quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

E que até domingo, seja esquecido o cansaço das pernas!...



Um empate feliz dos alemães, diz muito sobre a superioridade do Sporting ao longo dos 90 minutos! Mas o desperdício de algumas boas oportunidades por parte dos atacantes leoninos e a soberba exibição de Diego Benaglio, acabaram por conduzir ao nulo final, com a consequente eliminação do Sporting.

Ficou a sensação de que o conforto alcançado - por linhas tortas! - na primeira mão e o elevado e evidente respeito demonstrado pelo Sporting, levaram os vice-líderes da Bundesliga a fazer o jogo calculista e de fuga permanente ao risco, que mais servia os seus interesses. E com alguma sorte à mistura e o mérito daquele que me pareceu o melhor jogador em campo, o guarda-redes Benaglio, acabaram por levar a carta a Garcia.

Saída de cabeça erguida do Sporting, das competições europeias desta época, após uma excelente campanha, que as arbitragens não permitiram que pudesse ser mais conseguida. Mas os indicadores recolhidos, dizem-nos que o colectivo leonino já não envergonha ninguém e que o tempo das goleadas à dúzia já vai longe, muito longe. 

Porém, manda a justiça que seja dito, que no actual estágio de desenvolvimento, o Sporting ainda não estará suficientemente apetrechado para grandes voos europeus, sem que lhe seja exigida uma superação quase sobre-humana. Fatar-lhe-ão aqui e acolá uns gramas largos de talento e o tempo suficiente para completar a fase de crescimento iniciada com Jardim. Mas que o caminho estará correcto, penso não haver dúvidas.

Agora, de volta à competições domésticas, os objectivos deverão divorciar-se completamente da utopia das competições europeias. Para consumo interno, o Sporting revela argumentos mais do que suficientes para não temer qualquer adversário, a começar já pelas Antas! Bastará que a mente dos nossos leões volte a ser preparada para tal e seja esquecido até domingo o cansaço das pernas.

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Amigo Álamo, concordo com o essencial da sua opinião, mas...
    1-"...Faltar-lhe-ão aqui e acolá uns gramas largos de talento..." -aqui, permito-me acrescentar "umas (boas) gramas de peso e alguns centímetros de altura".
    Só talento, está visto, não chega.
    2. "Para consumo interno, o Sporting revela argumentos mais do que suficientes" - não concordo. O Sporting precisa aliar ao talento dos seus jogadores, o talento de outros, do tipo do Capela, Gomes, Mota, dos recém chegados Ferreira e mais uns quantos...
    Gostemos ou não, necessitamos de reforços com essa qualidade, com grande peso específico nos resultados dos jogos, que isto de ser vegetariano em terra de canibais não me parece que dê grande(s) resultado(s)...



    .

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE