quinta-feira, 30 de abril de 2015

Nunca se sabe...


"Quando um presidente tem tempo para estar em tantos eventos e não tem tempo para o essencial, que é preparação da próxima época ou é intelectualmente pouco sério ou a continuidade de Marco Silva não será uma realidade."

"No final da época é que se tomam as decisões e é isso que a administração do Sporting vai fazer."

"Temos tempo ainda para preparar a próxima temporada. Falta ainda muito tempo. Neste momento a nossa preocupação é irmos vendo como vai decorrer este final de época, temos jogos, temos objectivos, por isso vamos com tempo. Sempre preparámos as épocas e não é agora que íamos deixar de o fazer. O que me deixaria feliz? No mínimo o acesso à Liga dos Campeões e a Taça de Portugal. Estamos a um ponto de um e a um jogo do outro."

Confesso que já estive mais optimista sobre a continuidade de Marco Silva no Sporting! Hoje, peguei no cacharolete de afirmações que acima reproduzo e atirei-o para dentro da taça da batedeira "kenwood" da minha excelentísima esposa, em raro momento de distracção dela. Liguei, seleccionei a velocidade máxima e esperei três minutos: pronto, agora é só levar ao forno!...

Claro que será preciso entretanto barrar a forma com manteiga e colocar a sacramental folha de alumínio para não queimar o "bolo"! Ah, claro, também haverá que cuidar de colocar de lado a cereja para depois colocar no topo. E nisso Marco Silva tem sido cuidadoso. Mas...

Tens a sorte traçada Marco Silva: ou consegues um ponto nos quatro jogos até ao fim da Liga e depois "limpas" a Taça no Jamor, ou verás as portas Alvalade fecharem-se nas tuas costas...

Claro que depois de conhecer o resultado que a "batedeira" se encarregou de apresentar, me animou a convicção de que Marco Silva será homem para conseguir somar 78 pontos na Liga e equilibrar-se sem beijar a relva do Jamor, quando a sua gente o atirar ao ar uma boa dúzia de vezes. Mas nunca se sabe...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Off Topic: http://www.cortinaverde.pt/?p=2842

    Tese de Mestrado Jornalismo Desportivo conclui: “Só 7,1% dos Jornalistas são Sportinguistas”

    Daqueles que responderam à questão de preferência clubistica, 57,1% são do FC Porto, 35,1% do Benfica e 7,1% do Sporting.
    Tendo em conta os clubes, analisou-se detalhadamente os diferentes órgãos de comunicação, tendo-se verificado no cruzamento das respostas a identificação de 75% dos jornalistas d´A Bola com o Benfica, bem como a de 80% dos jornalistas do diário O Jogo com o FC Porto, sendo que nestes é de destacar que todos os jornalistas deste especializado revelaram a sua preferência clubista, contrariamente ao apurado nos restantes media. Ainda assim, estes dois resultados corroboram a ideia generalizada de que os jornalistas d´O Jogo são do FC Porto, enquanto os d’A Bola se identificam com o Benfica. Quanto ao Record, este apresenta maiores diferenças clubísticas, já que 60% dos seus jornalistas optam pelo FC Porto e 40% pelo Benfica, contrariando a teoria popular de identificar este jornal ao Sporting ou até mesmo à região de Lisboa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elucidativo!!!

      Infelizmente, este estudo, revela á saciedade a triste mentalidade de "um povo que não se governa nem se deixa governar"... Optando pela lógica do compadrio, da mesquinhez e da mais pura das corrupções, isto é, a corrupção de carácter.

      É o que temos... Triste país este portugalzinho dos pequeninos... Onde o mérito é "chutado para canto" pela soberba, pela inveja e mesquinhez de poucos sobre tantos...

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE