domingo, 14 de setembro de 2014

Ainda que doa, uma análise consequente !...


Nani contornou-os. Faltou contornar...

Há não muito, numa caixa de comentários, em tom de brincadeira referi que em Portugal "Nani vai contornar pinos". Excelente a ideia de Marco Silva ter Nani no corredor central. O talentoso desequilibra, desequilibra. Porém, não há qualquer movimento com sentido, enquanto o talentoso chama a si adversários directos de colegas seus.

Encaixado no Sporting, percebe-se ainda mais a diferença estratosférica para os seus colegas. Não só consegue criar desequilibrios com imensa facilidade, pela forma como ultrapassa sempre o adversário directo, como garante sempre que não há transição adversária, pela responsabilidade com que opta pelos momentos de desequilibrar. Incrível que o Sporting não tenha ao redor do portador, uma movimentação que aproveite as saídas ao portador de vários jogadores adversários.

Aos problemas colectivos ofensivos que urgem resolver (nem tudo se resolve com chegar à linha e cruzar para Slimani! O argelino não é Jardel!) as dificuldades individuais. Em dez de campo ter três jogadores que não sabem sequer dominar uma bola torna tudo muito mais complicado. Sair aos centrais do Sporting com bola, não chega sequer a ser preocupação, porque já se sabe que não sairá nada dali.

Desde o início que aqui se afirmou que este seria um ano terrível para um treinador entrar no Sporting. A pontuação da época transacta foi desajustada face à qualidade de jogo e das individualidades da equipa, e tal facto elevedou a fasquia para níveis praticamente impossíveis de cumprir por Marco Silva. Não se pode exigir a treinador nenhum no mundo que jogando com dois centrais de distrital vença troféus a nível nacional. Ter jogadores que não servem para jogar o jogo, mas apenas pequenos momentos do jogo (Slimani só para finalizar. Mauricio e Sarr só para defender, e mal) é um retrocesso ao futebol da década de noventa.

Se os jogadores com maior participação com bola no jogo são os centrais, que sentido faz tê-los apenas porque são grandes e físicos? É de trás que se começa a desequilibrar. Ainda assim, mais à frente Nani fê-lo em número suficiente para, com outras movimentações, outra qualidade, o Sporting vencer o jogo.

P.S. - Tal como na temporada passada, Rui Patrício continua a ser o jogador do Sporting que mais intervenções verdadeiramente decisivas tem tido. Foi assim em cada um dos primeiros quatro jogos da Liga. Em Coimbra notável ainda antes do empate. A terminar ainda com 0 a 0 frente a um isolado avançado do Arouca. Na Luz. E novamente a Deyverson. Sintoma de...?
(Paolo Maldini, in Lateral Esquerdo) 


Livrem-me os deuses de cair na tentação, muito comum do outro lado da rua, de negar a nudez do "Rei Leão"! Por isso, ainda que ela possa doer a quantos deixaram o seu coração ser trespassado por este amor tão grande ao glorioso Sporting Clube de Portugal, não resisti a trazer para esta modesta janela de leoninidade, em hora de necessária e imperativa reflexão, a crónica de Paolo Maldini.

Serei o último dos leões  a acusar Maurício, Sarr, Slimani e Marco Silva, de falta de empenho e de não trabalharem esforçadamente, dedicadamente e devotadamente para conseguirem o melhor. Mas negar evidências, nunca esteve na minha maneira de estar na vida, nem que seja por amor ao meu Sporting!

Sei que deverei, como todos os sportinguistas, dar tempo ao tempo. Sei dos milhões de condicionantes que se opõem a este nosso veemente desejo de vitórias, se calhar, para ontem. Mas haverá realidades que deveremos interiorizar rapidamente, se não quisermos correr o risco de copiar aqueles cuja falácia tanto criticamos, de nos julgarmos capazes de dar um salto maior que as nossas pernas o permitem, de sermos os melhores do mundo e dos seus arredores.

O jogo de ontem à noite em Alvalade, ter-se-à revelado muito próximo da análise que, ainda que doa, não deixará de ser... consequente!...

Leoninamente,
Até à próxima

11 comentários:

  1. Independentemente do valor da equipa temos atletas para muito mais. Estamos a produzir muito futebol para uma formação que lute para ir à liga europa, não para uma formação que lute para ser campeã. Marco Silva está a ser teimoso. Não temos um central que transporte a bola e depois os jogadores caem na esparrela de criticar o árbitro: Nani, Maurício, Jefferon...não há necessidade quando a equipa não produz em campo o que deveria produzir. Mais uma vez perdemos 2 pontos contra uma formação fraquíssima, diga-se a verdade e respeitando o belém. felizmente, numa paragem cerebral jefferson já lhe indicou o início da mudança. Temos que mudar te tática, em primeiro lugar, se para 4x4x2 se para 4x2x3x1 cabe ao mister a escolha, se com joão mário a 10 ou nani ou montero também caberá a ele escolher. Agora, uma coisa é certa, 6 pontos para o primeiro é o máximo a que poderemos estar ao longo da época, especialmente até ao fim da 1ª volta. A partir de agora é altura do Marco apertar o cinto e dar das pernas.

    Mbo Mpenza

    ResponderEliminar
  2. Amigo Álamo, acho que o nosso problema, é estarmos com pressa de sermos campeões, ao ponto de esquecermos, que quem passa pelo que nós passamos (o sporting quase foi destruído) não pode ansiar títulos, a curto prazo, temos que dar tempo, ao tempo não só ao treinador mas tb aos jogadores, pois só assim se consegue consolidar uma equipa.....

    SL

    ResponderEliminar
  3. Agora há poucos minutos tomei conhecimento desta noticia, está no site do SCP :

    “?O Sporting Clube de Portugal vem lamentar profundamente a perda de um elemento da família Sportinguista. Ilídio Manuel Nunes Esteves, Sócio número 34.133-0, de 43 anos de idade, faleceu no Estádio José Alvalade, durante o jogo entre o Sporting e o Belenenses.
    O nosso Associado entrou em paragem cardio-?respiratória, na bancada, e após várias tentativas de reanimação, foi levado para o hospital, onde acabou por falecer.
    Neste momento doloroso, o Sporting Clube de Portugal endereça os mais sentidos pêsames à família do Sócio Ilídio Esteves. ”

    Os meninos bem pagos que jogam pelo SCP, deveriam saber disto e perceber que há muita gente que sofre muito pelo SCP… Paz á sua alma!

    Muito triste com esta exibição, com este arranque de época e sobretudo com a falta de discernimento e dedicação que alguns dos jogadores andam a demonstrar… Sobre o treinador um conselho, isto de ser ‘bom amigo dos jogadores’ é muito giro, mas o Marco Silva é pago para gerir uma equipa de jogadores e para os colocar a jogar de forma COLECTIVA para um objectivo comum, ganhar. Mais, isto é o Sporting Clube de Portugal, não é o estoril praia… Você é pago para encontrar soluções e, infelizmente, não é isso que nos tem dado a observar… Bem pelo contrário. Em 3 meses de trabalho no SCP, e em 2 meses de trabalho efectivo com o plantel, a minha avaliação é, neste momento, NEGATIVA. Não vejo jogadas colectivas, movimentações novas, bolas paradas ofensivas = 0, bolas paradas defensivas estamos pior, muito pior. Se era para mudar alguma coisa tinha que ser hoje. Porque só convocou 19 jogadores para o jogo??? Jonathan não teria dado jeito? Porque mandou o Tanaka para a bancada?

    Se havia jogo que servia para dissipar dúvidas era este. 15 dias de paragem, e agora servem-nos esta merda?!? Dassssssssss

    Para a semana tou mesmo a ver a visita a Barcelos, que têm novo treinador, o fulano do boné, o zé mota… Mais um autocarro e …problemas… E as soluções?!?! André Martins, mais 45′ de bónus e depois é tudo aflito…

    Já há vários anos, desde O Cacifo do Paulinho, que digo que as melhores equipas do SCP de que me recordo tinham sempre 2 avançados, Manuel Fernandes / Jordão, Balakov / Juskowiak, João Pinto / Jardel. Mas onde está o problema em jogarmos com 2 avançados???

    E já agora, onde estão as alternativas de jogo quando estamos a jogar contra “autocarros”??? Mas para quê jogarmos com 4 defesas??? E que maneira de defender é esta? Tudo a recuar e não se mete o pé ??? Nem se ataca a bola nem o jogador que a conduz?

    Não me recordo de, nos últimos 10-12 anos, termos tantos jogadores que podem desiquilibrar no um para um como agora. Ora temos Nani, Carrillo, Mané, Capel, Shikabala, Montero, Gauld e … Não aproveitamos essas caracteristicas em prol do colectivo…

    Fiquei com o fim de semana estragado, mais um, obrigadinho Marco Silva… Se não sai um bom resultado na Champions e uma vitória na próxima jornada palpita-me que a situação começará a ficar insuportável... Oxalá que não, mas se acontecer que não se entrem em "teimosias", que disso já tivemos a nossa parte...

    SL

    ResponderEliminar
  4. Por acaso e perante a noticia, recordo-me de ter visto a movimentação de uma ambulancia a circular no fosso na direcção sul/norte...
    Que o nosso consócio descanse em Paz, as minhas condolências à familia...

    Pois é o nosso coração tem que ter uma resistência sobrehumana...!!

    Do jogo...?

    Mas o que é que eu hei-de dizer meus amigos...?
    Ainda "me doi" o coração...

    Um bom domingo para todos e um

    Abr do Max

    SL

    ResponderEliminar
  5. Caríssimo Álamo:
    Obrigado por me ter remetido para este post. Análise muito lúcida e completa do 'Paolo Maldini'.
    Bons comentários também. Lamento obviamente a perda de uma vida mas, com o nivel de destrambelho emocional que vi nos adeptos que estavam na bancada B7, onde fiquei, até me admiro de como não acontecem mais desgraças.
    De resto, nada mais a acrescentar, se não vem aí o meu pretor pessoal, que sempre que faço um comentário mais radical, desata a fazer extrapolações do que eu disse, e a zurzir-me. Mas enfim, 'beati pauperes spiritu'.
    Um Abraço a todos, continuação de bom fim de semana,
    José Lopes

    ResponderEliminar
  6. Interessante o comentário do P. Maldini e que em boa hora o Álamo o trouxe para aqui. Desde o fim da época passada que me tenho abstido de comentários em blogs, facebooks e outros que tais.
    Apareceu agora a oportunidade.
    Tenho lido quase tudo o se relaciona com o nosso clube, com excepção da segunda quinzena de agosto que estive ausente do país.
    Esperar para ver foi o meu lema. A conclusão, espero que os próximos tempos não me dêem razão, "é que o rei vai nu".
    4 jogos, 3 empates e uma vitória tirada a ferros. Não vi o jogo com os lampiões mas pelo que li, Deus protegeu os fracos; ou melhor Artur esteve connosco. Compreendo, segundo a comunicação social o contentamento dos adeptos.
    Ontem foi triste não termos ganho, diga o que disser o Vidigal, o Belenenses é uma equipa fraca que deverá lutar para não descer. Era obrigação ganharmos folgadamente. Em Barcelos não basta ganharmos, temos que esmagar para recebermos o Porto com o ânimo de vencedores.

    ResponderEliminar
  7. «Livrem-me os deuses de cair na tentação, muito comum do outro lado da rua, de negar a nudez do "Rei Leão"!».
    Ó Álamo, você é cá um brincalhão! O clube do outro lado da rua GANHOU TUDO O QUE HAVIA A GANHAR cá dentro, na época passada, homem! Já se esqueceu? Pronto, está bem: o seu papel é trabalhar para a elevação dos níveis de confiança e da moral das desmoralizadas tropas leoninas.

    Os meus respeitos e pesar sincero pelo falecimento do vosso sócio Ilídio Manuel Nunes Esteves, e o meu abraço de solidariedade a toda a família - a rivalidade clubística não é nada quando comparada com uma tragédia destas.

    Boa sorte para o jogo de terça-feira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O remate do comentário de "Nau Benfica", obriga-me a deixar uma palavra de agradecimento. Pelos votos formulados para terça.feira, que depreendo sejam para quarta, porque o jogo da CL na Eslovénia não é na terça e, fundamentalmente, pelos respeitos, pesar sincero e abraço de solidariedade a toda a família de Ilídio Manuel Nunes Esteves. De facto haverá momentos na vida de todos nós, em que a rivalidade clubística valerá... ZERO!

      Quanto à questão secundaríssima abordada no preâmbulo, nego a faceta de brincalhão que me atribui e reafirmo a seriedade com que coloquei a minha convicção, de "que do outro lado da rua" continua a ser comum "negar a nudez do rei"! Sabe, como sportinguista, nunca me verá exibir a satisfação que o caro exibe, mesmo que o meu Sporting, por pura ironia do destino, venha a ganhar TUDO O QUE HOUVER A GANHAR CÁ DENTRO, enquanto não se desembaraçar do ESTRATOSFÉRICO PASSIVO ACTUAL! Essa será a radical diferença entre nós: eu sofro com as dívidas do meu Sporting e coloco-as à frente de tudo, o caro passa por elas como cão por vinha vindimada, mesmo sendo quase o dobro das nossas e ufana-se de ter "ganho tudo o que havia para ganhar cá dentro"! É uma questão de filosofia de vida!!!...

      Boa sorte para o jogo de terça-feira (na Luz sim, será terça)

      Eliminar
    2. ópramimaquialerparvoícesdoÁlamo15 de setembro de 2014 às 00:06

      "...mesmo sendo quase o dobro das nossas..."

      isto é mesmo pra rir, à gargalhada. até às lágrimas de dó.

      só de capitais próprios NEGATIVOS são cerca de 120 milhões e de PASSIVO CORRENTE são mais 155 milhões.

      você é o lagarto mais truanaz que 'conheço'

      Eliminar
  8. Quero endereçar, os meus mais sentidos pesâmes, à família do sportinguista Ilídio Manuel Nunes Esteves, que descanse em paz....Estas tragédias vêm demonstrar uma vez mais, o qt é volúvel a guerra entre sportinguistas, tenhámos a coragem de nos unirmos todos, em prol de um objectivo maior o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL.....Estas coisas do coração são terríveis, amigo Álamo, a maioria das vezes, eu não consigo ver os jogos do nosso Sporting em directo, o meu coração acelera de tal maneira que parece que vai explodir.....

    ResponderEliminar
  9. Embora concorde com grande parte do comentário de Paolo Maldini estou totalmente em desacordo quando o mesmo refere que "A pontuação da época transacta foi desajustada face à qualidade de jogo e das individualidades da equipa...." e quando refere ainda "...jogando com dois centrais de distrital vença troféus a nível nacional. Ter jogadores que não servem para jogar o jogo, mas apenas pequenos momentos do jogo (Slimani só para finalizar. Mauricio e Sarr só para defender, e mal) é um retrocesso ao futebol da década de noventa".
    Relativamente à primeira afirmação devo lembrar que para o que produziu na época passada o Sporting ficou ainda...por variadas razões 3 ou 4 pontos aquém do score final. Relativamente à segunda afirmo que estamos a precipitadamente a tentar encontrar razões onde elas não existem. O problema não está na qualidade do plantel nem no seu empenho como alguns tentam insinuar, e fazer uma equipa ter sucesso sem estrelas do mais alto nível é que não está ao alcance de todos (não há Leonardos Jardins em todos os treinadores....) A qualidade de jogo do Sporting é animadora e todos os jogadores neste momento tem confiança para realizar uma posse com qualidade. Mesmo a recuperação de bola parece razoável embora não resulte de uma pressão muito alta, e tenha baixado claramente (fadiga? desânimo?) nos dez minutos finais, O problema urgente neste momento é a equipa ganhar objectividade e maior pressão sobre o último reduto adversário com cruzamentos mais sistemáticos e com muito melhor qualidade, garantindo maiores possibilidades de finalização, como há 1 ano atrás. Os mesmos jogadores estão lá e aqueles centrais não são nenhumas estrelas mas são de primeira liga. Slimani troca bem a bola com os colegas mais recuados mas tem que receber na área bolas em muito melhores condições para finalizar. A boa qualidade de posse de bola da equipa, tem que ser Marco Silva um meio facilitador de uma progressão apoiada ao último reduto adversário para criar desequilíbrios e passes de ruptura. E já agora Marco com equipas muito acantonadas estratégicamente atrás é preciso treinar as meias distâncias que se não dão golos permitem recargas na cara do GR adversário. E já agora Marco há que treinar pressão física nas disputas na área adversária que permite bolas de ressaca e obriga o adversário a errar. Custa ver tanto alívio da defesa belenense à vontade, sem pressão. O. K. Conforme já comentei num post anterior deste blog aspirar a qualquer um dos dois primeiros lugares parece estar fora de hipótese, tendo em meu entender sido manifestados fora de tempo objectivos demasiado ambiciosos que criaram excessivas expectativas e grandes pressões no grupo, ao contrário do que aconteceu no ano anterior. Se Jardim tivesse ficado e o clube lhe tivesse concedido os reforços que ele entendesse necessários para atacar o título justificar-se-ia anuncia objectivos ambiciosos. Como tal não aconteceu, e os rivais se reforçaram um e se reorganizaram mantendo a sua matriz, outro, seria muito mais realista ter os mesmos propósitos do ano anterior. O plantel tem a mesma base e até mais qualidade mas o timoneiro é outro e tem que fazer o seu caminho. Não seria a minha escolha mas deixemo-lo trabalhar (se complicarmos o seu trabalho estaremos a prejudicar o SCP). Até Maio deverá ter o nosso apoio incondicional ou o nosso "benefício na dúvida". Acho que BC não irá mexer no treinador voltando ao cenário dos últimos anos. Espero que BC seja firme neste aspecto. Marco foi o escolhido. Aguardemos dele correcções ao modelo de jogo, É jovem. Vai concerteza crescer com a equipa. Este plantel é quase bom.
    Vítor Cruz

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE