quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Em vez de cuidarem das misérias dentro de portas!...


O AVANÇADO QUE FALTA AO SPORTING


«Alguma coisa de muito grande pode estar para acontecer em Alvalade. Os nomes que têm vindo a lume como possíveis reforços para o ataque do Sporting significam indiscutivelmente que a SAD elevou a fasquia e está disposta a ir até ao limite do esforço financeiro para contratar um ponta-de-lança de excelência.

Procurar soluções no mercado a 10 dias do início do campeonato até pode provocar alguma ansiedade no adepto, é verdade, mas não há outra forma de lidar com as circunstâncias. A capacidade ofensiva dos leões depende em demasia de um jogador que não parece estar comprometido a 100% com o projeto de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus.

Slimani continua a querer sair e, neste clima de incerteza, o clube vai-se preparando para todos os cenários. É nesse contexto que surge o interesse em Mario Gómez, uma estrela de primeira grandeza mundial que produziria no Sporting um impacto mediático semelhante ao que Iker Casillas produziu no FC Porto está agora a fazer um ano.

É evidente que nunca é fácil convencer um jogador deste nível a mudar-se para o futebol português, se bem que, no caso de Mario Gómez, a presença do Sporting na Liga dos Campeões até possa ser um trunfo a ter em conta. Mas mesmo antes de sabermos se o alemão acabará ou não a equipar de verde-e-branco, o que fica claro é que os leões têm mesmo a mira apontada para um patamar muito alto. Quem vier será para acrescentar qualidade e isso é válido para qualquer dos desfechos que venha a ter o dossiê Slimani.

Com ou sem o argelino, o Sporting está determinado em contratar uma estrela. Não para vender camisolas ou bilhetes de época, mas porque as exigências assim o recomendam. Depois de Teo e Barcos, o próximo tiro tem de ser em cheio.
(Nuno Farinha, Entrada em Campo, in Record)


Só os néscios serão capazes de ler a crónica do "ponta-de-lança" dos benfas no Record, sem se rirem às bandeiras despregadas!...


Incorrigível, já não lhe chegava a capa que idealizou e "mandou compôr e publicar" lá no pasquim da Luciana Stegagno Picchio, nas barbas do "papa-açorda" do director. Era preciso ir mais além no veneno já depositado na ponta do estilete e o homem lembrou-se de perorar sobre as necessidades do leão na frente de ataque e... aí temos o resultado!...

Andam impacientes e muito preocupados os benfas! No fundo, no fundo, medirão as "dificuldades" que imaginam nos outros, pela imagem que o seu próprio espelho reflecte e julgam como estratégia mais adequada abanar os edifícios alheios... 

Em vez de cuidarem das misérias dentro de portas!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Deste fanático do Boifica que se intitula de "jornalista", é passar "ao largo" que me pode conspurcar.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE