pelo celebrado e impune arcanjo.

O pior para o arcanjo e para a difusão de tão atribiliária e obscena doutrina, será que... 

Mesmo na noite mais triste em tempo de servidão há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não!...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Não percebemos não Oh Ribeiro... relata... Vá lá... Relata... Por uma vez vai até ao osso...

    #VAMOSTAPAROFOSSO

    SL

    ResponderEliminar
  2. Para falar com toda a franqueza, "incomodaram-me" muito mais as "godinhices e afins..."...
    Do que propriamente "esta salada russa" das comissões do benfas...

    Ao longo dos anos isto tem sido um "fatar vilanagem"...

    Nós ...graças à vitória de BC nas eleições, parece que de uma vez por todas (assim o espero...) nos veremos livres destas "saguessugas" que sugam até ao tutano os mílionários negócios...deixando uns "miseros testanicos" para quem deveria "comer a parte de leão"...

    No benfas..."está tudo bem..."

    Anda "tudo cego" e ninguém se preocupa com a "desgraça" que por lá deve campear...em que o benfas cada vez tem menos...mas as contas do "sô vieira"...do "sô mendes" e sabe-se lá mais quantos "vão engordando...com tanto que vão comendo", como se de um "bodo aos pobres se tratasse"...

    O sócios do clube do dom bufas "perderam mais uma oportunidade" de poderem "acertar as contas"...e concluir que já "muitos comeram demasiado"...e apenas deixaram "umas migalhitas"...para o clube do dragão...

    Mas como dei a entender no inicio do comentário (e neste caso...), com o "mal dos outros...podemos nós bem"...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que não caro Max. olhe que não...

      Chama-se concorrência desleal..., ilegalidade..., FairPlay financeiro...,

      Pelo menos é o que diz a lei da FIFiA...

      Se fosse só para aquilo afundar de vez... Sim... desse mal, dos outros, estava tudo bem... O problema é que, até falir..., vão engrossando o pecúlio...

      #VAMOSTAPAROFOSSO

      SL

      Eliminar
    2. Não deixa de ter alguma razão caro amigo Ze, na verdade assim é...até falir..."alguém" irá engrossando o peculio...

      SL

      Eliminar
    3. Por acaso estava a falar de competições..., títulos e afins... tão do agrado deste país de 'faz-de-conta'...

      Dos outros 'alguéns' quero lá saber desde que só os delapidem a eles... por mim 'quanto mais melhor'...

      #VAMOSTAPARPFOSSO

      SL

      Eliminar
  3. Uma correção, a cláusula de rescisão de Oblak era de 20 milhões, 80% do passe pertencia ao benfica e 20% a Oblak. Para a transação ser feita, uma vez que o benfica exigia os 20 milhões- valor que o atlético não queria dar- o jogador recusou os seus 4 milhões por direito (20%), recebendo, depois, um prémio de assinatura inferior a esse valor, que poderá ser constatado nas contas do atlético, se forem públicas ou se alguém se der ao trabalho de procurar. Portanto, dizer que Oblak foi vendido pela cláusula é errado.

    Off. Gonçalo Guedes já está vendido, renato sanches também, só falta ederson.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Julgo que não havia necessidade do "anónimo das 23:17" disfarçar no anonimato o seu verdadeiro nome! Todos percebemos que se trata de Pedro Guerra!...

      Eliminar
  4. Desde há muito tempo que aprecio a independência e isenção do Jornalista José Ribeiro. Concorde-se ou não com ele, é com gosto que vejo que ainda há Jornalistas desportivos com J maiúsculo. SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE