quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Sábado, seja qual for o turco nomeado, penso que ganharemos na mesma!...


Poderia a eliminatória ter ficado definitivamente arrumada já nesta primeira mão. Mas o factor decisivo chamou-se Cuneyt Çakir! Este turco, que dizem ser um juiz acima da média, a meu ver, será exactamente o tipo de árbitro que antes de apitar para o início dos jogos para que é designado nas Ligas Europeias, olha demoradamente para as arquibancadas: se as vê repletas e entusiastas, vira caseiro; quando tal não acontece, como ontem à noite em Alvalade, passa-se para o outro lado! O homem passou-se e o sonhado apuramento para a "fase dos milhões" ficou adiado para Moscovo. 

O Sporting terá feito, muito provavelmente, a melhor exibição dos três jogos oficiais já realizados, contra a melhor das três equipas que teve de defrontar. Ganhou muito justamente, exibindo uma posse de bola de 65%, mas alcançou um resultado escasso por causa do factor turco que virou russo: dois penalties flagrantes viajaram no bolso do senhor Çakir para a Turquia!...

Jorge Jesus terá arriscado hoje aquilo que não poderá arriscar em Moscovo: avançou linhas até limites que obrigaram João Pereira e Jefferson a trocar as cuecas ao intervalo, por outras da mesma medida mas de cor castanha. Quem não arrisca não petisca. E Jorge Jesus petiscou. E não fora o turco e teria a eliminatória nas unhas! É a vida e a malta tem de aprender a encher Alvalade nos jogos internacionais, porque não estamos livres de na próxima nos aparecer um clone do turco Çakir!...

Não sou capaz de destacar ninguém de entre os nossos. Mas permitam-me que vos diga que, a meu ver: Ruiz e Gutiérrez ainda não estarão com a pedalada certa; hoje não era o dia de Slimani; os nossos dois miúdos entraram na hora certa para agitar e agitaram mesmo; Aquilani parece que tem uma alça telescópica de precisão em cada bota e óculos de ver ao longe nos olhos; e finalmente, sob pena de me repetir e me chamarem enfadonho - esta é para si Presidente! -, falta muito para arrumar a questão da renovação com Carrillo?!...

Sábado há mais! E será pouco provável que VP possa nomear Çakir! De qualquer forma, seja qual for o "turco" nomeado, penso que ganharemos na mesma!...

Leoninamente,
Até á próxima

5 comentários:


  1. MAS tambem tivemos sorte
    porque eles falharam um penalty. eles têm lá dois pretinhos no ataque
    que são terriveis. Um descuido e lá se vai a liga dos milhôes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorte, então o caro "anónimo das 01:25" chama sorte à classe de Rui Patrício?!... Estou certo que já estará arrependido da aleivosia!...

      Eliminar
  2. 41.500n espectadores não me parece mal.
    O problema é o fosso, que dá a sensação de proteção aos árbitros em relação aos adeptos.
    Uma das soluções era o Octávio um dia destes, pegar num desses apitadores pelo cu das calças e atirá-lo ao fosso. A ver se os outros não aprendiam. ;-)
    Mas penso que na russia vamos marcar e passar.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não concordo que o Octávio seja a melhor solução, caro José Monteiro: com aquelas pernas tortas a fugir, depois de atirar "o pássaro" ao fosso, não iria longe! Temos que entregar a missão ao Francis Obikwelu!...

      Eliminar
  3. Alamo

    É uma injustiça criticares os Sportinguistas. Mais de 41.000 hoje em Alvalade, com todas as normas de segurança da UEFA, e com poucos russos, penso que é bom.

    Quanto ao turco, que teve um critério pouco imparcial especialmente quando falamos em cartões, não consigo perceber como 3 (três!!!) homens (árbitro, juiz de baliza e liner) não conseguem ver, numa disputa na área só com dois homens, uma mão que eu a cinquenta metros vi claramente.

    Abraço

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE