quarta-feira, 3 de junho de 2015

E o "tabu" continua!...



Jorge Jesus quer ficar em Portugal

A TSF apurou que esse é o desejo do treinador que apenas admite sair do país se surgir uma proposta irrecusável de um clube também irrecusável. Luís Filipe Vieira está a ser pressionado pela SAD benfiquista.

Jorge Jesus quer continuar a treinar em Portugal. O treinador só sairia do país se um clube histórico europeu lhe fizesse uma proposta irrecusável o que até ao momento não aconteceu.

O técnico não quer ir treinar clubes como, por exemplo, o Zenit de São Petersburgo. Para sair de Portugal, Jesus deseja a "nata" do futebol europeu.

Como isso não está a acontecer, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, está a ficar numa posição muito delicada, pois se não renovar com Jorge Jesus arrisca-se a vê-lo sair para um dos dois rivais - Futebol Clube do Porto ou Sporting Clube de Portugal.

A TSF sabe que, nesta altura, Luís Filipe Vieira é um homem isolado dentro da administração da SAD benfiquista no que diz respeito a este dossiê. Todos os administradores, sem excepção, aconselham Vieira a renovar o contrato por considerarem que Jesus é uma peça fundamental na estratégia futebolística do clube.

Ao mesmo tempo, os administradores tentam sensibilizar Vieira para o perigo para o Benfica e para ele próprio que poderia representar o sucesso de Jorge Jesus no FC Porto ou no Sporting Clube de Portugal.

No entanto, Luís Filipe Vieira tem um "plano B" que para ele até pode ser um "plano A" preparado e que passa por Rui Vitória, o actual técnico do Vitória do Guimarães. 

Mas o que pode atrapalhar os planos de Vieira é o facto de Jesus não querer sair de Portugal.
(João Ricardo Pateiro, 02.06.2015 às 14:28, in TSF)

E o "tabu" continua!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Amigo Álamo, isto de JJ vir para o Sporting Clube de Portugal é do mais ridículo que a nossa CS nos deu a ler.
    Se o nosso projecto se baseia na formação, para que nos vai servir JJ? Atrevo-me a acreditar que os problemas que surgiram entre BdC e MS tem o foco precisamente no facto de MS, não se identificar logo de início com o nosso projecto, desde já digo que JJ se identifica mto menos.
    Além de tudo isto não considero JJ nada de especial como treinador, o bom trabalho que fez no benfica deveu-se na minha opinião ao bom produto acabado, com que vieira o banqueteou, oh amigo acreditar que vai fazer um bom trabalho no nosso Sporting dado, os contornos do nosso projecto, só pode ser brincadeira, prefiro mil vezes MS.....

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga, eu já desisti de me colocar seja do lado de quem for. Um e outro terão os seus atributos, diferentes naturalmente mas, como em tudo na vida, ambos terão os seus prós e os seus contras.

      O que eu desejaria acima de tudo é que terminasse esta situação insustentável, este "tabu" que nunca mais acaba, sempre com o Sporting na berlinda e com a perspectiva de um mês de Agosto verdadeiramente avassalador de exigência, onde teremos 6 jogos de grau máximo em 21 dias! E eu não vejo ninguém preocupado com isso!...

      SL

      Eliminar
  2. Caro Amigo Álamo,
    Porque é meu dever, envio-lhe o que há minutos enviei para o "CL".
    Que haja bom senso e verticalidade no nosso Sporting!
    Um abraço
    José Manuel

    Senhor Rui Gomes,
    Talvez se lembre da minha intervenção no seu espaço, em Novembro de 2014, apelando à união
    da família sportinguista. Nunca fui um devoto de Bruno de Carvalho, mas dei-lhe o benefício da dúvida, é o presidente do clube do meu coração, do coração do meu filho, do coração do meu saudoso pai.
    Tenho evitado entrar em discussões estéreis, mas desde que o enorme sportinguista ligado a a uma empresa de Catering apareceu em cena, a minha confiança em Bruno de Carvalho desapareceu.
    Fiz duas aparições breves no blog Leoninamente , pois aprecio muito a postura sportinguista e de cidadão do seu autor, pessoa que, deve saber, apoiou (e apoia quando é caso disso) Bruno de Carvalho. Até aqui temos posições coincidentes, pois reconheço no presidente do nosso querido
    clube as virtudes que o Senhor Rui Gomes dificilmente lhe assesta.
    Chegou a hora de dizer basta, da minha parte, é óbvio, ao Sr. Bruno de Carvalho! Nunca me identifiquei com o seu estilo, mas, repito, como sportinguista sofredor que sou, era meu dever como tal, dar-lhe o benefício da dúvida.
    Este caso com Marco Silva enoja-me desde a primeira hora. Não idolatro Marco mas gostaria muito que ele continuasse como muitos e muitos sportinguistas.
    Depois de ver o inefável EB no Prolongamento da última segunda-feira, perdi as esperanças em qualquer reconciliação entre BC e MS ! Foi deprimente!
    Estou-me marimbando para os ataques que me possam ser direccionados pelos apoiantes de Bruno de Carvalho. Apesar de complicados problemas de saúde, alguns que me afectam a coluna, quero manter a verticalidade que aqueles que melhor me conhecem, sabem que me esforcei sempre por manter. Mas, se tiverem dúvidas, eu posso relembrar-lhes aquilo que então escrevi...
    Ah, e apesar de não ser rancoroso, o meu coração não é tão grande que me possa esquecer do limpinho, limpinho do após Capelada de 201213!
    Apenas um pormenor. Porque não me é fácil escrever, vou transcrever integralmente esta minha intervenção no Leoninamente , pois o silêncio a que me remeti e que agora aqui quebrei, por respeito ao meu Clube, que desde que me conheço, tenho um enorme orgulho em pertencer, tem que ser partilhado com esse grande sportinguista!
    Como eu, no Domingo, depois daquela épica vitória na Taça de Portugal, me lembrei, de lágrimas nos olhos, do meu saudoso pai, falecido a 25 de Abril de 2000, três semanas antes de nos termos sagrados campeões, e do meu filho, há 3 anos e meio no Brasil...
    A magia desse momento, não devia ter sido tão efémera pelos motivos que se sabem...
    Que raios, porque não podemos ter direito a um pouco de paz!
    Saudações a todos os sportinguistas, independentemente das suas preferências... desde que saibam
    respeitar civilizadamente a dos outros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo Amigo e grande sportinguista J.M.Figueiredo, obrigado pelo seu sportinguismo, obrigado pela sua verticalidade, obrigado por ser meu amigo e me privilegiar com a sua consideração e estima.

      Seria demasiado cómodo e fácil, sem que deixasse de ser verdadeiro, identificar-me com o seu comentário. Mas hoje não quero ir por aí. Já haverá demasiada lenha na fogueira e eu, mesmo decepcionado recuso-me a alimentá-la. Quero apenas deixar-lhe uma mensagem de esperança, rebuscada é certo no fundo da minha alma de leão, mas que poderá ajudar todos os que pensam e sentem como nós: 1580 poderá ter sido tudo o que quisermos, mas não foi capaz de impedir 1640! Creio ser escusado explicar-lhe porquê! Como estou certo que não precisarei de lhe explicar que...
      O SPORTING SAIRÁ SEMPRE VENCEDOR E DE CABEÇA ERGUIDA!...

      SPORTING SEMPRE!!!...

      Grande abraço e fortes Saudações Leoninas.

      Eliminar
  3. Eu tb estou como o amigo, já há mto que desisti de tomar partidos, não estou lá dentro para saber o que realmente se passou e continua a passar, só desejo do fundo do coração, que a direcção tenha a lucidez suficiente, para decidir em função dos interesses maiores do nosso SPORTING, pois para nós Sportinguistas, é só isso que realmente deve ser importante...

    SL

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE