domingo, 14 de junho de 2015

O Benfica foi campeão com todo o mérito! Não havia necessidade!...


Nunca será fácil a um sportinguista assisitir à celebração de um título por parte do nosso arqui-rival Benfica e pior ainda quando é conseguido no quarto jogo de um "playoff" à melhor de cinco, contra nós e em nossa casa. Mas aconteceu hoje no Pavilhão de Odivelas, "casa emprestada" do Sporting, e em nome da verdade parece-me caber todo o mérito aos nossos rivais.  Foram sem dúvida a equipa mais regular e consistente ao longo de toda a fase regular e o mesmo aconteceu agora no "playoff".

Posto isto, para alguns será hora de retirar esqueletos do armário no intuito de tentar justificar o desaire e encontrar culpados. Não será de todo o meu caso. Por razões que Miguel Albuquerque e Nuno Dias saberão melhor do que ninguém, a equipa durante toda época não terá revelado o fulgor físico e mental que esteve na origem do bi-campeonato antes conquistado, a que se somaram tanto a inusitada onda de lesões que afastou João Benedito, Cristiano e Paulinho entre outros, quanto o menor acerto nas contratações que não colmataram a qualidade anterior, perdida pela realidade do mercado.

Ao que se sabe os dois homens fortes do nosso futsal, a quem presto a minha homenagem e reconhecimento e que continuam naturalmente a merecer toda a confiança, já terão identificado perfeitamente todos os problemas que nos impediram de conquistar o tri e agirão em conformidade no defeso que hoje se inicia, de modo a que na próxima época assistamos ao ressurgimento do poderoso futsal leonino que tanto nos orgulhou nas duas épocas que antecederam a que hoje terminou.

Mas haverá um grito de alerta que o Sporting deverá tomar na devida consideração: o que aconteceu hoje no Pavilhão de Odivelas no desempate com a marcação de grandes penalidades, foi mau de mais para poder ser julgado circunstancial! Todos os amantes da modalidade não desconhecem que será muito difícil assistir à marcação de um penalty no futsal, em que os guarda-redes não cometam a infracção maior prevista nas leis do jogo. Mandar repetir apenas dois dos penalties e logo contra o Sporting, num jogo decisivo desta natureza, por infracções cometidas por André Sousa, quando Juanjo cometeu a mesma infracção no penalty em que Fábio Lima lhe permitiu a defesa, leva-nos a pensar que os Capelas, os Motas, os Olegários e toda essa escumalha do futebol, estarão a entrar, paulatinamente e quase sem se dar por isso no futsal.

Benfica foi campeão com todo o mérito! 
Não havia necessidade!...

Leoninamente,
Até à próxima

13 comentários:

  1. Sejamos honestos.
    Não tenho pejo nenhum em dizer que o benfica foi superior ao sporting na fase regular e do playoff.
    Eu só sei é que este ano ganharam tudo excepto o andebol e nós passamos o tempo todo a lamentar-nos por isso temos que inverter esse ciculo,
    Saudações leoninas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu penso que terei sido honesto no texto que escrevi. Mas se o "anónimo das 20.45" assim não entende e apela a que eu seja honesto, pois... lamento, mas não poderei ser mais honesto que aquilo que o meu texto deixa transparecer...

      Eliminar
  2. acho que teve muito bem partilho completamene da sua opinião mas jjá agora acrescento que em caso de duvidas o sporting é sempre o mais prejudicado foi assim no andebol no jogo 5 do porto na taça de portugal em hoquei enfim..

    ResponderEliminar
  3. Engraçado quando se fala em honestidade e se da os parabéns ao adversário por ter ganho. Fica sempre bem, mas logo de seguida é desonesto porque fala que o adversário foi ajudado pelas arbitragens. Será alguma desordem bipolar.

    Ns.

    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A desonestidade e a "desordem tripolar" presumo que sejam do anónimo das "22:30". Porque ou não viu o jogo e está a falar "à benfica", ou não percebe népia de futsal, ou é cego e precisa de óculos...

      Eliminar
    2. Falamos do segundo jogo na luz?

      Eliminar
  4. O nosso problema no Futsal foi não ter substitutos a altura de Déo e Divanei (transferidos) e Paulinho lesionado. No Andebol, um gr. ao nível do FC Porto. Quanto ao facto de ganharem tudo, não avalio o basquetebol e o vólei, porque não têm adversários credíveis. Também seria curioso verificar os montantes envolvidos nas modalidades, para se poder avaliar cabalmente o respectivo desempenho.
    É evidente que o texto publicado por Álamo, é um texto que reconhece o mérito da vitória do nosso "arqui-rival" e por isso honesto, mais honesto do que eu próprio poderia ser e quanto a lamentações, não somos diferentes dos outros adeptos, "mas quem não se sente, não é filho de boa gente" e quando prejudicados e "roubados" não podemos silenciar, por que isso é pactuar com a falsidade e a mentira. E depois, ainda há muitas vitórias no nosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo, naturalmente, o comentário do caro A.Martins, na parte que não me envolve.

      Eliminar
  5. Os portugueses em geral e os sportinguistas em particular não podem pactuar com decisões e nomeações manhosas de determinadas federações, nem com arbitragens recorrentemente tendenciosas de certos juízes. O tempo em que jogávamos melhor, eramos roubados e nada fazíamos acabou. O tempo das vitórias morais acabou. Não devemos pedir que sejamos beneficiados, mas que exista justiça e coerência nas decisões. Todos aqueles que, por incompetência ou má-fé, nos prejudicam, devem ser responsabilizados a todos os níveis e em todas as instâncias. E se as diversas federações forem coniventes com estas práticas manhosas, devem os seus órgãos dirigentes ser processados e substituídos. A impunidade acabou! O Sporting voltou!

    ResponderEliminar
  6. 1) É tão verosímil o anónimo das 20:45 ser sportinguista, como um ciclo se escrever ciculo...!

    2) O tempo em que o Sporting tinha equipas tão superiores que nem se olhava para os erros dos apitadores acabou. Os apitadores podem ter influência em qualquer jogo ou não, dependendo de serem parciais ou imparciais.
    3) Concordo que o Benfica foi melhor equipa na fase regular. No Playoff tenho dúvidas. Não percebi a mudança de baliza na marcação dos penalties. E depois parece que o gr do Sporting era hiperativo e o do Benfica um manequim - nem uma pestana movia...portanto se os apitadores considerassem ambos os gr imoveis, não sei se não haveria 5º jogo e quem seria campeão. A verdade é essa. SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordarei sem grande esforço...

      Eliminar
    2. no futsal a equipa mais protegida é o sporting ...

      ontem o André defende à mão fora da área - VERMELHO DIRECTO - deve ter aprendido com o Benedito

      hoje o gajo da Cova da Moura (não sei o nome!) na falta que acaba no golo do empate era VERMELHO DIRECTO e 2 minutos a jogar com menos um mesmo que fosse concretizado

      ... e nem só contra o Benfica

      as atitudes e as queixas dos árbitros são o costume entre os diferentes

      Eliminar
  7. Ontem à noite, num programa da Sic Notícias, homens do futebol -Rui Santos, jornalista, Manuel Fernandes, o "Manel", Simões, do - carnide e Fonseca,dos fruteiros de Contumil- discutiam futsal, Concretamente, discutiam os lances polémicos do jogo da tarde e a Sic fez-nos o favor de apresentar 3 imagens do jogo: uma, em que o guarda-redes benfa está deitado no chão, já fora da área e com a mão esquerda a defender a bola. Dois árbitros não foram capazes de aplicar uma regra clara: expulsão do GR. Expulsão? Qual quê!...
    As 2 imagens restantes são da marcação dos penaltis. Curiosidade: são tão semelhantes que, pode-se dizer, o que mudava era a coe das camisolas. Fundamental: os GR parecem ocupar precisamente a mesma posição, tal como o árbitro que está sobre a linha final.
    Incontornável: foram dois erros grosseiros, claros, evidentes, com que o carnide foi presenteado, sendo que, no caso do Sporting, esses mesmos árbitros entenderam que a regra era para aplicar - o que fizeram e bem.
    O carnide foi campeão com mérito? Foi, quanto a mim, foi! Sporting e carnide defrontaram-se 7 vezes ao longo da época e, por isto ou por aquilo, só por duas vezes o Sporting ganhou. Mérito a quem o mereceu, portanto.
    Mas, no jogo de ontem, o "mérito" da vitória pertence, inteirinho, aos dois árbitros.
    É lamentável, mas é verdade.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE