domingo, 1 de dezembro de 2013

E do primeiro lugar, rumar leonina e serenamente a Barcelos !...

SportingPaços Ferreira
                                                                   
                                                            4  -  0

William Carvalho  - 16' 
Fredy Montero - 51' 
Fredy Montero (p) - 72' 
André Martins - 89'


E ao sentimento de esperança quase irreprimível, que animava o admirável e indefectível   mundo leonino, a equipa do Sporting Clube de Portugal, correspondeu hoje, no estádio de José Alvalade, com uma confirmação categórica da sua disponibilidade mental, do seu talento e da sua superior valia colectiva.

Continuando inteligentemente a não desbaratar o capital de profundo pragmatismo com que o seu líder técnico já a terá apetrechado, a equipa apenas deu mais um passo no caminho que há muito interiorizou como o mais correcto, honrou todos os encómios que a crítica lhe vem dirigindo, premiou os seus apaixonados adeptos com mais uma razão para continuarem a acreditar na sua capacidade e saiu de campo com um sorriso estampado no rosto de cada atleta que se considerará privilegiado por a ela pertencer.

Embora sem características de grande exibição, a equipa leonina terá conseguido hoje servir numa bandeja e com uma prestação séria ao longo de todo o tempo de jogo, a "vingança gelada" que aqui ontem eu lhe havia pedido e aplicou uma goleada pesada ao adversário que na época transacta lhe havia causado os maiores amargos de boca.

Nesta condição, o Sporting Clube de Portugal subiu ao topo da classificação, é certo que com o mesmo número de pontos do seu eterno rival vizinho, mas com o ataque mais realizador, com o melhor goleador bem destacado da concorrência e com uma das três melhores defesas. Sintomático!...

Alvalade aplaudiu, cantou e vibrou com a sua equipa, mas ainda não terá arranjado a mística suficiente para copiar Dortmund. Essa candidatura sim, deverá ser assumida sem complexos. A tudo o que os dirigentes, técnicos e atletas estarão a conseguir, os adeptos continuam sem dar a resposta que mais adequada seria nesta fase crucial da vida do Clube: ENCHER O ESTÁDIO EM TODOS OS JOGOS!...

O senhor árbitro Jorge Ferreira, que veio de Braga, terá realizado, na minha modesta opinião, um trabalho extremamente positivo, sendo que não necessariamente isento de erros, mas um trabalho equilibrado e sério, absolutamente à altura das circunstâncias e do respeito que sempre devem merecer todos os intervenientes. E não terão sido estranhos a esse facto, os cumprimentos de muitos deles, no final do encontro. O futebol afinal pode ser muito bonito, desde que todos contribuam para isso.

Barcelos, essa bonita cidade minhota, que se vá preparando, para receber a próxima visita do Leão e ver o record de assistências do seu estádio completamente pulverizado. Tem sido assim em todos os estádios por onde o Sporting Clube de Portugal tem passado. E voltará a ser assim. Seguramente!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Lá estive...e vibrei como todos...!
    É verdade amigo Álamo que não encheu, estiveram segundo as informações 26 541...e ainda bem que eu fui porque senão seriam "apenas" 26 540...
    Mas é necessário ter em conta que foram 26 541 bravos, aqueles Leões que sairam de suas casas para um jogo àquela hora...com um frio de rachar...

    Para quando jogos a horas decentes...?

    O árbitro "preceu-me" que ainda "fez" umas tentativas de uns livres perto da nossa área, para ver se...(já vi que está no ADN dos árbitros...), mas tomaríamos nós que todos fossem como este...!!

    E vamos lá então continuar a tentar vencer...jogo a jogo, mesmo perante a insistencia bacoca dos jornaleiros...!!

    Ahhh e finalmente no Record...continuam sempre as mesmas bestas quadradas......pronto continuem lá a colocar o vosso clube do coração à nossa frente...!

    Já agora se isto chegar assim até à última jornada (e até parece que isso não é impossível...), como apresentarão estas alimárias a classificação...?

    Sporting Sempre...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que inveja amigo Max! Mas desta vez não pude ir a Alvalade! Um dia destes, vamos encontrar-nos por lá...

      Grande abraço e SL

      Eliminar

PUBLICIDADE