quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Não vá o diabo tecê-las!...


Luisão aponta

«A forma como Luisão gesticulou com Rui Vitória na linha lateral, perante um resultado já negativo, trinta mil benfiquistas na bancada e milhões de testemunhas televisivas, não deixa dúvidas: Rui Vitória é ainda um líder fraco.


O diálogo entre treinador e capitão pode ocorrer. É até saudável que ocorra. Mas gestos, que apontam zonas mal cobertas, só acontecem se o líder não se impôs. Rui Vitória quis passar uma mensagem, Luisão deixou-lhe várias e aquela reacção atarantada do treinador, com sinais de incentivo a fazer girar a bola, não significa mais nada se não um enorme vazio.

Também as substituições foram as de um homem acossado, como se, no futebol, a linha recta fosse o melhor caminho entre dois pontos. Meter vários pinheiros na área contrária, semeados em vendaval, sem curar de quem os alimente pelos flancos, é só para inglês ver. Em épocas transactas, o Benfica recuperou de desvantagens, ou chegou a vitórias, com um quase enervante sangue frio, que lhe permitia insistir no jogo pelos flancos. Na passada jornada, o Benfica verticalizou o jogo cedo de mais, até os alas passaram a procurar terrenos interiores, em busca da sorte, sem que Rui Vitória conseguisse corrigir essa cegueira pelo ouro.

No primeiro parágrafo ficou um 'ainda', antes da expressão 'líder fraco'. É apenas um benefício da dúvida que qualquer bom profissional merece até ser desmentido nas três sílabas. Os textos sobre Rui Vitória lembram-me vários produzidos na análise a Paulo Fonseca no Dragão.» 
(Octávio Ribeiro, De olhos na Bola, in Record)


Querem ver que afinal o homem não é nada estrábico e o Rui Vitória não chega mesmo ao Natal?!...

Seja como for, trago por aqui no sapato uma pedra a incomodar-me: seria demasiado estúpido que a "central de propaganda goebbelsiana do arcanjo gabriel" tivesse reformulado a estratégia e as palavras do "vesgo" fossem o primeiro reflexo, ou sintoma, ou lá o que possam ver nelas, de determinações da "central hitleriana"! Paulo Fonseca só houve um e o "papa" aguentou-o muito mais tempo. Ou será que o Helder Cristovão ainda não terá comprado as imprescindíveis calças castanhas?! E, já agora, será porque o Olympiacos colocou alguma cláusula de rescisão absolutamente fora da capacidade actual - tesouraria falida ao que por aí corre! - dos benfas?!...

Bom, pelo sim, pelo não, aquele senhor árbitro de Braga - vocês sabem do que eu estou a falar! - foi nomeado para o próximo jogo contra o Moreirense, no galinheiro!...

Não vá o diabo tecê-las!...

Leoninamente,
Até á próxima

1 comentário:

PUBLICIDADE