quinta-feira, 11 de setembro de 2014

E depois do adeus?! O Professor! Sim, esse mesmo, o velhote !!!...




O meu cepticismo, no que concerne  ao trabalho que a FPF diz estar a desenvolver, no sentido de que seja encontrada "uma solução estruturada para dirigir as nossas Selecções", é maior que a desilusão Paulo Bento, sobre quem recuso tecer quaisquer outras considerações, para além das que já por aqui fui deixando desde há longos meses!

Claramente e sem subterfúgios, não reconheço a Fernando Gomes, Humberto Coelho, João Vieira Pinto e a toda a restante "tralha" que vai polindo as esquinas federativas e depauperando o já depauperado erário público, o mínimo de competência para alguma vez perceberem aquilo que o "filho da mulher da limpeza", provavelmente com 14 anos e o 9º ano de escolaridade incompleto, hoje à tarde, em nome de todos eles, redigiu e fez publicar!

A "tralha federativa" debater-se-à neste momento, com a ciclópica tarefa de conciliar o inconciliável, entre as teses de Jorge Mendes, Joaquim Oliveira, Empório NIKE e o "lobby" CR7!  E de entre o cinzento Fernando Santos, o conhecedor mas sem carisma  Vitor Pereira, o voluntarioso teórico Carlos Carvalhal, o excomungado Manuel José, ou a surrealista degola do inocente, embora promisssor, Rui Jorge, eu suspeito que, da mais que provável e quase incontornável batalha que se adivinha entre a incompetência que já não oferece dúvidas a ninguèm e os jogos de influência que todos reconhecem mas vão atirando para debaixo do tapete, venha a resultar a exclusão de todos estes.

Neste momento dramático para todo o projecto futuro do futebol português, a nível de selecções, correndo o risco de falhar o Euro 2016, mas apostando clara e convictamente no amanhã, se eu tivesse voto na matéria, escolheria... o Professor! Sim, esse mesmo, o velhote! E dar-lhe-ia todo o tempo do mundo! E todas as condições de trabalho que pedisse! E aceitaria todos os seus planos para o futuro! E encomendaria a minha alma aos deuses e pedir-lhes-ia que o ajudassem a ele, a mim e a todos os que gostam do pontapé na bola!!!...

Porque eu acredito que o velhote, de mãos livres perante a "tralha federativa", com a "carta de alforria" de todos os interesses instalados, com os meninos que deixou em Alvalade e que conhece bem e com todos os outros meninos que andarão por aí perdidos e que ele, em menos tempo do que demora a queimar um fósforo, encontrará, será capaz de construir o futuro do futebol português!...

Porque sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida, entre as mãos de uma criança... ou de um velhote sábio !!!... 

Leoninamente,
Até á próxima 

6 comentários:

  1. a sério?
    esse senhor não me convenceu muito quando saiu do sporting e disse o que disse!
    joão silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro João Silva, no meu modesto entendimento, acho que deveremos pensar um pouco para além do nosso umbigo! O que recorda é passado e pouco ou nada relevante para o momento actual! É o que penso...

      SL

      Eliminar
  2. Por acaso a possivel escolha do "professor" também não me deixa muito entusiasmado...
    Verdade seja também...que nenhum dos outros nomes apontados, me leva a "deitar foguetes"...

    Para mim, deveria ser um estrangeiro competente, que os há, só que...:

    1º - talvez não seja (por falta de tempo) o mais indicado, uma vez que a selecção "já está em andamento"...
    2º - um seleccionador estrangeiro, é capaz de ser mais "pr'ó carote" e a Federação tem demasiados "pensionistas" ...
    3º - e relacionada com a 1ª ...um seleccionador estrangeiro não conhecerá bem os futebolistas onde possa assentar a sua escolha...e pode "não ir" na conversa do J.Mendes...

    Olhem...escolham quem, quiserem, afinal a Selecção deixou há muito de ser "a nossa selecção" para ser apenas a selecção do Mendes, do Gomes e Compª

    SL

    ResponderEliminar
  3. Amigo Álamo, à primeira vista a escolha do "professor" nem é boa, nem é má, é apenas mais uma opção, no diminuto mercado português, qt aos outros todos que a imprensa apontou, tb não os acho nada de excepcional, mas deixe-me dar o meu palpitezinho, "Rui Jorge", embora tb não o ache uma escolha de encher o "o olho", acho-o, o mais capaz de levar uma renovação a bom porto, e digo isto baseando-me no facto de ele como seleccionador dos sub-21 ter um mais profundo conhecimento das camadas jovens, e na medida, em que nós estamos a precisar de uma selecção renovada, pois a maioria dos jogadores que por lá andam "estão velhotes" pensei nessa hipótese, mas como diz o amigo Max "que escolham quem quiserem, pois afinal a selecção há mto que deixou de ser nossa"....
    PS: Espero que ninguém fique ofendido, mas isto é apenas a minha opinião.

    SL

    ResponderEliminar
  4. Estou de acordo contigo meu amigo Álamo. A selecção portuguesa é neste momento uma equipa mediana ao nível de selecções europeias de nível médio, com a agravante de não termos tido nos últimos anos um trabalho sério e "estruturado de planificação e organização que nos salvaguardasse do vazio actual. No último mundial a nossa foi uma das selecções que apresentou o pior futebol, do menos competitivo, e em muito má forma física e mental. Este início de europeu corrobora tudo isso. Eu vaticinara o resultado de 1-1 na estreia, como vem sendo hábito, mas foi bem pior que isso...tendo em conta que os albaneses me pareceram mais organizados e concentrados e não muito menos talentosos (hoje quase todas as selecções nacionais tem jogadores nas melhores equipas europeias...) Como tu, acho que há que aceitar a situação actual e partir daqui sem altas expectativas, procurando antes do mais reestruturar a situação selecções nacionais e planear um futuro mais animador. A chamada do prof. Jesualdo no final da sua carreira criando alicerces para outro futuro e um modelo de jogo para a selecção actual mais adequado as jogadores disponíveis e à recuperação de alguns valores que se foram afastando ou foram afastados (Tiago, Dani,...etc), seria a solução que eu adoptaria. Mas quem sou eu?....e no futebol português desde sempre decidirão os que nadam sabem de futebol e que lá estão para servir os lobies e os grupos de interesses que os apoiaram...como aliás, em todos as outras áreas da nossa vida colectiva...vão-se f.....

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE