quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Daniel, vamos esperar sentados!...


À espera


«Marco Ferreira não fez acusações vagas, descabeladas, descontextualizadas, inverosímeis. Fez uma descrição pormenorizada de conversas com Vítor Pereira, referente a arbitragens específicas, tendo a cautela de responder várias vezes que não podia ter a certeza de algumas coisas que lhe eram perguntadas. As conversas por si descritas não correspondem à compra de árbitros. Correspondem a formas de pressão que, com o sistema português de escolha de árbitros e o poder dado a um só homem, serão, a existirem, de uma grande eficácia. Note-se que em nenhum momento Marco Ferreira acusa o Benfica de pedir a Vítor Pereira para pressionar os árbitros. Diz que Vítor Pereira o fará porque sabe que é o Benfica que o mantém no lugar. E que os telefonemas, ilegítimos a qualquer título, que fará aos árbitros, só acontecerão em jogos com o Benfica.

Lamento que esta entrevista, que vale a pena ler na íntegra, tenha sido dada a um jornal espanhol e não um português. E que tenha sido publicada nas vésperas do dérbi. Mas o assunto não perde interesse por isso. Interessam-me muito pouco as razões pelas quais Marco Ferreira decidiu fazer estas denúncias. Também não tenho um detector de mentiras e não sei se são verdadeiras. Têm verosimilhança suficiente para serem lidas com atenção. São claras, graves e suficientemente explicadas para exigirem uma acção pronta da justiça desportiva e comum. Vítor Pereira já reagiu e vai avançar com um processo-crime contra o árbitro. É natural. Falta saber quando avança um processo de averiguações à conduta de Vítor Pereira. Que terá evidentemente de acontecer.»
(Daniel Oliveira, Verde na bola, in Record)

Oh Daniel Oliveira, a coisa terá de demorar! Inevitávelmente! Pelo menos enquanto durarem as dores que muita gente terá nas virilhas, por mor de qualquer coisa que por lá ficou entalada!...

Teremos de ser calmos, pragmáticos e compreensivos, Daniel! São demasiados e complicados processos para a irreverente Cláudia Santos, que ainda nem sabe se a CII existe ainda, ou já terá sido sepultada. São demasiados e complicados processos para o Ti Herculano, face à sua provecta idade e cujo martelo parece estar desencavado. E isto para não falar no volume do ciclópico trabalho do Ti Manel da Serra, coitado! 

E não te esqueças, Daniel, estamos sem Governo e o poder do Secretário de Estado, que sempre foi ZERO, não era agora que iria mudar! E lembro-te também, que nestas ocasiões de vazio de poder, o Ministério Público costuma desligar o motor, que os combustíveis estão caros e ainda não há orçamento para 2016!...

De modo que, aconselho-te Daniel, faz como eu...

Vamos esperar sentados!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Lamenta-se o DO pelo facto de a entrevista ter sido feita num jornal espanhol e não português...

    Mas onde é que se iria encontrar um jornal português...disponível para essa entrevista..?

    Eles estão todos "atolados" na trampa vermelha (e estou apenas a falar de futebol, é claro...!)

    SL

    ResponderEliminar
  2. Bem sentadinhos.

    http://atascadocherba.com/2015/10/29/este-post-ofende-a-memoria-do-eusebio/#comment-481361

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE