quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Até quando, caramba?! Custa tanto esperar!...

Foto in Record

"Jefferson? É uma questão que não merece qualquer comentário. O nosso foco é o jogo de amanhã, com o Wolfsburgo. Não há nada a dizer sobre Jefferson.[...]

Vamos entrar em campo com uma ambição enorme. Aliás, logo após o 2-0 na Alemanha, eu disse que nada estava perdido. Reconhecemos o mérito do adversário, mas acreditamos no nosso trabalho e embora sabendo que é difícil, amanhã não abdicamos, e lutando com todas as nossas forças, de acreditar que ainda é possível inverter o resultado. É essa a mensagem que passo aos jogadores, sendo necessário um equilíbrio emocional grande, porque a este nível qualquer deslize pode ser fatal. Já o demonstrámos várias vezes em ocasiões anteriores e quinta-feira a ambição vai ter que estar presente em Alvalade".
(Marco Silva, in O Jogo)

«Não, de maneira alguma. A equipa está focada apenas no seu trabalho para ter o melhor desempenho possível nos treinos e nos jogos. São assuntos (Jefferson) à parte, que não nos preocupam, os nossos jogos e os resultados são o mais importante. [...]

Não é muito difícil preparar a equipa, está muito motivada para virar a eliminatória. Esta equipa já fez jogos de grande nível contra adversários de enorme capacidade. Tenho a certeza de que iremos responder da melhor maneira- [...]

Tem demonstrado o seu nível (Bas Dost) contra grandes equipas, é uma grande ameaça para nós, mas já preparámos o nosso bloco para poder parar esse jogador e a equipa toda."
(Adrien Silva, in A Bola)

É o que nos vai valendo! Um Grande Treinador e um Grande Capitão - mesmo sem braçadeira! Faltar-nos-à... um Grande Presidente, que se calhar até teremos, mas... diz quem sabe, que ainda estará em construção!...

Até quando, caramba?! Custa tanto esperar!...

Leoninamente,
Até à próxima

18 comentários:

  1. ???? Não entendo este tipo de conteúdos.

    Então mas era suposto o presidente permitir que o Jefferson faça o que quiser e não dar o exemplo para que os jogadores percebam que não podem fazer o que querem, sem que existam punições por isso?

    Neste processo, em que medida é que o presidente falhou?

    E o treinador e o Adrien só disseram aquilo que lhes competia dizer. Nem mais, nem menos. Estiveram bem. Tal como esteve a SAD ao disciplinar o Jefferson.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A única falha que vejo aqui, e não será pequena, está no facto de que o episódio deveria ter ficado fechado a SETENTA CHAVES, dentro de Alvalade! De quem terá sido a falha?! Não sei!...

      Eliminar
  2. Caro Alamo,

    Tenho 1 principio do qual não abdico, nada em ninguem pode estar acima dos superiores interesses do Sporting, ponto,
    Mais de 1 mes após o fecho do mercado de inverno,numa altura critica da epoca, em vespera de 2 jogos importantissimos para o que resta da epoca, um jogador titular com contrato assinado por si de livre vontade aborda o presidente pq, segundo ele, o mesmo não o vendeu quando tinha uma proposta 4 vezes superior ao que aufere no clube, Palavra puxa palavra chama mentiroso ao outro e acaba fora dos jogos va-se saber até quando,,,,
    Bruno já cometeu muitos erros, tem um umbigo inflacionado, dispara em tudo quanto mexe mas neste caso, sejam quais forem os argumentos do brasileiro,pergunto, teve uma postura seria e profissional? Era o espaço e o tempo de discutir saidas e contratos?
    Resumindo, mais uma vez o prejudicado,lesado nos seus interesses foi o clube.
    Não necessitamos só de 1 grande presidente Alamo, precisamos também de quem nos serve profissionalmente , respeite que lhe paga.
    Jefresson nao ofendeu o presidente, ofendeu o clube o mesmo que é dizer a todos nos.
    SL

    Joao Antunes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo João Antunes, penso que o mercado ainda não terá fechado em vários país de Leste. Mas a minha grande decepção não está no comportamento que eventualmente Bruno de Carvalho terá assumido, EM DEFESA DOS LEGÍTIMOS INTERESSES DO SPORTING! Nada disso!...

      O que nunca deveria ter acontecido, a meu ver, foi o facto de as paredes de Alvalade serem demasiado transparentes e pouco tempo depois os desportivos terem feito capas com o Sporting! Só isso, nada mais!...

      SL

      Eliminar
  3. Amigo Álamo, quem nos diz a nós que quem deu esta notícia à CS não foi o autor/autora da missiva que avisou o Jefferson da proposta do Dínamo de Kiev? Se sim, o que podia fazer BdC para o impedir? O melhor que temos a fazer é aguardarmos pois o que realmente se passou a seu tempo será revelado.....

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo a simplicidade com que a amiga Leoa Maria vê a questão, mas os negócios e os argumentos no futebol serão bem mais complexos e pensar que apenas os joigadores e seus representantes jogam com trunfos será demasiado redutor. Ao fim e ao cabo, quem dá o dinheiro a ganhar a toda essa gente, são os clubes e seria tolice pensar que também não reservam para si muitos e bons trunfos. Só que... o discernimento costuma variar na razão inversa das palavras, percebe?! Tenho a certeza que sim!...

      SL

      Eliminar
  4. Vamos ter calma amigo...!!
    Num tempo em que as noticias "quase" são conhecidas antes de acontecerem...
    Seria impossivel manter para lá das paredes de Alvalade, uma situação destas...!

    É verdade que BC tem falhado nalgumas das suas tomadas de posição...
    Mas não é menos verdade que lhe devemos estar agradecidos por nos ter feito acreditar novamente...
    Não é fácil a sua vida no Clube, interna e externamente tem muitos inimigos...
    A sua inexperiência de dirigente também não tem ajudado...
    Mas o seu amor ao Sporiting...
    O ter-nos "trazido de volta" o Leão...é uma forte razão para acreditarmos que mesmo com muitos escolhos pelo caminho, chegaremos a bom destino...!

    Sporting Sempre...!

    SL

    ResponderEliminar
  5. BdC veio da Juve Leo, não veio da elite, ou seja, não tem traquejo para liderar com classe o Sporting, por isso, os episódios tristes sucedem-se (ainda não sei como não houve corte de relações com o Gil Vicente).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que não veio da "elite". É que aqueles que vieram da "elite" foram os que colocaram o Sporting a caminho da falência. E quase que conseguiram acabar com um clube centenário!

      Este que dizem que não tem classe, foi o aquele que tirou o Sporting desse caminho em direcção à falência e voltou a colocar o Sporting num rumo sustentável.

      Obrigado Bruno de Carvalho, por não teres "nascido" na "elite".

      Eliminar
  6. Se o Presidente tivesse as contas em dia com o plantel, nada disto teria acontecido.
    Leão do Norte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deveria apresentar provas quando diz uma coisa dessas. Porque a ser verdade seria muito grave.

      Mas afinal de contas o que é que custa vir a um blog e, utilizando o anonimato, fazer denuncias ou acusações graves como essa?

      Nada.

      Eliminar
  7. Eu não sou da elite, mas sou sócio do Sporting Clube de Portugal há muitos anos. Sinto-me representado pelo nosso Presidente e o facto de ter pertencido à "Juve Leo" não é obstáculo à sua competência e capacidade. Não quero, nem apoio presidentes subservientes, calados perante as injustiças e incapazes de encarar os seus adversários de frente. De facto, o que os adversários e inimigos do meu clube querem, é que o nosso presidente lidere com "classe" e que esteja silencioso e calado, face às suas tropelias e trampolinices.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. BdC tem demonstrado incompetência e incapacidade: corta relações e arranja conflitos com toda a gente, mostrou subserviência aos galináceos no episódio do jogo Benfica-Sporting adiado devido ao colapso do tecto do galinheiro, "calou-se" no jogo da "Capelada", tentou correr com o Marco Silva minando o ambiente de trabalho do treinador e envolvendo José Eduardo, sócio, antigo jogador e fornecedor há largos anos do Sporting, rompeu com os fundos que poderiam ajudar no reforço do plantel no futuro, deixou Slimani ir brincar na selecção prejudicando desportiva e financeira o Sporting e, pelo menos, até agora, não exigiu nenhuma indemnização à federação argelina pela lesão de Slimani.

      Onde está a capacidade e a competência de BdC? Pelos vistos limita-se a mandar umas "bocas" e agora até a roupeiros do Gil Vicente.

      É natural que não sejas da elite, afinal o Sporting cresceu ao longo dos tempos e estendeu a sua influência até às camadas mais populares da sociedade, mas o Sporting é um clube de génese elitista e isso deve ser respeitado, os seus sócios e adeptos devem procurar elitizar-se, seja através da educação e do enriquecimento pessoal e cultural, afinal somos os melhores, somos a elite, somos o Sporting.

      Eliminar
    2. O facto de você escolher a dedo alguns acontecimentos, que entende terem sido cometidos ou da responsabilidade de BdC, apenas para salientar pontos negativos, diz muito acerca do "elitismo" da sua honestidade.

      É de facto, um "elitismo" que de elite não tem nada.

      Você tanto se esforça num só sentido, sem ser capaz de ver o "todo" que depois é derrotado pelas suas próprias palavras e construções.

      Eliminar
    3. Álvaro, não sejas ridículo, em vez de me atacares devias tentar defender a actuação do BdC. Afinal quais são os teus argumentos para o defender?

      Eliminar
  8. O grande problema porém, parece ser o de os vindos da elite terem quase feito desaperecer o Sporting...
    E ao invés o rapazote vindo das claques "e sem traquejo".. estar a trazer-nos de volta o Sporting...!!

    O "traquejo" acabará por BC ganhá-lo...mas entretanto...

    Conseguiu manter a Esperança Verde...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O grande problema é que o Sporting, tal como o país, gasta mais do que recebe.

      Eliminar
    2. Isso era o que acontecia antes, com os tais da "elite" que você veio defender.

      Agora isso não é o problema, simplesmente porque não é isso que acontece.

      E acho curioso a sua justificação, porque é exactamente a mesma que é usada pela tal "elite" para desculparem as trapalhadas de gestão que cometem, seja no estado ou em empresas.

      Eliminar

PUBLICIDADE