sábado, 24 de janeiro de 2015

E o burro é o Luís Filipe Scolari?!...


A boa gestão de Vieira

"A venda de Bernardo Silva ao Mónaco por 15,7 milhões gerou uma onda de indignação entre os benfiquistas difícil de compreender. É um facto que o descontentamento se ficou pelo espaço virtual e por uma faixa mostrada em Moreira de Cónegos, mas já se percebeu que, hoje em dia, movimentos espontâneos que nascem nas redes sociais podem mudar o guião da história. No caso de Bernardo Silva, porém, o assunto não tinha por onde crescer. A visão romântica do adepto que sonha com um Benfica cheio de jogadores portugueses é inteiramente respeitável. Se possível, aliás, com muitos portugueses formados no Seixal. O cenário pode ser muito atractivo, mas tem um problema: choca com a realidade. E só com alguma dose de irresponsabilidade um líder pode rejeitar a possibilidade de vender um jogador-promessa perante uma oferta de 15 milhões.

Bernardo Silva tem potencial suficiente para vir a ser, dentro de 2 ou 3 anos, um daqueles criativos que o mercado avalia de forma generosa. Talvez 25 milhões. No máximo, 30. E já estamos no patamar de alguns dos melhores do Mundo. Acontece que para essa evolução se confirmar Bernardo teria de estar num contexto favorável, onde tudo funcionasse a seu favor. Poderia isso acontecer no Benfica de Jorge Jesus? Dificilmente. Faria sentido então prolongar o empréstimo ao Monaco deixando a evolução acontecer longe da Luz? Era uma hipótese, mas sem garantia de rigorosamente nada. Ninguém sabe (a não ser Vieira…) mais quanto tempo poderá Jesus continuar no clube e também ninguém sabe se mais à frente ainda seria possível realizar a operação por semelhante valor. Vender Bernardo Silva pelos mesmos 15 milhões por que, em 2003, o Sporting vendeu Ronaldo ao Manchester deve ser motivo de crítica ou de elogio?"

Nuno Farinha, um dos sortudos a quem calhou o "euromilhões" de ser chamado a constituir o "triunvirato", que  uma administração realista se viu obrigada a colocar à frente do jornal, depois de correr com a "troupe manhosa" que quase ia afundando o tablóide, parece não ter compreendido rigorosamente nada do que lhe aconteceu e continua, estupida e diariamente, a tomar o pequeno almoço de "croissants e meia-de-leite", no estádio da Luz.

Está no seu pleno direito. O que não será muito inteligente, será continuar a teimar na prática de uma profissão, em absoluto extinta pela voragem dos tempos! Há muito que acabaram os engraxadores, de caixa de madeira com o metálico poiso de sapatos às costas! Mas ele persiste, lampionicamente, no seu exercício, parecendo pretender surripiar o cognome de "burro" a Scolari.

Abalançar-se a comparar os quadros das transferências de Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva e, "pour cause", estender a passadeira vermelha à gestão de LFV, será uma presunção tão estúpida como comparar o olho do cu com a Feira da Palhaça, parafraseando o bom povo bairradino no meio do qual aprendi a ser gente e a compreender o porquê da servidão humana.

Nuno Farinha ainda não compreendeu o desafio que lhe foi colocado e, teimosamente, parece pretender continuar a usar "as alpergatas manhosas" do arremedo de jornalista, em boa hora "corrido" pela administração cofinense. Ninguém alguma vez lhe exigirá tal sabujice. Pelo que apenas a sua tacanha sensibilidade jornalística, lhe concederá a exibição de tão degradante e desnecessária pequenez clubística.

Não havia necessidade!...

Leoninamente,
Até á próxima

6 comentários:

  1. Mas - e tentando-me abster da enorme palha que é o texto deste post (deve ser para dar ao burro), pode o "postador" fazer um esforço para concretizar porque raio não faz sentido a comparação entre Ronaldo e Bernardo?
    Ambos transferidos antes de darem provas como seniores, com muita promessa nas camadas jovens e nada mais. Ambos com a mesma idade. Ambos jogadores de ataque, um mais individualista, outro mais playmaker.
    É que não entendi a razão de toda essa raiva. Parece que esse ódio anti-benfica resulta numas palas.
    Sabe, como usam os burros?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro Nuno bem tenta abster-se de comer a palha, mas não consegue ir além da tentativa e acaba por comer exactamente aquilo que NF lhe põe à frente! Tudo "farinha do mesmo saco"!...

      Sobre as palas que os pobres dos burros são obrigados a usar, serão mais imposições dos "donos", que necessidades que advenham das suas limitações intelectuais: os burros serão animais extraordinariamente inteligentes!...

      Eliminar
  2. Até parece que os valores das transferências praticados em 2003 eram os mesmos que se praticam hoje! Até parece que já existiam nessa altura os loucos russos e afins a esbanjar dinheiro em qualquer pirralho que dessse um pontapé numa bola ....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo amigo "Caverna da Luxúria", o que havemos de fazer, quando encontramos quem prefira comer a "palha" colocada no silo há mais de uma década?!...

      Sabe amigo, ainda há por aí quem prefira comida requentada!...

      SL

      Eliminar
  3. 15 milhões à 12 anos, hoje valeria pelo menos o dobro. Já não é a primeira vez que este jornaleiro, faz este tipo de comparação com a saída do Ronaldo do Sporting. Por isso é que esse Farinha, nunca me enganou. Um abraço, amigo Álamo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheguei a acreditar, amigo F. Pais, que o exemplo do "querido manhoso", tivesse servido para que este "benfa" colocasse as barbas de molho! Enganei-me: a doença é incurável!...

      Abraço e SL

      Eliminar

PUBLICIDADE