quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Um dia destes eles vão entender o que significa provocar 4 milhões !...


A cerveja, o vídeo e o frango

"Em meados de 2008, o Sporting tinha negociado com a Sagres (Central de Cervejas), uma atualização modesta do contrato de sponsoring que existia e que envolvia o patrocínio das modalidades amadoras e o naming de uma porta do estádio. Pouco tempo depois, a Sagres escreveu ao Sporting, dando conta que estava a braços com dificuldades financeiras e que não iria conseguir pagar o aumento acordado.

No princípio de 2009, a comunicação social divulgou que a Sagres e o Benfica tinham celebrado um acordo de patrocínio por 12 (!) anos, porventura o mais longo contrato na história do investimento publicitário em todo o mundo; a questão dos 12 anos não era obviamente inocente, pois, com esse contrato, o Benfica assegurava receitas que facilmente poderia antecipar junto da banca.

O Benfica contratou Javi García, Saviola e Ramires, ganhou o campeonato 2009/2010, quando, nos quatro anos anteriores, tinha ficado sempre atrás do Sporting.

Pode dizer-se, sem exagero, que a Sagres criou as condições que permitiram ao Benfica ganhar o campeonato. Por outras palavras, a Sagres deu ao Benfica aquilo que negou ao Sporting e assumiu-se como muito mais do que um mero sponsor do futebol; a Sagres, que antes distribuía os seus investimentos entre Sporting e Benfica, tomou partido, assumiu um compromisso duradouro com esta equipa, identificou-se com ela e associou de forma indelével as duas marcas.

Ao proceder assim, a Sagres não só falseou regras elementares de ética concorrencial que supostamente deveria observar, como ainda passou a ter um estatuto ativo de parceiro engajado por uma razão óbvia: tem retorno do seu investimento na exata medida em que o Benfica ganhar e adquirir visibilidade.

O vídeo do Rui Patrício não é uma brincadeira de mau gosto. Antes fosse. O vídeo insere-se numa estratégia comercial, de quem acha que pode tirar benefícios da menorização do Sporting. Para quem tem dúvidas, atente-se no filme publicitário que recorrentemente passa na Sport TV, sob o lema "Sagres - Somos Futebol", em que a imagem final e mais discernível da mensagem, que vem em crescendo, é um golo do Benfica e a respetiva celebração. Não é preciso ser especialista em diálogo subliminar para perceber o que se pretende com este tipo de montagens.

Dá para ver que, na guerra das cervejas, como na do futebol, há gente para quem vale tudo.
(Carlos Barbosa da Cruz, Canto do Morais en Record)

Tem dias que Carlos Barbosa da Cruz acorda de bem com o mundo e com o Sporting Clube de Portugal. Penso que seja reflexo de uma noite bem dormida, sem por algum momento ter pensado na... "voz do dono"!...

Subscrevo inteiramente o seu excelente texto. Na verdade a Sagres pode pintar o quadro da cor que entender. Mas ele é negro como a escuridão! Manter a coluna vertical não é para todos!...

Mas os quatro milhões de sportinguistas preferem beber... água e nunca do Luso, se outra bebida não estiver disponível! Um dia destes, a SCC vai entender essa realidade!...

Leoninamente,
Até à próxima

24 comentários:

  1. A Sagres, como empresa privada que é, celebra acordos de patrocínio com quem quer, ou não será assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ao "anónimo das 11.56", como cidadão livre dum país livre, também lhe assiste o direito de interpretar o texto de CBdC como entender: segundo os seus valores e os seus princípios, pouco lhe importando quem levará o passo trocado!...

      Eliminar
    2. Epá, a Sagres podia ter aproveitado a boleia do Vieira, dando um saltinho até à Guiné Equatorial e fechado uns negociozitos com o governo local...
      Afinal a Sagres, como empresa privada que é, celebra acordos de patrocínio com quem quer, qual o problema?

      Eliminar
  2. Um excelente texto de CBdC, amigo Álamo, mas suspeito que para o mundo Sportinguista isto não é nenhuma novidade, pois ao envolvermos o benfica no caso do vídeo, sabíamos perfeitamente que a finalidade desse vídeo era "menorizar o Sporting e endeusar o benfica", como bem diz CBdC "não é preciso ser especialista em diálogo subliminar para saber o que se pretende com este tipo de montagens"....

    PS: Num clube corrupto como o benfica, já demonstrou ser nada acontece por acaso, eu pessoalmente tenho respeito por benfiquistas honestos que felizmente ainda os há, mas estes que me perdoem o desabafo: " Enquanto for gerida por essa direcção de corruptos, jamais sentirei respeito pela i"nstituição benfica".

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Leoa Maria, será tudo uma questão de cifose, ou lordose, ou escoliose!...

      SL

      Eliminar
  3. Eu já não bebo cerveja de qualquer marca há muitos anos...
    Às vezes ainda bebo uma sem alcool...mas quando o voltare a fazer...Sagres não será de certeza...

    É claro que não foi por acaso que nos tentaram tramat já desde esse contrato feito com a equipa "dos capões"...
    Espero que os sportinguistas "façam ver" a esses gestores...que se enganaram na estratégia...!!

    Abr e SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Max, a quota de mercado da SCC há muito que deixa a desejar! Veremos o rombo que levará com esta estúpida intervenção publicitária! Quem brinca com o fogo arrisca-se a fazer xixi na cama!...

      Abr e SL

      Eliminar
  4. Não concordo nada com o texto. A Sagres, a actual maior marca de cerveja em Portugal, depois de muito anos atrás da Super Bock, como empresa privada que é está no seu completo direito de escolher para parceiro comercial quem muito bem entende sem ter de dar satisfações a ninguém. Que estava em dificuldades era público e eu sei que era verdade até por motivos pessoais.

    A verdade factual é que a partir do momento em que passou a patrocinar o Benfica passou de 2ª para a posição de 1ª cervejeira em Portugal dando-lhe uma notoriedade que não tinha permitindo-lhe ultrapassar os problemas que tinha já que o negócio cervejeiro é um negócio bastante maduro (margens baixas).

    Este texto está cheio de enganos e de críticas descabidas face aos factos. Acusar a Sagres de ter ajudado o Benfica, implicitamente criticando a gestão da empresa por deixar de ajudar o Sporting, só mostra que a pessoa que escreveu o texto para além de não saber do que fala está a ignorar propositadamente o facto do retorno comercial associado ao Benfica ter sido muito superior ao que tinha com o Sporting, o que os números demonstram. Prova também que a estratégia comercial da Sagres ao escolher o Benfica foi bem sucedida.

    Por fim, ao insinuar que o Sporting tem 4 milhões de adeptos ou simpatizantes parece-me um exagero enquanto ao mesmo tempo os benfiquistas poderão afirmar que o Benfica terá 14 milhões de adeptos e simpatizantes em todo o mundo e que o vídeo promocional será um sucesso dado a exposição a tal número de potenciais clientes.

    Para terminar, o Benfica factura 4 vezes mais que o Sporting (ver os respectivos r&c para quem tem dúvidas). Será também culpa do Benfica e dos seus sponsors?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento, mas o comentário de "Empresário Honesto" - estranho e inverossímil pseudónimo! -, parece ter sido redigido por... João Gabriel!...

      Fico á espera que tanta "honestidade" venha aqui apresentar as fontes credíveis para todos os números apresentados, ou se me verei confrontado com o silêncio da charlatanice!...

      Eliminar
    2. Curiosa a afirmação do auto proclamado "empresário honesto" (não será ó nesto? ou será "ó gabriel, como adianta o Álamo?) sobre as excelências dos resultados da Sagres. É que, segundo fontes (igualmente, para mim) credíveis, "inside", quiçá, a coisa não está para brincadeiras e quem vem aguentando aquilo é a Heineken-mãe...
      Por acaso também me disseram (as minhas fontes credíveis, claro está) que os benefícios da Sagres, que o empresário nos indica, são o que consta do "folheto de venda" do carnide... Dito de outra maneira, são os wishful thinkings.
      Tal como Álamo solicitou, também eu o faço: agradeço os números oficiais da Sagres (bastam os anos 2012-2013) que suportam as suas afirmações, empresário honesto

      Eliminar
    3. Eu confesso que fiquei comovida até às lágrimas com tanta honestidade do "Empresário Honesto", de qualquer forma alguém terá de pagar direitos de autor a RP por utilização indevida do seu nome...

      SL

      Eliminar
    4. Dá-se a si tanta importância que acredita mesmo que o texto tenha sido escrito pelo João Gabriel? Eu não acredito que ele tenha tempo ou interesse em blogues sportinguistas.
      É isso tudo o que tem a dizer?

      Eliminar
    5. Certo que terei muitas mais coisas para dizer senhor Empresário Honesto, mas como sou uma pessoa educada, não lhe quero cortar a palavra e fico à espera da indicação das fontes que colocam a Sagres no 1º lugar do ranking do consumo de cerveja em Portugal! Ou o senhor Empresário Honesto é um charlatão da estirpe dos que inventaram um nova data de fundação, não sabem somar 27 + 3, apresentando o resultado de 33 títulos de campeão nacional conquistados, mentem quanto ao número de associados e apresentam, R&C à boa maneira dos governos gregos???!!!...

      Eliminar
  5. Um excelente texto, é um facto... mas esta é uma realidade que não é de agora.... nem apenas desta marca em particular....

    Outras entidades e/ou marcas..., algumas das quais, com bem mais responsabilidades fazem o mesmo... promovendo apenas os símbolos que querem... vemos isso todos os dias, e não é necessário um olhar particularmente cirúrgico... A questão aqui é mais complexa... pois esta deriva, centra-se no facto de uma grande maioria da população não ter a capacidade de discernir essa sub-linguagem....

    Esta dinâmica comercial ou outra... não é algo que me assuste, particularmente. Inclusivamente até lhes dou algum crédito criativo e negocial... (estou a falar apenas nos casos de promoção comercial de um símbolo a.p.a.r.e.n.t.e.m.e.n.t.e colocado sem qualquer tipo de interesse - NÃO ESTOU A FALAR DE OFENSAS A PESSOAS OU INSTITUIÇÕES)

    Cabe-nos a nós, pessoal e colectivamente conseguir os melhores contratos... e as melhores promoções da nossa marca... Se outro clube ou instituição consegue melhores rendimentos com uma determinada marca... só poderei dizer duas coisas... 1- Defenderam bem as suas cores 2-Nós não conseguimos defender bem as nossas... Por outro lado considero normal que não se sinta, particularmente motivado a 'abrir os cordões à bolsa' a um novo parceiro concorrente do seu master... Caberá também ao ' novo concorrente' ser inteligente o suficiente para perceber isso mesmo... e... ou consegue recolher uma oferta superior e demover a marca de apoiar ou seu concorrente... ou tenta arranjar um concorrente ao... patrocinador do concorrente....!!!! (confuso...??? acho que não.... :))

    Hoje as marcas regem-se por estudos de mercado, que não sendo uma coisa nova..., estão cada vez mais segmentados.... em nano-mini-micro alvos... o que leva a que todas as marcas, particularmente as grandes... seja exaustivas na avaliação dos seus conteúdos publicitários e comunicacionais... Dai as minhas conclusões, já comentadas em outros post's, de que NADA DO QUE VEMOS É POR ACASO... Só o mais incauto ou fanático, vilgo ignorante, poderá inferir de qualquer 'statement', menos feliz, feito por uma qualquer marca, que a mesma se equivocou ou que não mediu bem as consequências e não era bem aquilo que queria dizer...!!!

    Cabe-nos a nós, enquanto cidadãos e, acima de tudo enquanto seres pensantes, e porque não enquanto associados de... qualquer coisa... questionar, avaliar e actuar, decidindo... sobre essas derivas...!!! sabendo de antemão que seremos sempre avaliados enquanto pertencentes a um determinado grupo... (é esse o preço da escolha....!!!)

    Não que isso possa provocar mossa evidente e, acima de tudo, permanente numa qualquer organização... pois do outro lado estarão os outros... os que, mesmo não professando uma eventual linguagem menos própria, eventualmente aumentarão o seu consumo desse produto assumindo-se como pertencentes a um grupo... e comungando com ele todas as suas particularidades...

    Particularizando neste caso... (independentemente da baixeza da promoção em causa...)

    Cabe ao SPORTING CLUBE DE PORTUGAL promover o seu afastamento da marca em questão... e mais que isso... potenciar a projeção, neste caso da marca concorrente - SUPER BOCK - (BdC já o fez, e bem... a meu ver...) tentando estreitar os seus laços e saber dai retirar os devidos dividendos financeiros... Sempre na observação dos mais altos valores éticos e comerciais... (é um filão a explorar...!!!) A questão é agora.... estará a SUPER BOCK disposta a isso...???

    Se ganharmos hoje... acredito que estará mais propensa a isso...!!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faltou um pequeno GRANDE apontamento....

      Eu, conforme já devem ter percebido, não sou contra qualquer tipo de associação (directa e objectiva) entre marcas, sponsors e/ou entidades... com uma pequena ressalva...

      ASSUMIR AS RELAÇÕES.......

      Exclusivas ou não... Saber-se-à de antemão o como, o quem e o porquê das coisas, ou pelo menos, de algumas coisas.......!!!

      Isto é, tão ou mais válido, p.ex. para os orgãos de comunicação(zinha) social portuguesa.....

      SL

      Eliminar
  6. O vídeo que ridiculariza o Rui Patrício foi feito por clubite, já que a Sagres se deixou instrumentalizar pelo clube que patrocina. Correu-lhes muito mal porque além de um mau trabalho, e que por isso deixa uma má imagem dessa cervejeira, alinhou a Sagres totalmente com o carnide, assim alienando por completo a MAIORITÁRIA faixa de mercado que não gosta dos lampiões.

    Mas o que se retira daqui é como há lampiões que usam as suas posições de poder em prol do carnide e contra os adversários, quase que a raiar o tráfico de influências, se é que não é mesmo isso. Quantos contratos de patrocínio em favor dos encornados são feitos para ajudar o carnide, sem o devido retorno financeiro para as empresas que os fazem, apenas porque os seus donos ou administradores são lampiões ferrenhos? O da Sagres é um caso evidente. O da PT foi outro.

    Outro caso ainda foi a CGD a pagar o pavilhão do porto e o centro lampiónico no Seixal com o seu patrocínio. O investimento da CGD nesses patrocínios na prática foram subsidiações dos nossos rivais, sendo claramente maus negócio para o banco, porque foram um gasto desproporcionado para o retorno que isso dava a um banco que já era o maior do país. Não por acaso a Troika quando passou a tutelar o sistema financeiro em Portugal parou logo com essas relações promiscuas, que resultavam de cunhas de dirigentes desportivos e não de verdadeiras parcerias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem faz os vídeos não é a Sagres mas a Agência de Marketing com a qual têm contrato.
      Também já fizeram vídeos a satirizar guarda redes do Benfica mas ninguém se ofendeu.
      Um nível de inteligência superior?

      Eliminar
    2. Não interessa quem fez o vídeo, apenas que este teve o "agreement" da Sagres, ponto final. Também não me interessa o que fizeram com os frangueirps do enfique. Quem se mete com o Sporting leva, porque aquele vídeo teve a intenção de achincalhar o Patrício, não foi uma piada inocente. Os comentários jocosos que se seguiram provam-no. Por isso podes ir apelar ao sentido de humor pró c*****, entendes, "inteligência superior"?

      Eliminar
    3. Não, senhor Empresário, nós por cá somos todos burros!...

      Eliminar
  7. Porquê o FC Porto jogou na quarta-feira em Basileia e só joga na segunda-feira para o campeonato nacional frente ao Boavista no Estádio do Bessa, o Sporting joga na quinta-feira na Alemanha para a Liga Europa e joga já no domingo para o campeonato nacional frente ao Gil Vicente em casa?

    O nosso presidente não fala neste caso? Estas é que são as coisas que importam ao clube e não videos e coisas e tais..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro SportindDEPortugal, não sabe que as datas são fixadas de comum acordo entre os dos clubes e a SportTV e depois ratificados pela Liga?! Haverá muita bagunça do futebol português, mas... nem tanto ao mar, nem tanto à terra!...

      Eliminar
  8. já encomendei várias grandes de sagres e umas quantas de smirnov, isto só para celebrar o respeito pela liberdade de se poder brincar com a igreja, politica e futebol desde que não seja com os calimeros, que esses levam a mal. Quanto a liga e fpf terem vindo logo pressionar uma empresa privada de fazer um vídeo a bricar com o futebol, digo apenas, que pena não serem tão diligentes a tomar medidas sobre a violência e provocação constantes no mesmo futebol.

    ResponderEliminar
  9. O perdão de juros do BES pode também ser considerado concorrência desleal?

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE