segunda-feira, 13 de abril de 2015

Será tempo de Marco Silva compreender que terá que comprar o "anel de noivado"!...



"O Sporting, ao segurar o terceiro lugar no campeonato – que lhe abre as portas ao abono de família e ao encanto desportivo que é a Liga dos Campeões – e conquistar a Taça de Portugal, ganha a época. É certo que, no início da Liga, declarou ser candidato a campeão e muitas críticas se ouviram sobre essa ambição, críticas sem sentido, porque um clube com a grandeza do leão só pode posicionar-se e assumir, em cada temporada, a luta pelo título.

No entanto, as muitas feridas do passado, ainda em fase de cicatrização, e as dores de crescimento, que provocaram fortíssimas tensões internas, não permitiram o rendimento pleno de uma equipa de cuja qualidade já ninguém duvida. Nestas circunstâncias, vencer no Jamor e aguentar a 3.ª posição no campeonato são razões para deixar satisfeitos os adeptos leoninos. 

Para isso, é imperativo que o Sporting vá curando as velhas maleitas que têm assombrado a equipa nos momentos decisivos. São tremendos achaques de cariz psicológico que desesperam até o mais resignado adepto. E são dois os casos mais desanimadores, muito frequentes no passado e ainda com repetições no presente; quando a equipa consegue concretizar o primeiro golo, tende a recuar sem ir em busca do segundo tento. A bancada é atravessada pelo "não tarda sofremos o golo do empate". E vem o empate muitas vezes. 

A pior maleita não assombra, ataca mesmo; nos momentos decisivos a equipa falha, tem falhado muito nessas situações determinantes. A tremedeira, sente-se, ainda por lá anda e faz muitos estragos. Neste campeonato, a tremedeira levou à perda de pontos que empurraram o leão para fora da luta dos dois primeiros lugares. Um campeão não falha nos momentos decisivos, porque quem não tem estofo, morre.

Ontem em Setúbal, o golo do Vitória no início da segunda parte, relançou o jogo e deixou os leões sobre brasas e à beira de um ataque de nervos. A maldita tremedeira."
(Alberto do Rosário, Bilhar Grande in Record)


"A bancada é atravessada pelo 'não tarda sofremos o golo do empate". E o empate vem muitas vezes"!...

"Um campeão não falha nos momentos decisivos, porque quem não tem estofo, morre"!...

Este é na verdade o Sporting de toda uma época! Compreendeu-se no arranque e tolerou-se até meio da temporada. Agora, não se compreende mais e começa a ser intolerável!...

Será tempo de Marco Silva compreender que terá que comprar o "anel de noivado"!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE