domingo, 25 de outubro de 2015

Terão ficado apenas as penas da cabeça!...



Leão derruba águia em três tempos
"O dérbi termina com um expressivo 0-3, fruto de uma primeira parte em que o Sporting foi certeiro a atacar e o Benfica não conseguiu soltar-se. No segundo tempo, os leões controlaram, seguros, enquanto que as águias apenas prolongaram a ausência de ideias trazida do primeiro tempo. Equipas separadas agora por oito pontos."
(in jornal Record)

Leão demolidor triunfa na Luz

"Termina na Luz. Vitória clara do Sporting, por 3-0. Golos na primeira parte de Teo Gutierrez, Slimani e Bryan Ruiz. O Benfica está agora a oito pontos do Sporting."
(in jornal A Bola)

Leões vencem na Luz nove anos depois ao som de olés

"Jorge Jesus consegue a sua primeira vitória como visitante na Luz e o segundo triunfo sobre os encarnados esta época. O Sporting tem, provisoriamente, mais oito pontos que o Benfica."

A equipa na Luz foi o Sporting e foi histórica

"A imagem de Jorge Jesus a caminhar indiferente sobre bolas de papel vermelho amarrotado, uma chuva de cartolinas transformadas em projécteis dirigidos ao treinador que regressava à Luz, concentrado no campo e na equipa do Sporting que dava uma lição de eficácia e maturidade ao Benfica, pode bem servir de síntese ao dérbi. Ao Benfica-Sporting de 25 de outubro de 2015, 0-3, o dia em que o leão venceu na Luz pela primeira vez em nove anos e levou para casa a maior vitória de sempre no terreno do rival para o campeonato. Se alguém acusou todo o ambiente em torno do dérbi foi o Benfica. Como a frase de Rui Vitória na véspera, a dizer que tinha uma equipa e não sabia se do outro lado estavam mais que 11 jogadores, se virou contra ele. A equipa na Luz foi o Sporting.
(in site MaisFutebol)





Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. Obrigado SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!!

    Foi uma vitória sem espinhas! Limpinho, limpinho, limpinho!

    Foi do melhor que já vi naquele galinheiro. Foi memorável!

    Foi a votória da justiça, da verdade, dos contra factos não há argumentos... foi do melhor!

    Foi algo histórico! foi algo para relembrar por gerações vindouras, foi... foi o que foi! O Sporting Clube de Portugalm fez juz ao seu lema ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E ATINGIU A GLÓRIA!´

    Foi demais!

    AGORA INCHEM AÍ LÃPIÕES! INCHEM AÍ COM 3 BATATAS AO INTERVALO! INCHEM AÍ COM O JESUS NO SCP! INCHEM AÍ COM A MERDA DA ESTRUTURA QUE TÊM! INCHEM AÍ! MAS INCHEM DE TAL FORMA QUE DAQUI A 1 MÊS VÃO REBENTAR EM ALAVALADE COM A ELIMINJAÇÃO DA TAÇA DE PORTUGAL!!!

    Viva o Sporting Clube de Portugal!!!

    SL

    ResponderEliminar
  2. Parabéns ao Sporting, seu adeptos e sócios, incluindo o comentário de YaZalde.

    Já aqui tecei comentários tão duros que, obviamente, não passaram.

    Na vitória e na derrota, é preciso saber estar, por isso renovo os parabéns dados na primeira linha.

    ResponderEliminar
  3. Coloquemos HUMILDADE bem quentinha na banheira até um máximo de 3/4! Depois dispamos todas as nossas vestes, independentemente de cores, cortes e marcas e, lentamente, entremos nela e fiquemos apenas com o nariz de fora, durante o máximo de tempo de que formos capazes! Quanto mais tempo, mais efeito!......

    Para o próximo derbi, talvez já alguns não hão-de repetir as basófias ditas antes deste, outros não desencadearão tantos processos, nem axincalharão com tantas bonitas hospedeiras da Emirates Airlines, quem ainda não conseguiu patrocínio, nem falarão sobre se 11 jogadores serão uma equipa ou não, nem, nem, nem...

    Sim é preciso saber estar, tanto na derrota como na vitória!... O problema está sempre na primeira pedra!!!...

    Há muitos séculos que os aborígenes australianos aprenderam á sua própria custa e na sua própria carne, os efeitos terríveis do "boomeragng"!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Álamo, pegando na sua frase, recordo que outrora houve um Outro Jesus que disse:- "que atire a primeira pedra quem nunca pecou"...

      SD

      Eliminar
    2. Concordarei com o caro "chakra indigo", mas faço-lhe notar que utilizei a primeira pessoa do plural no repto que lancei.

      SD

      Eliminar
  4. Pois é camaradas mas soube-me a pouco. Desgostou-me aquela 2ª parte exclusivamente a controlar a posse de bola e o jogo, quando surgiam tantas oportunidades de transições tão prometedoras de sucesso. Tantas vezes se recuperaram bolas na nossa intermediária e se saiu facilmente em transição ofensiva em igualdade e por vezes superioridade numérica, e quando se esperava um passe de ruptura e mais uma grande oportunidade, quer no flanco direito, quer no esquerdo, fazia-se uma pausa e entrava-se em posse. Se fosse na Alemanha o sentido do golo não parava, com benefício para o espectáculo. O Sporting fica a dever a si próprio uns 5-0 perfeitamente naturais naquela 2ª parte de total domínio. Se não tivesse abdicado de tal. E ficou-nos a dever isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também bebo um copo desse "vinho delicioso", meu estimado amigo! Mas lembro "que depresa e bem há pouco quem". Foi o próprio JJ a dizer que na segunda volta a máquina estará porventura mais afinada...

      A mim soube-me a muito, meu querido amigo! Mas a muito mesmo!...

      Grande abraço

      Eliminar

PUBLICIDADE