segunda-feira, 6 de abril de 2015

Nenhum "treinador porreirinho" alguma vez conseguiu estar e vencer no Jamor!...


Já lá vão quase quatro longos meses, desde que por aqui publiquei isto, lembram-se? E parece que foi ontem! Aliás, ironicamente, voltou ontem a repetir-se a cena: mais uma vez "tivemos jogadores abaixo do rendimento habitual" e o que fez Marco Silva?!...

Pois, como o próprio costuma apregoar, "não mandou recados para os jogadores", porque Cosme Machado não o permitiria, "o que lhes tinha a dizer, como não o pôde dizer na cara" e como não choveu ontem na Capital do Móvel, também não pôde "sacudir a água do capote", acabou por deixar correr o marfim e, contrariamente à mensagem que se tem esforçado por passar, "não  assumiu a sua  responsabilidade"! Resultado: o Sporting empatou e desbaratou os dois pontos da praxe com mais um obsceno resultado de 1-1. Terá conseguido no entanto o seu desiderato maior: continuou a ser um tipo porreirinho! A perda da ilusão definitiva pelo 2ª lugar, será coisa de somenos, pensará para com os seus desgastados e surdos botões...

Ao relembrar as declarações de Marco Silva no final  do Sporting 1-1 Moreirense, e ao compará-las com as que proferiu no final do jogo de ontem, concluo que estes quatro meses de aprendizagem de nada lhe serviram. Continua o mesmo tipo porreiro! Mas transparece a ideia de que algo terá mudado: antes os jogadores talvez ainda o ouvissem, o que de todo não acontecerá agora! Como universalmente acontece nos mais variados campos onde a responsabilidade dita leis, os jogadores de futebol estão-se marimbando para "lideres porreiros" e apenas se revelarão capazes de entender a linguagem da justiça: se "o seu rendimento estiver abaixo do habitual", poderão exibir um desagrado inicial se o treinador os fizer sentar no banco, mas depois de beberem a habitual garrafa de água, ficam mais calmos, serenos e compreensivos. E o treinador, sem necessidade nenhuma de ser um "gajo porreiro", bem pelo contrário, terá passado a sua mensagem!

Escrevia eu há quatro meses, que "se Marco Silva quizesse ser campeão, nada de porreirismos"! A possibilidade de ser campeão... já era! Mas volto de novo à carga, desta vez com a Taça de Portugal: 

Nenhum "treinador porreirinho" alguma vez conseguiu estar e vencer no Jamor!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE