quinta-feira, 5 de julho de 2018

Vou continuar a garimpar até Agosto!...


Garimpando candidatos

Com três candidaturas apresentadas até ao momento, começa a justificar-se uma primeira "garimpagem" às colheitas. Protelar a tarefa até ao limite do prazo de apresentação das candidaturas - se bem interpreto as disposições estatutárias, 9 de Agosto -, poderá, a confirmarem-se todas as intenções até agora manifestadas, revelar-se tarefa de certo modo complicada e demorada. Ou não, até porque de intenções apenas, andará o mundo cheio, mas cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém e, se em nada será recomendável deixar para amanhã o que se pode fazer hoje, não virá mal ao mundo se a selecção passar a partir de agora a ser feita a seguir a qualquer apresentação de candidatura posterior a estas três.

Despejadas no garimpo, previamente tingidas com as cores que me pareceram mais adequadas a cada uma, as amostras recolhidas até agora, passados os primeiros minutos do meu cirandar, já no fundo do balde dos detritos sem préstimo, jaziam milhões de insignificantes grãos de areia, num amálgama em que predominavam os tons laranjas que atribuí a Fernando Tavares Pereira, sobre os azuis que couberam a Pedro Madeira Rodrigues. Grãos de areia carregados de boas intenções, de poesia misturada com muita ingenuidade e porventura algum altruismo, temperados, é bom dizê-lo, com muita demagogia, mas... de vestígios das pedras preciosas que os meus olhos tanto se esforçaram por encontrar, nem rasto.

Cirandando de novo durante mais alguns minutos, no balde voltaram a cair milhões de grãos, desta vez mais grossos e agora predominantemente azuis com escassas nuances laranjas. Grãos de desbragada utopia, eivados de alguma demagogia, irrealismo e impreparação. E o garimpo quase reduzido a pedaços coloridos do jade que atribuí a Frederico Varandas.

Mais uns minutos de ciranda e eis-me perante a realidade: Frederico Varandas lidera destacado a minha garimpagem! A última "gaffe" dos treinadores cometida pelo Madeira, atirou com a quase totalidade dos grãos azuis para o fundo do balde. Embora esteja absolutamente consciente de que só depois de conhecer e cirandar com extremo cuidado todas as amostras que o tempo me há-de trazer, neste momento, sentindo-me atraído por algum brilho do jade que me resta no garimpo, ainda não me sinto seguro e estarei bem longe de decidir a quem oferecer os meus 7 votos.

Vou continuar a garimpar até Agosto!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Caro Álamo:
    Espero sinceramente que venha alguém com ideias, nem conotado com a linha empresarial tipo Roquette, nem com a linha bolchevique tipo BdC.
    Espero também que o Sr Sousa Cintra tenha tento na cabecinha, ou quem o está a assessorar.
    É claro que, quanto ao Rui, segundo opiniões de juristas que já consultei, a indemnização nunca poderia ir muito além da oferta que foi feita pelo Wolverhampton, porque passa a ser o valor de mercado, no qual a FIFA se basearia para o cálculo da indemnização. Além do mais, cada um é livre de ir estoirar a carreira para onde quiser (já agora, mais valia ter ficado caladinho, em lugar de ter vindo, tarde e a más horas, dar desculpas dignas de um QI abaixo de 70).
    Quanto aos outros, temos pena, se não quiserem jogar, vão tendo reduções de salário e vão treinando à parte, e fora de Alcochete.
    Se forçarem a saída, ou arranjam propostas excelentes, ou vamos para tribunal.
    Espero isto tanto do Sr Sousa Cintra, como de quem vier a ser eleito.
    Aliás, penso que desde já todos os candidatos devem deixar bem clara qual a linha que vão seguir nestes casos, para não haver nenhuma dúvida.

    Um grande Abraço

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

PUBLICIDADE