quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

A vénia que Jorge Jesus e Paulo Fonseca deveriam fazer !...




Há mas são verdes !...

O Sporting vingou-se da piada: este ano é o campeão do Natal. É um campeão (ainda) de nada, é certo, mas há muito mais nestas vitórias do que consolo para os sportinguistas. Há um manto que devia envergonhar os líderes do Benfica e do Porto. E não apenas os treinadores.

A visão empresarial dos clubes de futebol é muitas vezes exagerada. Neste caso, no entanto, é adequado comparar aquilo que se investe, com o retorno. E os orçamentos do Benfica e do Porto exigem muito mais do que se tem visto: afastamento da Champions e ultrapassagem na Liga. Ou os jogadores foram mal escolhidos ou estão a jogar mal. E isso é má gestão: desportiva e financeira.

Como escreveu ontem Miguel Sousa Tavares, o campeonato está a ser fraco. O Sporting está de facto a fazer um excelente campeonato tendo em conta o baixo orçamento e a juventude da equipa, mas só é líder porque, também é um facto, Porto e Benfica estão a perder muitos pontos.

Para o Sporting, são grandes notícias. A recuperação da autoestima é apenas uma pequena parte do que isto significa, pois atrás disto vem a estabilidade num clube que viveu anos sem ela, e vem a melhoria dos resultados financeiros de um clube que já não sabia o que isso era. Os estádios enchem-se, as camisolas e as caixas de jogos vendem-se. Não surpreendentemente, os bancos estão relativamente tranquilos. Depois da borla dada ao Sporting na última reestruturação financeira, o receio era de que o clube de Alvalade continuasse por aí abaixo até à insignificância. Mas agora os bancos estão calmos com o Sporting – mais, aliás, do que com outros clubes.

Bruno de Carvalho está no topo desta pirâmide. Ao contrário do que seria de esperar, a juventude de um presidente aliada à sobranceria da banca e aos receios sobre investidores angolanos não surtiu um cocktail explosivo. E houve pelo menos uma contratação que tem feito toda a diferença. Nunca joga, está sempre no banco mas é o grande goleador da equipa: Leonardo Jardim. Jorge Jesus e Paulo Fonseca deviam fazer-lhe uma vénia. 

Boas equipas? Há, mas são verdes.


Contra factos, qualquer pessoa de bom senso recusa dar-se ao trabalho de esgrimir argumentos estúpidos e falaciosos. Ao contrário do execrável "paineleiro" de O Dia Seguinte, Rui Gomes da Silva, e do seu inenarrável discurso, copiado até à exaustão por outros "paineleiros" do igual jaez e, infelizmente, por uma boa parte dos assalariados "jornaleiros" que vão conspurcando o pouco que resta de dignidade, elevação, isenção e competência na imprensa desportiva deste singular e desgraçado país, Pedro Santos Guerreiro, que nunca escondeu as suas legítimas preferências, recusa-se a enterrar a cabeça na areia e alinhar pelo diapasão de atribuir a realidade leonina, a factores ligados à sorte ou aos benefícios das arbitragens, recusa ver a sua figura coberta do ridículo que vai cobrindo a masturbação de toda essa gente de venda fácil e a preço baixo.

Valha-nos a inteligência, a sensatez, a coragem e o discernimento de poucos, que vão tapando a insignificância de tantos...

Leoninamente,
Até à próxima

8 comentários:

  1. Muito certa a crónica...apenas me admiro de uma coisa...
    Como foi possível a Redacção ter deixado passar um artigo desses, em que manifestamente coloca em causa a gestão financeira e desportiva do Benfica e do Porto...
    Esta é um a peça, que o Sousa Tavares nunca seria capaz de dar à estampa...
    Pode ser um bom escritor, mas falta-lhe a frontalidade e a honradez que tinha o pai...e que ele nunca terá...

    Sporting Sempre...!!

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aprecio quase todas as crónicas de Pedro Santos Guerreiro. É benfiquista, mas inteligente e lúcido. E domina como poucos as àreas de economia, finanças e negócios. O jornal de que é director - Jornal de Negócios - será uma das melhores publicações do país.

      Já o outro de que o amigo Max fala, não tem nada a ver com o pai e, muito particularmente, com a mãe. Até gosto da sua maneira de escrever e apreciei o seu romance Equador. Mas quando mete os "corruptos" é execrável...

      SL

      Eliminar
  2. É um jornalista de muita qualidade, fale do que falar, fá-lo com conhecimento de causa e um raciocínio simples, linear e compreensível. Estou de acordo com a maior parte dos artigos que escreve, seja sobre futebol ou economia. Pedro Guerreiro é benfiquista, como sabemos, mas não é Lampião! SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro "anónimo das 00.32", a imagem de PSG que o seu comentário reflecte é a mesma que eu próprio retenho. E o facto de ser benfiquista, não o impede de ser inteligente, lúcido, pragmático e adoptar posições que o afastam dos lugares comuns visitados por milhares e milhares de adeptos do clube da sua simpatia, fazendo por isso parte de um infelizmente reduzido número de benfiquistas que nos merece, a nós sportinguistas, o mais profundo respeito. Se isso significa ser benfiquista e não lampião, já terei mais dificuldade e catalogar. Para mim a divisão passará por uma linha em que dum lado está a decência e do outro, exactamente aquilo que nos afasta deles e que não suportamos: a bravata, a presunção e outros complexos inenarráveis...

      SL

      Eliminar
  3. Jorge vicente (ex-jornal SCP)20 de dezembro de 2013 às 14:34

    Os outros treinadores deviam fazer uma vénia ao jardim, assim como o jardim devia fazer uma vénia aos árbitros.
    E essa questão do orçamento também é repetida até à exaustão a ver se alguém a "engole". O scp tem um orçamento de 20 milhões, mas isto não é um orçamento brutal para quem só disputa o campeonato e a taça da liga (que este ano atinge a importância duma champions para o lado de alvalade...)? A taça já foi, europa nem vê-la, e tentam passar a ideia que 20 milhões é um orçamento fraquinho. Para um campeonato? Não brinquem com coisas sérias... há clubes portugueses que este ano disputaram a liga europa com um orçamento abaixo dos 5 milhões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo o "estado de alma" de Jorge vicente (ex-jornal SCP)!... E creia que o lamento de modo idêntico ao que me obriga a compreender a morte do macho louva-a-deus: a Natureza lá terá as suas razões!...

      Eliminar
  4. Jorge vicente (ex-jornal SCP)20 de dezembro de 2013 às 18:09

    Peço desculpa, não sabia que era o roupeiro Paulinho que escrevia aqui...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo a compreender o "estado de alma" do Jorge vicente (ex-jornal SCP), apesar de todas as suas limitações e deficiências...

      Eliminar

PUBLICIDADE