segunda-feira, 8 de junho de 2015

Que saia de cena quem não é de cena, nem sabe estar em cena!...


"A mulher de César não tem só que ser séria, é preciso que pareça séria, pelo menos. No caso do senhor Carvalho ele deve achar que me estou a referir à companheira de um jogador brasileiro. [...]

É com profundo desgosto que vejo uma linha que me parece francamente dolorosa e parece que não vai augurar bons caminhos para o Sporting".

"Precisa de ajuda com a informação, ajuda psicológica, ajuda de conhecimento e da maneira de estar, maneira de ser e maneira de se comportar. Há situações na vida em que temos de estar preparados em função da nossa experiência, saber e conhecimento. Temos de ser humanos e compreender as reacções de Bruno de Carvalho. Está envolto em grande stress e pressão, ainda é um jovem e não está habituado a estas coisa da vida. Temos de ser tolerantes e compreensivos, é natural que de vez em quando lhe salte a tampa. Temos de ser condescendentes, é uma pressão muito grande e portanto temos de ajudar. Faltam dois anos e temos de ajudá-lo a acabar o mandato com dignidade. [...]

Talvez ele não se lembre do meu pai nem do que o filho fez. Quando me iniciei nestas lides do Sporting, ele era um jovenzito, ligava mais aos cromos da bola do que outra coisa. Eu já andava nestas lutas e portanto ele pouco se lembrará".
(António Sérgio da Silva Abrantes Mendes, in Record)

Não sei o que mais me terá incomodado! Se a jactância e presunção cultural do multimilionário senhor doutor reformado José Alfredo Parreira Holtreman Roquette, se o ar doutoral e paternalista do senhor magistrado, ungido pelos santos óleos, doutor juíz jubilado António Sérgio da Silva Abrantes Mendes!...

Uma coisa sei e vou dizer a esses senhores, penso que interpretando o sentir de uma mairia esmagadora de sportinguistas: o Sporting Clube de Portugal, de uma forma porventura demasiado elevada para a craveira intelectual de ambos, há muito que prescindiu dos vossos serviços, democraticamente, por via directa ou indirecta e sem nunca alegar "justa causa"!...

Logo, que saia de cena quem não é de cena, nem sabe estar em cena!...

Leoninamente,
Até á próxima

11 comentários:

  1. Amigo Álamo, a partir do momento em que sportinguistas, sejam eles ex dirigentes ou não deixam de respeitar o clube, para mim deixam de ter qualquer importância.
    Estou simplesmente enojada, com estas "élites" que últimamente têm atacado BdC sem dó e piedade, só me ocorre dizer que é a loucura total....
    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio não estar enganado ao interpretar esta investida dos "notáveis", como o seu derradeiro esforço para não ficarem definitivamente fora de cena. Só que ainda não terão percebido que o seu tempo acabou!...

      SL

      Eliminar
  2. Não duvide, amigo Álamo, não duvide que a sua opinião é a da maioria dos sportinguistas.
    Eles não conseguem perceber que foi esse saber estar, o seu conhecimento, a sua experiência e, muito, a sua condescendência, que deixaram o Sporting na situação que está.
    Pedir-lhes um pouco de humildade para reconhecerem que, não obstante alguns tropeções no percurso, já se avançou muito e bem -e bem!- muito provavelmente é pedir-lhes... a vida!
    Deixá-los falá-los, como dizia alguém.
    E ainda bem que evitou falar em ADC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como disse em resposta ao comentário anterior, estará a custar-lhes reconhecer que o seu tempo acabou. Já ninguém lhes liga, amigo Liondamaia. Falta-lhe lucidez para sairem de cena...

      Eliminar
  3. Apenas para concordar a 100% com as suas sábias palavras. Nem mais!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um facto que o sentimento é generalizado, caro A.Martins!

      Eliminar
  4. Estes e outros que eram chamados de notáveis já não contam nada no Sporting Clube de Portugal. Estou convencido que o Sporting jamais voltará a ter notáveis. O povo sportinguista abriu os olhos. As suas opiniões e os seus votos valem exactamente o mesmo que os meus e a de amigos meus que são sócios anónimos e de profissões populares canalizadores,carpinteiros e electricistas, etc! Notáveis já não existem, "foi chão que já deu uvas". P.S.- Quando digo já não contam, quero dizer que já não têm a influência que tinham as suas opiniões na massa adepta, contam na exacta medida dos seus votos tal como todos os outros associados. SL A. Oliveira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso caro A. Oliveira, os novos tempos destruiram a estratégia desses pseudo-notáveis. Hoje valem tanto como qualquer um de nós! Acabaram os "lobbies" e as redes sociais e a blogosfera introduziram a transparência que eles jamais julgaram possível. E se a Auditoria concluir, por um único crime que seja, será a sua definitiva sentença de morte! Creio que o tempo dessa gente acabou no Sporting! Infelizmente eles parece ainda não se ter apercebido disso e teimam em cada dia em entrar em cena! Até quando não sabemos! Talvez ao momento em que a ordem natural da vida o imponha!...

      SL

      Eliminar
  5. O maior problema foi e sera sempre qdo se considera pessoas que tem acesso a um microfone e possuem uma conta bancaria significativa de notaveis ou ilustres. Ha socios e adeptos. Esses senhores deviam fazer como os caes fazem qdo pressentem que a sua hora ja chegou. Deviam ir para o seu canto e "morrer".

    ResponderEliminar
  6. Eu "compreendo" este afã dos chamados "notáveis" (talvez o menos "enterrado" seja o Abrantes Mendes, mas como só agora "parece ter encontradoi coragem para falar" acaba também com ulpas np cartório...)...é que o eminente conhecimento do seu "mau trabalho" feito "em favor do Sporting", acabou definitivamente com o seu "descanso"...
    Estaremos certamente muito próximos, de saber o que (não) fizeram em defesa dos altos interesses do Sporting e isso, fê-los definitivamente deixar cair "a máscara de leão", que até aqui "orgulhosamente ostentavam..."

    Pois é..."foram postos fora de cena"...mas não fora de dúvida...!!

    Abr e SL

    ResponderEliminar
  7. Eu sou sócio há 30 anos, anónimo mas presente e também me sinto indignado pela forma como o MS está a ser tratado. Não é por isso que deixo de ser pelo menos tão sportinguista como o BC. Ao contrário do que diz no post as pessoas tem direito a emitir a sua opinião como BC emitiu várias vezes quando não pertencia aos orgãos sociais. Cabe na cabeça de alguám tratar os sócios como agentes do inimigo só porque não concordam com tudo o que diz ou faz? Quando o JE fez criticas indignas a MS não fui o BC que disse que não comentava declarações de sócios? Será que o Zé estava a falar por ele? BC tem até agora tido uma presidência com muitos méritos mas em termos de caracter, valores e principios deixa muito a desejar. Aquele que sempre ouvi do meu pai e ensino às minhas filgas, todos sócios é que no sporting ganha-se e vive-se com honra.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE