quarta-feira, 24 de junho de 2015

Quero lá saber de pássaros e outros animais mitológicos!...


Não se está a revelar fácil esta espera. Não me lembro de conviver com tamanha ansiedade numa pré-época! E tudo porque, 40 anos depois, Jorge Jesus voltou a casa, com tudo o que esse facto possa significar em termos de renovação de uma esperança que sempre fez e há-de fazer parte de nós, adeptos sportinguistas.

Não, não se trata de repetir o ritual de épocas passadas, "este ano é que é"! Pela primeira vez desde há muitos, muitos anos, às firmes e justificadas esperanças que envolvem todo o universo leonina somam-se, as dúvidas, as reservas e as indisfarçáveis preocupações dos adversários. E isso, de tão óbvio e evidente, bastaria para que, num estalar de dedos e como em tantas outras ocasiões, a esperança se transformasse em certeza, quiçá em euforia. Mas, curiosamente, isso não está a acontecer na grande nação leonina. Que há uma quase incontrolável ansiedade, ninguém negará. Casada porém com uma pouco habitual serenidade... 

Nos dias que tão lentamente vão decorrendo, até os tablóides desportivos já abandonaram o velho e estafado esquema de nos "abanarem" diariamente com transferências estapafúrdias e mirambolantes. Parece terem-se convencido, até eles, de que todos os sportinguistas entregaram essa "cirúrgica e contida missão" a quem de direito e que tudo "o que por aí voe nas asas do vento" apenas poderá ter um rótulo: falácia! E isso conduz o admirável mundo novo leonino, a um estado de espírito que resulta de uma inusitada trilogia: esperança, serenidade e... confiança!...

E é com essa nova maneira de sentir e estar que os adeptos sportinguistas vão acompanhando com atenção, apenas aquilo que lhes interessa: ontem a opção por Ewerton e a sua ligação ao Sporting até 2019, hoje, a projecção do plantel e da pré-época, por Jorge Jesus. O resto serão questões de "lanacaprina" e que cada um as resolva da maneira que entender. Daquilo que verdadeiramente nos interessa, temos quem trate:

Jorge Jesus projeta plantel e pré-época

"A contar o tempo para assumir em pleno e de forma oficial o cargo de treinador do Sporting, Jorge Jesus tem passado os últimos dias recolhido na preparação minuciosa de muitos dos aspectos que vão ter de estar pensados quando os treinos começarem na Academia a partir de 1 de Julho. Após uma primeira visita de oito horas à Academia, na quarta-feira passada, quando tomou contacto com parte da realidade que irá encontrar em breve e concluiu que "há qualidade para trabalhar", JJ tem dedicado longas horas a planificar questões relativas ao desenho do plantel e ao programa da pré-época.

Como lhe é característico, e aconteceu até no curto período de descanso no estrangeiro, o treinador mantém ligação quase permanente não só com os seus adjuntos e colaboradores mais próximos como também com o presidente Bruno de Carvalho (ele próprio, de momento, em gozo de férias). Segundo Record apurou, JJ tem emprestado especial cuidado, nomeadamente, à observação intensiva de vídeos. O objectivo passa por analisar toda a informação que foi possível recolher sobre os jogadores que irá ter ao seu dispor em breve, desde logo aqueles sobre quem possa ter menor conhecimento.

Os meios audiovisuais funcionam, ainda, como suporte para avaliar (e filtrar) potenciais reforços, algo que redobra de importância quando falta exactamente uma semana para o arranque dos trabalhos, já em Alcochete. Ponderar entradas e dispensas é uma das tarefas na agenda do técnico, que aproveita a presente contagem decrescente para antecipar, na medida do possível, algumas decisões de fundo quanto à formação do plantel. É certo que a avaliação fundamental será feita nos treinos diários mas JJ pretende ter o terreno devidamente desbravado para decidir na posse de todos os dados.

Apresentação

Em paralelo, Jorge Jesus tem vindo a preparar também o dia da apresentação como técnico dos leões para as próximas três temporadas. O momento está a ser planeado ao pormenor, designadamente com elementos da direcção de comunicação do clube, com quem o técnico esteve reunido no princípio desta semana.

O dia 1 de Julho coincide com as celebrações do 109.º aniversário do clube e a organização da II Gala Honoris Sporting (no Coliseu dos Recreios), onde Jorge Jesus marcará presença, tal como a equipa profissional de futebol.

Estágio na África do Sul entra na planificação

Não é segredo para ninguém que Jorge Jesus prefere fazer as pré-épocas em solo português, pela facilidade em organizar a preparação do ponto de vista técnico e logístico. Ainda assim, e tal como acontecia no Benfica, os trabalhos de pré-temporada do Sporting contemplam uma incursão fora do país, no caso uma semana na África do Sul, entre 21 e 28 de julho, onde os leões vão participar no Torneio Cidade do Cabo, em conjunto com os anfitriões do Ajax Cape Town, os também locais Super Sport FC e os ingleses do Crystal Palace. Ora, consciente de que o compromisso já estava assumido pela direcção do Sporting e que a deslocação à África do Sul é importante do ponto de vista estratégico para o clube, Jorge Jesus tem procurado acautelar ao máximo todos os detalhes da deslocação. Articular esse momento da pré-época com o antes e o depois tem sido uma dos trabalhos de casa a que o técnico tem dedicado tempo por estes dias.

As diligências de JJ

Vídeos. Reunir e filtrar o máximo de informação, conhecer a fundo os jogadores que vai ter ao dispor e com os quais pode estar menos identificado, são objectivos do treinador. Além de ser uma forma de avaliar potenciais reforços.

Adjuntos. Jesus mantém contacto diário e quase permanente com os colaboradores mais próximos. Todos os detalhes são discutidos e antecipar decisões pode fazer a diferença.

Equipa. O desenho do plantel é uma das prioridades do momento, apesar de os ajustes terem de ser feitos após 1 de julho. Por ora, JJ pondera entradas e saídas.


Perante esta excelente cónica de João Lopes e Vitor Almeida Gonçalves e para mais com o Presidente em gozo de férias, que melhor lenitivo para esta tranquila semana que nos separa do arranque?!...

Quero lá saber de pássaros e outros animais mitológicos!...

Leoninamente,
Até à próxima

11 comentários:

  1. A minha curiosidade vai ser ver o jj a conduzir um mini quando durante 6 anos conduziu um Ferrari.
    Será que se adapta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é se rebentam os pneus ou falta a gasolina ao Ferrari e o Mini passa para a "pole position" e ganha a corrida!..

      Eliminar
    2. oxalá caro álamo a gente passe a eliminatória da LC

      Eliminar
    3. Álamo desculpe estar a meter-me na conversa mas a mania das grandezas é uma coisa que desprezo...
      O caro anónimo das 18:34 denota além de um ego insuflado (típico de lampiões) alguma burrice com o que afirma.
      Está a comparar carnide a um Ferrari, o topo do automóveis. Pergunto eu do alto da minha pequenez de mini: O Barcelona, o Real ou o Bayern comparam-se a que carros?
      Provavelmente por terem ido a duas finais da liga europa e terem 250 sócios da treta são tão grandes como os outros querem ver?
      Caro anónimo, se quiser comparar o seu clube a um audi A4 em segunda mão, que foi buscar à Alemanha por ser mais barato ainda vá... agora ferraris não é para todos.
      O segundo ponto dessa mania estúpida de grandeza bacoca é não perceberem que nós fomos buscar quem vos fez o carro...
      Fala de boca cheia que o Jesus estava habituado a um ferrari... pudera foi ele que o fez, havia de estar habituado a quê?
      Tire lá as palas e pense numa coisa que se chama história... Se tivermos os pés bem ancorados na nossa história nunca zurramos como acabou de fazer!
      Fique o caro anónimo a saber que antes da entrada de Jorge Jesus no seu clube ficaram 4 anos seguidos atrás do mini. OUVIU BEM? Foram 4 anos seguidos atrás do mini... era um ferrari tão bom tão bom que é exatamente como disse o caro Álamo... faltava a gasolina e os pneus serviam para outros negócios...
      São dignos de dó por causa disso mesmo... parecem a antiga monarquia que mesmo depenada, pensava que tinha o rei na barriga, por causa da mania das grandezas.
      Ainda não perceberam que se têm um bom carro quem o construiu foi o JJ? Ainda não perceberam que a gente foi buscar o piloto e o designer do carro ao mesmo tempo?
      Fiquem lá com o vosso ferrari e vão buscar quique flores e outros que tais que nem as mudanças sabiam meter.
      SL
      Basco "O Leão"

      Eliminar
    4. Amigo Basco "O Leão", palavras para quê? O amigo disse tudo o que eu não fui capaz de dizer. Abraço e obrigado.

      Eliminar
  2. Volto para dizer ao amigo "Basco O Leão", que o ano académico está no fim, sem que eu tenha notícias dos seus êxitos. Acho que além de eu o merecer, me deve poupar esta natural ansiedade. Fico à espera com outro grande abraço.

    ResponderEliminar
  3. Pronto peço desculpa!O sporting vai ser campeão!
    Estou desculpado amigo Álamo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na "mouche"! Submarino ao fundo!...

      Eliminar
    2. Na "mouche"! Submarino ao fundo!...

      Eliminar
  4. E já agora vai ganhar também a champions league.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE