segunda-feira, 27 de abril de 2015

P'ra melhor está bem, está bem, p'ra pior está bem assim!...


Marco Silva terá surpreendido hoje muita gente, com o sistema táctico que apresentou em  Moreira de Cónegos, um híbrido que caberá aos experts definir com mais propriedade - 4x2x3x1 ou 4x1x3x2? -, mas que teve como consequência a colocação de Montero e Tanaka na grande área adversária e o resultado foi a eficácia ter subido para um patamar a que já estávamos desabituados.

Claro que tanto pela exigência do novo processo, quanto pela forma de jogar do adversário e até pelo adiantado da época, cedo se evidenciou o esgotamento físico de algumas unidades leoninas, facto que terá obrigado Marco Silva ao necessário refrescamento, logo que sentiu a equipa desequilibrada em termos de meio campo, até aí submetido e intenso labor. E a equipa melhorou e sacudiu o ascendente que o seu opositor vinha evidenciando desde o início da segunda parte, o que se traduziu na dilatação da goleada.

Vitória natural e inteiramente justa, num campo tradicionalmente difícil, mas que traduz a abissal diferença de categoria entre os dois conjuntos e que demonstra à saciedade o "autêntico e inadmissível desastre" que foi o jogo de Alvalade na primeira volta.

Toda a equipa conseguiu uma prestação positiva, com destaque para Montero - dois golos e duas assistências! -, se exceptuarmos o comportamento sofrível de Nani e dos laterais e o estouro físico de André Martins, que já não constituirá surpresa. Uma pena, porque se o rendimento exibido na primeira parte não tivesse sofrido tão notória quebra na segunda, certamente que o seu treinador não se veria obrigado a substituí-lo. Um caso delicado de estudo e que bem poderá destruir-lhe a carreira no Sporting.

No próximo sábado teremos mais um jogo em Alvalade, com grau de dificuldade parecido. Será interessante de constatar, se o ensaio de eficácia hoje testado no Norte será sustentado, ou se assistiremos a novo relaxamento.

P'ra melhor está bem, está bem, p'ra pior está bem assim!...

Leoninamente,
Até á próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE