segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Obrigado engenheiro, este post é em sua honra!...





Parecia uma brincadeira
Entrámos bem à maneira
E ganha o melhor, vão ver...
Começa então o azar,
O leão a rematar
E o 0-1 p'ra valer!

Olho p'ró homem do apito
Apetece dar um  grito
E logo entra o segundo...
Começo a definhar
Fico sem voz p'ra falar
Isto é o fim do mundo!

Sem tempo p'ra respirar
Até mudei de lugar
Sentei-me noutra cadeira
Mal me acabei de sentar
Começo então a rezar
Estava na "mala" a terceira.

E fui então passear
Vim p'rá rua apanhar ar
O ar puro é o melhor!
Só melhorei quando então
Vejo empate no dragão
Antes assim que pior.

Parabéns à leãozada
Pelo resultado que fica, 
Pois à cabeça da manada
Tem quem veio do Benfica!...
(J.M.Cachim, 26/10/2015)

Tenho o privilégio de ter como amigos muitos benfiquistas. Um deles gosta de brincar com as palavras e já por aqui deixei a expressão da sua arte nesse campo, sempre de braço dado com outra arte ainda maior, a nobreza de um profundo e pouco comum "fair play", no complexo e quase indecifrável universo desportivo que lhe ditou o coração. 

Hoje, mesmo em dia de curtir mágoas, o Zé Manel foi igual a si próprio e não ficou escondido em casa, resguardando-se da tempestade que ontem assolou a Luz: respondeu à chamada e lá estava, entre bicas, água das pedras e o sacramental "bolinho de bacalhau", a "parabenizar a leãozada"...

Provoquei-o: então engenheiro, estou à espera do papel com os versos sobre o jogo de ontem, para colocar lá no Leoninamente!...

Sorriu e disse-me, eh pá, espera aí meia dúzia de minutos! E assim foi. Retirou-se para uma mesa mais afastada e, rapidamente, deixou escorrer para um pedacito de papel mal amanhado, uns gatafunhos que mais tarde tive de levar à farmácia para me "traduzirem" e que é, simplesmente, o resultado de uma forma de estar que todos nós deveríamos copiar, para que o mundo que ajudamos a construir fosse melhor... 

Obrigado engenheiro, este post é em sua honra!...

Leoninamente,
Até à próxima

9 comentários:

  1. Caro Álamo, não há duvidas que esta vitória do Sporting não só foi justa e merecida, como é a prova provada dos méritos de Jesus, que conhece como as palmas da sua mão os jogadores do Benfica, os seus méritos e as suas lacunas.

    Continuo com a mesma ideia - mais facilmente derrotará JJ o Benfica do que o Braga, Porto ou outro clube de topo, não por falta de capacidade dele ou dos seus jogadores, mas pelos motivos que descrevi acima.Aliás, como confidenciei ao meu sogro antes do jogo começar, o Benfica, neste momento, se quiser ganhar ao Sporting terá de jogar no contra-ataque, porque é a única forma de fugir ao conhecimento que JJ tem do Benfica.Mas isto é a opinião de um simples adepto.

    Não tenho a mais pequena reserva em reconhecer a superioridade do Sporting neste jogo, e acho que como clube grande que é faz muita falta a um futebol mais nivelado por cima, pois que o registo do qual falou JJ nos confrontos com o Benfica são atípicos entre dois clubes grandes.Pena que no nosso futebol se andem a discutir assuntos de lana caprina, se debata até á náusea fait-divers, se dê protagonismo a dirigentes, comentadores, jornalistas, árbitros, e os jogadores e treinadores quase se tornam um acessório instrumentalizado para incendiar o ambiente do futebol.

    Parabéns ao Sporting, especialmente a um grande jogador, Slimani, e a um grande treinador, Jesus.

    SD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo os argumentos do caro "chakra indigo". Se pudéssemos inverter os papeis, talvez me valesse da mesma argumentação. Mas acho-a demasiado redutora e em contradição com o ocorrido no Porto 0-2 Benfica da época passada. Já em relação aos clubes que, como o Braga, utilizam a frota inteira da carris quando jogam com os grandes, aí concederei dificuldades para JJ, Lopetegui e Rui Vitória não será nem mais nem menos do que os outros...

      SD

      Eliminar
    2. Oh, tão querido, tão desportista.

      Pois é assuntos de lana caprina, como vouchers, como desinformção e mentiras ( e braqueamento e manipulação da comunicação social, como ter perfeitos anormais assalariados dum clube com carta aberta para "alarvar" num programa de referencia de paineleirice.
      Lana caprina em que tochas e veryligths e claques não legalizadas é tudo normal, visto que há anormais em todos os clubes...
      Enfim, como se diz em inglês, mergulhadores gordos*.

      Oh, tão querido, agora que face aos resultados, afinal se começa a mostrar que este benfica é um tigre de papel e afinal o SCP não é nada inferior, antes pelo contrário.

      Irá agora o chakra (pouco) indigo "zenar" sobre até que ponto o benfica nestes anois não tem sido assim tão superior e quanto as caixinhas terão ajudado?
      ahhh para quê? é apenas futebol, onde todos amam o jogo, todos têm abusos (uns incendeiam cadeiras, outros lançam verylights, outros provocam desacatos outros roubam o balneario dum clube... enfim, é tudo o mesmo não é?!?!).


      Bom, vale ao benfica e ao porto que o SCP ainda não teve nenhum teste a sério.
      Bom, vale ao benfica que descobriu que até é ecletico e o hoquei é o que está a dar!!!

      * fatdivers (factus diversus, em frances)

      Eliminar
    3. Ainda estou à espera da Sustentação moral e das mil assinaturas...
      Parece que vou ter que me contentar em manter aceso o rastilho do ódio pelos diferentes, os elevados, os da supremacia legal....

      o que me vale é ser um pobre de espírito ou mesmo estúpido

      Eliminar
    4. De tanta vacuidade só subscrevo o ultimo paragrafo.

      No entanto, quando a lucidez o fizer descer a um estado menos eufórico deixo-lhe um assunto para pensar - terão sido os méritos de Jesus a dar os títulos ao Benfica, ou afinal foram os árbitros? Ou então Jesus só tem mérito no Sporting? Fico na duvida, mas dada a sua elevada capacidade argumentativa de certeza que tem uma justificação.

      Eliminar
    5. Estou eufórico há 3 anos.
      Não é dos 3 : 0.

      O clube que fica em carnide tem sido, na minha estúpida opinião, claramente, inflacionado (em termos d mais valia do plantel) pela CS, pela estrutura, pelos benfiquistas e pelos lampiões.
      Não tem sido muito superior ao dos 3ros e 4tos lugares que tinham pré jesus (irra, até com Paulo Bento ficamos 4 anos à vossa frente) .
      Ora, Jesus permitiu-vos jogar para o segundo e primeiro lugar, os Vouchers garantiram o primeiro.
      Pronto esta aqui, fruto da minha imaginação e euforia.

      (*admito que nos 2 primeiros anos da "era jesus" tiveram um onze bastante bom mas sem banco)

      Eliminar
    6. É uma opinião tão válida como a minha. Para mim, nos primeiros cinco anos de Jesus, só no segundo ano tínhamos um plantel nitidamente inferior ao do FCPorto e isso mais um ano pós euforia (o chamado rolo compressor) levou o Benfica a ficar a mais de vinte pontos e a perder com o Braga a meia final da Liga Europa.

      No terceiro ano, o efeito Proença fez-nos perder o campeonato, e no quarto para mim foi da quase exclusiva responsabilidade de Jesus, que acabou o jogo no Dragão a pressionar aos 90 minutos junto á área do FCPorto, e num lançamento lateral a nosso favor!!! permitiu uma rápida transição que deu o célebre golo de Kelvin - ainda hoje o JJ deve ter insónias a pensar como perdeu esse titulo, e que teve como consequência imediata a perda consecutiva de uma final europeia e da taça de portugal.

      Estes primeiros 4 anos levaram a um crescimento exponencial do treinador Jesus, que já era um dos melhores treinadores portugueses, para um patamar de excelência, ganhando mais um campeonato com uma perna ás costas, e perdendo mais uma final europeia com uma arbitragem miserável de Felix Britch, quem sabe se para agradar a Angel Villar, essa eminencia parda da arbitragem da UEFA.

      O ultimo ano de JJ no Benfica é o mais perfeito exemplo de como um grande treinador, com um plantel desfeito e com lesões de longa duração, pode ganhar um campeonato face a um dos melhores planteis de sempre do FCPorto ( o melhor segundo Pinto da Costa) e a um Sporting competente de Marco Silva que consentiu apenas 2 derrotas no campeonato e que perdeu-o pelos sucessivos empates.

      Isto é a minha leitura, cuja resposta lhe é dada visto ter enveredado por uma argumentação ao invés de uma agressão.

      No entanto, as pessoas por vezes, quando em euforia, esquecem que as vitória são efémeras, e na glória aos vencedores,honra aos vencidos.
      Ao ouvir os olés de que fomos alvo no domingo passado, recordei-me dos mesmos olés da época passada em Alvalade, que duraram 5 penosos minutos ao som do speaker que recordava Sporting 1 , visitante! 0, e que cessou bruscamente com um pontapé de raiva e revolta de Jardel. Humilhar os vencidos e achincalha-los repetidamente não será bom augúrio.

      PS_ Já deixei a minha opinião acerca dos vouchers, e estou profundamente convicto que nada a não ser uma argumentação demagógica e populista pode justificar vitórias seja de quem for com favorecimentos por via de almoços ou jantares por mais opiparos que sejam, ou visitas a museus por mais recheados que estejam. Aguardemos que a Justiça se pronuncie na única sentença que é plausível, a não ser que o Benfica tenha feito distribuir uns vouchers pelos famintos juízes.

      SD

      Eliminar
  2. Boa noite.
    Muito bonito. O quê? Tudo... a sua atitude, a atitude do seu amigo, as suas e as palavras dele.
    Parabéns pelo belo momento!
    SL
    Basco "O Leão"

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE