sábado, 22 de agosto de 2015

Vão-se os aneis e fiquem os dedos!...


Há jogos assim! Para esquecer! Para esquecer e olhar em frente, que nunca valerá a pena chorar sobre leite derramado!...

Para esquecer o que fizeram, Montero, Paulo Oliveira, Slimani e João Pereira, ficando o Sporting com crédito sobre este na perda dos dois pontos, tal a portentosa infantilidade que, aos 31 anos, já não terá cura e faz os sinos tocar a rebate: ou Esgaio avança, ou terá de ser o Sporting a avançar, antes que venha o 31 de Agosto.

Para esquecer também a ideia de pensar que Bryan Ruiz conseguirá ser importante no Sporting, enquanto não lhe derem um mês de férias na sua Costa Rica e fazê-lo regressar depois e começar tudo de novo. E se alguém argumentar com a coragem que será precisa para tomar uma decisão dessa natureza, lembrarei a coragem que foi precisa para enfrentar a fractura de stress de William: façam de conta que o Bryan tem uma "fractura de stress anímico" e recuperam o rapaz, que estará anos luz à frente de Talisca, que protagonizou episódio igual e que deverá fazer reflectir muita gente, Jorge Jesus incluído...

Para lembrar e ter bem presente que, aos 31 anos, Aquilani não precisa de nenhum mês de férias e que se poderá contar com ele para toda a "obra" no meio-campo leonino. A longevidade da "escola italiana" é um caso muito sério!...

Para lembrar e ter bem presente, que Gelson Martins, doa a quem doer, Jorge Jesus incluído, é titularíssimo nesta equipa e neste momento!...

Para lembrar e ter bem presente, que da renovação de André Carrillo dependerá uma uma boa parte do êxito do projecto desportivo do Sporting para os próximos anos. 

Para lembrar e ter bem presente, que nunca haverá detergente que seja capaz de limpar a cabeça de quem terá de se apresentar na 4ª feira em Moscovo para o jogo das suas vidas!... 

Vão-se os aneis e fiquem os dedos!...

Leoninamente,
Até á próxima

12 comentários:

  1. Não foi um bom resultado é verdade...!
    "Pusemo-nos a jeito" para uma coisa igual ou ainda pior...!

    Mas uma coisa que eu "começo a aprender" é que o Paços Ferreira pode dar mão à vontadee em Alvalade...que não se passa nada...!!

    Vamos ter de recuperar estes 2 pontos noutro lado...!!|

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por muito que nos custe admitir, meu caríssimo amigo Max, o Sporting não esteve hoje de corpo inteiro em Alvalade e todo nós sabemos onde, humanamente e por muito trabalho mental que tivesse sido feito, colocou o pensamento!...

      Vamos acreditar que na 4ª feira todos entrem em campo dispostos a dar o que têm e o que não têm e deixar para depois a recuperação dos dois pontos hoje perdidos. Outros estarão como nós a carpir mágoas, sem que lhes assista nenhuma desculpa de 4ª feira! O campeonato ainda agora começou!...

      SL

      Eliminar
    2. A equipa esteve longe da intensidade que apresentou contra o Tondela, os defesas e os médios raras vezes pressionaram em conjunto, pelo que foram poucos os momentos em que tivemos os pacenses encostados lá atrás.
      Depois...bem, depois agarrava-se puxava-se, empurrava-se - critério largo, "à inglesa" de 2ª divisão. Como receáramos, o "artista" e sus muchachos foram bem escolhidos - a dedo, talvez. Ou terá sido a mãos ambas?
      Seja como for e como acima disse o amigo MaximinoMartins, pusemo-nos a jeito e...Lei de Murphy em cima de nós!
      Ao menos que na 4ª feira possamos sorrir satisfeitos e sintamos que "a poupança" de ontem compensou.

      Um àparte para s comentador da NOS que, ao fim de 2 ou 3 semanas pôde (quase) gritar, exultante, "é Martins, Gelson Martins ! ". Demoraram mas conseguiram, finalmente, "despedir" um tal de Gelson Fernandes...

      Eliminar
    3. A equipa esteve realmente longe das nossas necessidades, amigo Liondamaia. Mas se na 4ª feira conseguir a passagem à fase de grupos, penso que não será este empate que nos desviará do nosso rumo...

      Quanto aos comentadores da SportTV, obviamente, uma "pobreza franciscana"!...

      SL

      Eliminar
  2. Segundo o tribunal do jogo
    o arbitro esteve bem

    ha penalty sobre slimani
    mas antes houve fora de jogo

    e joao pereira fez mesmo penalty

    por isso injuriar o apitador
    e partir lhe o carro
    so trara prejuizos futuros

    ja partimos talhos
    agora carros
    por este andar viramos
    a arbitragem contra nos

    nao ganhamos porque
    os jogadores do nosso clube
    nao jogaram com a mesma garra
    que tiveram contra o benfas

    e agora se eles ganham
    comecaremos a andar atras deles
    comecam os nervos miudinhos etc

    Ele e jesus mas nao faz milagres

    viva o sporting
    mas calem o presidente
    Que anda a dar tiros no pe

    temos que trabalhar para 30 jogos
    e nao apenas para 2

    senao nao passamos de campeoes
    da pre epoca

    viva o sporting
    e os sportinguistas de ilhavo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada cabeça, cada sentença, mas a meu ver, o "tribunal de O Jogo" nunca foi nem é, detentor da razão absoluta e neste caso específico, fez uma apreciação tão parcial que esteve muito longe de me convencer: JP fez penalty, mas o cartão vermelho deveria ser amarelo e o segundo penalty cometido por Fábio Cardozo sobre Slimani não oferece discussão.

      Quanto às acções bélicas contra os árbitros, de tão estúpidas, nem me quero pronunciar, do mesmo modo que sobre as acções de BdC já por aqui disse o suficiente: o lugar ideal para ele seria na Tribuna!...

      E claro que vivam o Sporting e os sportinguistas de Ílhavo.

      Eliminar
  3. Caríssimo Álamo:
    Não é frequente, mas hoje discordo totalmente de si.
    Compreendo a sua frustração, mas eu já esperava menos intensidade ontem. Início de época, com cargas de trabalho intensas e pouco intervalo entre jogos, e ainda por cima com a responsabilidade de apuramento para a Champions, justificam isto.
    Estou neste momento a olhar para a TV e a ver um jogo que ilustra o que vou dizer: o Sr. Duarte Gomes, mau árbitro e desonesto, depois de perdoar um penalty claro ao Gil Vicente no fim da primeira parte, no início da segunda, em treseés minutos, faz o seguinte: anula um golo limpo ao Covilhã, mostra amarelo ao marcador por mão q não fez e expulsa outro jogador do mesmo clube. Será da cor das camisolas? Será que o Fiúza lhe ofereceu peúgas? Ou será outra coisa?
    E isto ilustra o que quero dizer sobre o Sr. Oliveira. Dois penalties claros perdoados ao clube dos carpinteiros ( confesso que detesto particularmente este desonesto satéélite do FCP), e apesar de vários episooódios de antijogo e faltas à margem das leis, primeiro cartão amarelo para o Paços aos 81 minutos!
    E depois, um penalty marcado com a bola nas mãos do Patrício! Atéé os peritos televisivos, habitualmente tão críticos, dizem q o vermelho é mal mostrado.
    Cabe aqui uma palavra para dizer que apedrejar o carro do senhor do apito, ou bater palmas à saída não nos favorece em nada. A culpa não é do rapaz, que sabe pouco, mas quer subir na carreira. O culpado chama-se Vítor Pereira, e é sobre esse rapazito com hipertrofia dentária que devemos focar as nossas críticas.
    O seu a seu dono.
    Um cordial Abraço,
    José Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo José Lopes, Manuel Oliveira teve uma actuação para esquecer, mas em algum jogo ele nos teria de calhar: creio que serão 25 os árbitros C1 e as jornadas são 34, logo, teremos que levar com todos, alguns em repetição.

      Já sobre o "dentuças" VP, teremos de esperar pelas eleições federativas e ainda faltará um ano, no mínimo., logo, o Sporting está proibido de voltar a repetir o o miserável jogo de ontem. Foi nos erros próprios, mais do que na equipa de arbitragem que esteve a razão do empate: bastaria que JP tivesse a cabeça em cima dos ombros e já ninguém nos tiraria os 3 pontos!...

      Grande abraço.

      Eliminar
  4. Caríssimo Álamo:
    Escrevo de novo, agora para comentar o seu post.
    Na verdade, João Pereira é useiro e vezeiro nestas faltas de tarelho. Para mais, como não vai para novo, a falta de velocidade vai aparecendo. Eu talvez o pusesse a descansar e desse uma oportunidade ao Esgaio. Confesso ser jogador que aprecie muito, mas está no plantel, como tal...
    Segundo caso: não concordo com meter todos os jogadores que citou no mesmo saco. Montero, sim, é um rapaz que já nos tem habituado a amuos quando não entra quando quer. Acho q se considera a si próprio num nível mais alto do que o que tem, mas acho q se vai dar mal.
    Quanto a Ruiz, por acaso até acho que foi o jogo em que o vi mais fresco. Temos q ter paciência, a qualidade está lá, e decerto vai ter atenção particular do team físico para recuperar, e talvez não precise do tal mês.
    Quanto a mim outro problema, bem mais grave, é Slimani. Por muito que emocionalmente as pessoas gostem dele, pela combatividade e entrega, neste esquema de jogo actual, o jogador não serve. Tem um jogo de pés horroroso, não consegue controlar a bola, e para mais parece que a revisão salarial lhe fez mal. A minha medida radical seria, e peço que não se choque, vender Montero, e trazer mais uma alternativa a Slimani.
    Um grande Abraço, desculpe monopolizar o espaço,
    José Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo José Lopes, cada um de nós terá uma visão muito própria sobre os jogadores em causa, todas elas respeitáveis e de modo nenhum muito divergentes.

      Mas uma alternativa a Slimani, mesmo com a eventual venda de Montero, não me parece viável, se tivermos em conta a capacidade financeira do Clube, sem que o "playoff" seja resolvido a nosso favor. Sem vendas, concordo com JJ: o plantel está fechado! É com estes ovos que teremos de fazer as omeletes...

      Grande abraço.

      Eliminar
  5. Que os apitadores só não nos tramam se não puderem, isso já nós sabemos até à exaustão! No que diz respeito ao nosso futebol: fomos dececionantes! Foi precisamente para isto não acontecer que Jesus veiio para o Sporting. Ou seja, não voltarmos a perder pontos em casa com equipazinhas deste tipo: P. Ferreira e afins. E Jesus e os jogadores, neste prélio, falharam a toda a linha. Este modelo futebolístico de Jesus permite demasiadas oportunidades de golo aos nossos antagonistas. Acho que este tipo de perda de pontos é irrecuperável. Se o Carnide ganhar hoje e o Sporting não elimina o CSKA: instala-se já a crise em Alvalade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou reservar a minha opinião para depois do jogo de 4ª feira. Se o Sporting conseguir um resultado que lhe permita o aceeso à fase de grupos da Champions, este jogo com o Paços será absolutamente irrelevante...

      Eliminar

PUBLICIDADE