quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Jornalismo de sarjeta! Porca miséria!!!...



Tão surpreendente quanto incompreensível, como ao director do jornal Record, António Magalhães, terá passado em claro o vergonhoso exercício jornalístico hoje publicado na edição "online".

De facto, sob o sibilino e pérfido título de "Pazes feitas com Manuel Mota", os responsáveis pela redacção de tal dislate - a notícia surge sem a menção do seu autor! - apenas pretenderam enlamear o bom nome de uma instituição centenária, associando a um gesto de felicitações que o Presidente, o Director e o Treinador do Sporting Clube de Portugal, entenderam de elementar justiça apresentar ao chefe da equipa de juízes, responsável por uma das melhores arbitragens que ultimamente terão sido vistas em Alvalade, intenções e objectivos do mais baixo nível que se tem visto na CS portuguesa e que o futebol português bem dispensaria.

Das honrosas tradições do Sporting Clube de Portugal, nunca constaram as mais leves ligações a escabrosos processos como o Apito Dourado, nem alguma vez a palavra de qualquer dirigente leonino, terá realçado ser mais importante o controle dos organismos de cúpula do futebol português, nomeadamente a arbitragem, que a contratação de jogadores de excelência. Essas novelas foram comprovadamente escritas por outros autores.

Os jornalistas do jornal Record, responsáveis pela atrocidade jornalística hoje publicada na edição digital, da qual o seu director nunca poderá sacudir a água que lhe encharcou o capote, violaram os mais elementares princípios éticos e deontológicos e desrespeitaram milhões de adeptos que jamais precisarão que lhes assobiem para beber água, como eventualmente acontecerá com quem, de forma perversa, o demonstrou.

Jornalismo de sarjeta! Porca miséria!!!...

Leoninamente,
Até á próxima  

2 comentários:

  1. Ouvi hoje numa rádio (antena 1), que diga-se de passagem referiram o facto de ninguém ter acesso às conversas audio, mas que eles sabiam de certeza... que quem assinalou o penalti em paços não foi o Mota dos Talhos... foi o assistente mais longe do lance... cá para mim querem limpar a imagem do Mota...
    Há um amigo meu aqui no local de trabalho que me disse esta semana uma coisa muito interessante. Dizia ele (perdoe o palavreado): "Põem-no num jogo de merda a feijões para correr tudo bem. Quando for a doer para o campeonato, não vem tão pressionado porque não errou na taça do lucilio, é nomeado para um jogo importante e faz a merda do costume".
    Estou como este meu amigo... limpar a imagem do homem para não lhe partirem montras dos talhos e vir-nos estragar as coisas quando doer mais...
    A ver vamos.
    Abraço
    Basco "O Leão"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, amigo Basco "O Leão", também ouvi essa da Antena 1, em que eles atribuíam a "ousadia" ao auxiliar Nuno Roque, que estaria eventualmente a mais de 100 metros do lance! Pouco consistente a tese, para além de existirem outras versões bem mais plausíveis.

      Se déssemos crédito aos benfas da Antena 1, até poderíamos ser comparados aos líricos que acreditam no Pai Natal! Serão a meu ver, uns fraquíssimos intérpretes da famigerada "central de informação e propaganda vermelha"!...

      A tese do seu amigo, vale o que vale! O tempo confirmará ou não a sua assertividade. Mas o que mais desejaria é que os líricos não tenham sido, BdC, AI e MS! Será que as suas felicitações foram impulso de momento, jogada estratégica, ou consequência de algo que nos escapa?! Mas isto são especulações legítimas de adeptos como nós, caminho que está proibido a jornalistas que se prezem!...

      Abraço e SL

      Eliminar

PUBLICIDADE