sexta-feira, 21 de agosto de 2015

O terramoto acontecerá num lugar qualquer, sem "colinho" e algures na Europa!...



O plano furado de Vieira

«Se o plano tivesse sido bem sucedido, Jesus estaria agora bem longe de Portugal a engordar a conta bancária. Se tudo tivesse decorrido como fora imaginado, não seria apenas Lima a render dinheiro que se visse, uma vez que Jonas, Gaitán e Pizzi também já não estariam na Luz. Mas Jesus recusou apanhar o avião para Paris, tal como Jonas deu nega ao convite chinês. E Gaitán continua por cá porque não é fácil encontrar na Europa quem queira pagar 35 milhões por ele (e para o porto seguro que Jorge Mendes tem na península arábica o argentino não quer ir…), enquanto a possível transferência de Pizzi foi travada por força dos acontecimentos.

Foram, de facto, muitas contrariedades para Luís Filipe Vieira. Que, em rigor, começaram numa reunião da SAD. O líder pensava que os parceiros seriam favoráveis à saída de Jesus e afinal, por unanimidade, pediram a renovação do técnico. Nada que um convite irrecusável do estrangeiro não pudesse resolver, pensou Vieira.

Mais de dois meses depois percebe-se que o plano não podia ter corrido pior. Porque levou Jorge Jesus para o Sporting e essa escolha do técnico obrigou o Benfica a repensar a estratégia. A gastar no mercado verbas que Vieira não pretendia (está a caminho dos 20 milhões). E, principalmente, a segurar no plantel quem ele não queria. Tudo isto poderia ser transformado em vitória desde que no Algarve a equipa erguesse a Supertaça na cara de Jesus. Ocorreu o contrário. À liderança da Luz restou uma opção: carregar com tudo em cima de Jesus, desviar as atenções dos resultados da equipa e criar uma guerra sem quartel com o antigo treinador. A estratégia, no essencial, resultou, contando com a inestimável colaboração das marionetas televisivas do costume. E teve até um bónus: fez voltar Bruno de Carvalho ao facebook e esquecer o seu papel.

No meio de tudo isto, o clube ficou a dever um salário a Jesus. Argumenta um vendedor de banha da cobra que não fazia sentido pagar dado que ele não trabalhou. Pois não. Estava de férias. Mas já agora, cabe aqui a pergunta: Miguel Quaresma, Raul José e Mário Monteiro trabalharam? Também não. Mas, ao que se sabe, receberam.»

É difícil de acreditar que haverá em Portugal 6 milhões de "totós"! Nem na política portuguesa se assiste a tão esmagadora maioria e o que mais haverá por aí serão totós! E à medida que vão surgindo argumentações como a de José Ribeiro, começo a ter dúvidas sobre se haverá mercado para toda a "banha de cobra apregoada pelo vendedor"!...

Mas conhecendo como se conhecem os "totós", estou em crer que não será das competições internas que virá a luz capaz de vencer a terrível escuridão da "noite benfas". A mafia está bem montada e os "panos quentes do colinho" irão camuflando a iminência do descalabro.

O terramoto acontecerá num lugar qualquer, sem "colinho" e algures na Europa!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Obrigado por disponibilizar o texto , leio o blogue sempre com muita atenção , SL

    ResponderEliminar
  2. nao te preocupes com o banha da cobra deixa ele estar muitos anos no benfica a enganr os papalvos ele ate segundo li no blogs da merda benfiquista ate lhes enganou no numero de socio para se poder candidatar porque nao preenchia os requisitos meu rico sporting aquilo e clube de gente burra adeptos burros e gerida por energumos burros ele ate fez acordo com o oliveira pa sacar mais dinheiro ao burros que ate o guilerme aguiar disse bom entao os benfiquistas sao ricos vao pagar a sporttv pa ver os jogos do benfica fora e vao pagar a btv pa ver os jogos em casa hahahahahhhahhaahhahahah que clube horrivel agora esse energumo do rui gomes da silva vem falar hahahahahahhahaahahahaah deixa estar aquilo sao burros ja ganhamos um supertaça limpinha limpinha limpinha no algarve onde eles gamaram uma taça da liga ao sporting com o mister burns o paladino da verdade desportiva com a taça roubada ao arbitro que clube faccioso e horrivel

    ResponderEliminar
  3. Caríssimo Álamo,
    Estou deveras espantado com este comentário! Até que enfim alguém tem a coragem de dizer a verdade!
    Como vão os acéfalos encaixar estas dores! Nunca seria possível, no reinado do Manhoso, no Record, fazer-se um comentário de tamanha assertividade acerca do maior clube e arredores.

    ResponderEliminar
  4. Amigo Álamo, o meu aplauso para JR não só pelo excelente post, mas tb, pela coragem que teve em escrever a verdade, atitude esta impensável, em tempos idos, e ainda não mto distantes....Saliento o último parágrafo, onde JR faz uma argumentação inteligente, que denuncia os esquemas sórdidos do tal "vendedor de banha da cobra"...se o ridículo matasse!!!!.....

    SL

    ResponderEliminar
  5. Caro Álamo

    Só falta agora este jornalista aparecer com os dentes partidos!
    Atenção que ninguém pode falar mal (neste caso a verdade) do maior clube de...Carnide!
    Há quem não concorde, mas BdC fez muito bem em usar os termos que usou sobre essa escória pois não passam de uma raça nojenta, velhaca, burra e corrupta! Salvo raríssimas exceções!

    ResponderEliminar
  6. Felizmente que ainda há jornalistas. Ou seja, não são mensageiros, não são propagandistas, não são parvos. São jornalistas logo são isentos!!! Pensam pela sua cabeça, não a devem a ninguém...Há algum tempo que não lia um artigo de um JORNALISTA num jornal desportivo. Já li outros artigos do jornalista José Ribeiro em que não estive de acordo com a sua opinião, Mas reconheci-lhe sempre isenção, seriedade e coragem. Que regressem os jornalistas! Caro Álamo quando falar nos 6 milhões faça um favor à verdade: não se esqueça de por aspas. SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE