sábado, 3 de janeiro de 2015

Quem não se sente, não é filho de boa gente!!!...



Os dois jornais desportivos de maior expressão cá da praça, Record e A Bola, numa confirmação de que toda a regra tem excepção, chamam hoje o Sporting à primeira página! Mas o facto permite a todos os sportinguistas avaliarem a diferença entre o jornalismo sério e o jornalismo de pacotilha, assente na subserviência a interesses espúrios que nada têm a ver com a ética e imparcialidade que deveriam ser apanágio de orgãos de informação capazes de honrar as suas tradições.


Enquanto o jornal Record destaca o lado positivo do encontro de logo à noite em Alvalade, o Jornal A Bola continua a saga maquiavélica de desenterrar mortos e esquecer os vivos, de alimentar a fogueira que apenas serve os interesses a que hipotecou completamente a sua razão de existir.




Se ao formidável universo sportinguista, ainda restavam algumas dúvidas sobre a classificação deste tipo de jornalismo, dos interesses que tal postura esconde e da necessidade imperiosa da adopção de incontornável posição de total ostracização ao jornal A Bola, elas ficaram hoje completamente desfeitas.

Quem não se sente, não é filho de boa gente!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. A capa do Correio da Manha ainda é mais ultrajante, falando até em "Guerra de popularidade". De qualquer modo, reconheço que ambas as partes criaram este ambiente. Só espero é que os adeptos não contribuam para o acicatar. Apoiem a equipa, apenas e só. Seria degradante se os sportinguistas se deixassem manipular num sentido ou noutro.

    http://jornais.sapo.pt/nacional/4063

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE