quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A lição dos benfas e a defenestração de Miguel de Vaconcelos !...

Restauração de 1640 - Quadro de M. Gustavo

A excepção que hoje aqui quero deixar registada, decorre do facto de que, invariavelmente, a reacção que em mim determinam quaisquer das manifestações dos adeptos benfas, é de repúdio, protesto veemente, lástima, piedade ou, de profunda comiseração!...

Ontem, as imagens a que assisti através de BTV, perdão, o benfas ainda não chegou ao ponto de dominar os bastidores da UEFA como domina o "sistema" do futebol tuga e foi através da TVI que tive acesso ao jogo disputado no galinheiro, trouxeram-me a imagem grandiosa de um formidável apoio por parte dos adeptos vermelhuscos.

Que ninguém pense, manda a justiça sublinhá-lo, que as mais de cinco dezenas de milhar de adeptos benfas, que se acantonaram nos socalcos do galinheiro, serão todos APOIANTES ACÉRRIMOS E DECLARADOS do "orelhas"! Uma boa parte, pouco significativa é certo, mas de certa forma considerável, não se revê na demagógica estratégia do "negociante", de pneus, de pó de talco, de tijolos e outros materiais de construção de que a lã de ardósia será exemplo surreal, de operações financeiras e "fundistas" bem camufladas por debaixo do pano, de controle da carneirada que vegeta na grande maioria dos OCS e, bem assim, em quase todas as estruturas federativas, judiciais, governamentais, autárquicas e tantas outras que nem valerá a pena destacar, enquanto o guarda chuva vermelhusco o proteger, como protegeu o hoje "sacristão das missas dominicais" e administrador das hóstias e do vinho, da Penitenciária da Carregueira.

Mas quando chegou a hora de apoiar, incentivar, empurrar para uma missão impossível, as camisolas vermelhuscas, contra as baterias adversárias comandadas por André Villas-Boas, ouviu-se um clamor uníssono, firme, constante e quase arrepiante, que extravasou os limites do galinheiro! Foi bonito de ver, com admiração e aplauso o confesso.

Um exemplo, para todos os Migueis de Vasconcelos que em Alvalade, ainda se vão sentindo confortáveis e muito longe da defenestração a que o traidor foi sujeito!...

Leoninamente,
Até á próxima 

9 comentários:

  1. O Leoninamente teve nos últimos tempos alguns desvios que me desgostaram, mas este é o Álamo que eu aprendi a admirar e fez com que eu seguisse a página quotidianamente.
    O reconhecimento de que, por muito bem que se faça nas nossas hostes não significa que não haja coisas menos recomendáveis e que nas hostes do inimigo, no meio de muita m&%/& também há coisas bem feitas, não é sinal de fraqueza mas sim de inteligência.
    Entre os inimigos de uma vida (ex Wellington vs Napoleão ou Churchill vs Ataturk) o sentimento dominante é a admiração e não o ódio como as mentes menos preparadas podiam suspeitar. SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, caríssimo Asdrubal Silva, pelo seu comentário e lamento naturalmente o duplo sentimento que "nos últimos tempos" lhe tenho vindo a provocar com aquilo que define como "alguns desvios que o desgostaram".

      Não é meu hábito seleccionar e privilegiar os meus leitores. Mas a minha natureza humana impele-me e aproxima-me de quem por aqui acaba por expressar a profundidade que jamais existirá nas disputas clubísticas ou nas que decorrem dos erros naturais ou supostamente intencionais dos juízes, seja nos relvados ou nos gabinetes.

      O impulso que hoje me leva a responder ao seu comentário, resulta do facto da minha frontalidade não coabitar pacificamente com a avaliação que faz desses meus supostos desvios. E como o povo a que pertencemos, sabiamente nos ensinou, "quem não se sente não é filho de boa gente"!

      Sem necessidade de concretizar o móbil do nosso eventual antagonismo, apenas pretendo trazer-lhe uma pequeníssima contribuição, para que não me julgue com a severidade que determinou o seu desgosto. E ela resume-se, tão só, a alguns pilares em que sempre tenho procurado assentar a conduta nesta jornada que me coube, que certamente permitirá que lhe dê a conhecer:

      1 - A LIBERDADE DE EXPRESSÃO NÃO AUTORIZA A MENTIRA, A DISTORÇÃO OU A INJÚRIA, NEM PERMITE A ILACÇÃO NO LUGAR DO APURAMENTO DA VERDADE, O OUVIR DIZER AO INVÉS DO TESTEMUNHO CONFIRMADO, A OMISSÃO OU DETURPAÇÃO DE FACTOS E NOTÍCIAS E JAMAIS PODERÁ SER O REFÚGIO DA LEVIANDADE OU A GAZUA PARA O OBJECTIVO DA NOTÍCIA EM PREJUÍZO DESSA MESMA VERDADE.
      2 - O HOMEM É LIVRE NA MENTE, MAS NUNCA NOS SEUS ACTOS.
      3 - O PENSAMENTO EM SI É LIVRE, DESDE QUE NÃO FIRA A CULTURA DA SOCIEDADE.
      4 - TODOS OS SERES HUMANOS NASCEM LIVRES E IGUAIS EM DIGNIDADE E DIREITOS E, DOTADOS QUE SÃO DE RAZÃO E CONSCIÊNCIA, DEVEM COMPORTAR-SE FRATERNALMENTE UNS COM OS OUTROS ( Art. 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos)

      Finalmente, afirmar-lhe com a frontalidade que há-de morrer comigo: recebi e aceitei a sua crítica por ter APELIDADO alguém de "benfa pintado de vermelho", da mesma forma com que hoje aceito o seu aplauso por ter CHAMADO, implicitamente, à mesma pessoa e a outras da mesma índole, de "migueis de vasconcelos", mas deixo-lhe a certeza de que, com a liberdade de pensamento a que julgo ter direito, e chamando, se me permite, "os bois pelos nomes", independentemente dos rótulos que cada um lhes queira colocar, eles nunca deixarão de ser para mim, TRAIDORES DA CAUSA LEONINA, e sempre merecerão da minha parte, REPÚDIO E COMBATE!...

      Com estima, respeito e fortes SL

      Eliminar
  2. Amigo Álamo, realmente foi bonito de ouvir e digo-o com toda a sinceridade. Mas...
    Fiquei e estou confuso. Não prestei grande atenção ao jogo, valha a verdade, mas por entre umas garfadas de bacalhau com natas, especialidade cá da casa, fui vendo. E ouvindo. O que quero dizer é que posso ter ouvido mal ou interpretado mal o coro de assobios que começou aí pelos 75 mnt. Tal como posso ter ouvido mal ou interpretado mal aquelas palmas pausadas, ritmadas, conhecidas como "palmas de tango", cujo equivalente, no teatro, é a...pateada.
    Mas se ouvi e interpretei correctamente...mas tudo está bem, quando acaba bem e foi um final bonito e justo para os jogadores, que se bateram como... leões! Não deu para mais, os "outros" foram melhores.
    Honra aos vencidos, glória aos vencedores.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Liondamaia, também concordarei que os benfas, com 10 e a perder por 2-0, se terão batido como... LEÕES! Daí o meu aplauso!...

      SL

      Eliminar
  3. Não concordo com o seu post.
    Na minha opinião o facto de ter havido tanto alarido ontem com a manifestação de apoio por parte dos adeptos do benfica, foi precisamente por não estarem habituados a serem apoiados quando as coisas correm menos bem.
    Já no Sporting o que vejo é que quer estejamos em 1.º, 2.º ou 7.º há sempre apoio vindo das bancadas...assim os jogadores demonstrem esforço e dedicação. Relembro que na fatídica época de 2012/2013, nem mais nem menos que a pior época da história do clube, o estádio apresentava sempre uma boa assistência, com apoio...eu da minha parte fiz-me sócia precisamente nessa época.
    Não há adeptos em Portugal, como os adeptos do Sporting Clube de Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PS: E estou em crer que adeptos que rasgam cartões de sócio em pleno jogo (quando perdem, lá está), não sejam exemplo para ninguém.
      Saudações Leoninas.

      Eliminar
    2. À caríssima "moijeeu", cabe todo o direito de não concordar com o meu post. Cada um terá apreciado os factos segundo o seu prisma. Talvez no final as nossas opiniões confluam, se tivermos em conta aquilo que faz parte do adn dos adeptos sportinguistas. Aí estaremos de acordo e trocaremos um abraço!

      Saudações Leoninas

      Eliminar
  4. Caríssimo Álamo:
    Não tenho aparecido a comentar posts seus ultimamente, mas continuo a ler atentamente. Mas o ambiente de alguns comentários que por aqui aparecem irritam-me de tal modo, pelo primarismo, que prefiro estar calado.
    Mas hoje não resisto a voltar a um tema que me sabe muito caro: estou em frente à tv, e vamos começar a jogar. Abençoado Paulinho, que equipamento tão bonito!
    Grande Abraço, vamos vencer!
    José Lopes

    ResponderEliminar
  5. Suponho, que também te referes aos Migueis de Vasconcelos, que há 2 anos assobiavam a equipa em Alvalade durante os 90 minutos, cagando-se para o resultado e servindo-se dela como pedra de arremesso, contra a direcção da altura e sem quaisquer escrúpulos.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE