segunda-feira, 9 de julho de 2018

O homem acabe sempre por ir preso?!...


REVOLUÇÃO EM MARCHA

«Era suposto que a Comissão de Gestão se limitasse a gerir os danos causados pela liderança de Bruno de Carvalho que, entre outras coisas, teve como consequência a rescisão de contrato de nove jogadores.

Seria, contudo, difícil para Sousa Cintra reduzir a sua acção a esse controlo, até porque todos se aperceberam de que o regresso dos nove jogadores seria impossível. Por isso, teve de ir à procura de reforços, o que, tendo em conta o peso das baixas, devem ser nomes que equilibrem a balança. Bruno Fernandes é a excepção à regra, mas também representa um esforço financeiro suplementar.

Estas eram mudanças inevitáveis e que a personalidade de Sousa Cintra, que não se conjuga com inércia, potenciou com o entusiasmo que lhe é conhecido. À grandeza do Sporting está associada a ambição e a responsabilidade de lutar por títulos. Cintra sabe isso melhor do que ninguém como provou quando esteve na presidência do clube. Então, não faltaram bons jogadores ao Sporting. 

Mas Cintra foi mais longe e vai dispensar Inácio e Virgílio. A revolução está definitivamente em marcha e tem impacto na Academia. Não seria melhor encontrar uma solução transitória para Alcochete para dar margem de manobra ao futuro presidente? Faria mais sentido.»


Está no adn do "Zé Tuga"! Sempre assim foi e sempre assim será: "preso por ter cão e preso por não ter"! E António Magalhães, como exemplar fiel e paradigmático dos "tugas" que todos seremos, muito dificilmente seria capaz de se libertar desse estigma!...


É sabido que uma franja muito significativa de adeptos sportinguistas há muito tempo - leia-se muitos anos! - vem discutindo em tom baixo, apenas entre si e com o "low profile" que o respeito que a grande instituição Sporting Clube de Portugal merece, que as coisas na Academia Sporting não constituiriam o melhor dos mundos, muito distante até daquilo que as dimensões do Clube e da SAD exigiriam. Mas o clima instaurado nos últimos cinco anos apontava para que ninguém se atrevesse a "fazer ondas", a colocar em causa o "normal funcionamento das instituições" e a "dizer não" a esse estado de coisas. Até que o impensável, mas para muitos absolutamente previsível, aconteceu em 15 de Maio! Contudo as declarações de Virgílio Lopes sobre os acontecimentos, aqui reflectidas, terão sido sintomáticas em relação às preocupações de tantos e tantos sportinguistas: "Não creio que houvesse como evitar situação de Alcochete"!...


José Sousa Cintra integrou a Comissão de Gestão e foi destacado para liderar a Sporting SAD até que o acto eleitoral de 8 de Setembro viesse a permitir ao Clube e SAD retomarem o seu normal funcionamento. Quando chegou a Alcochete, com a sua longa e sólida experiência à frente de empresas de dimensão incomparavelmente superior, não lhe terá sido difícil confirmar o que há muito tempo vinha discutindo entre o círculo mais próximo dos seus amigos sportinguistas. E, colocado ante o dilema de "empurrar com a barriga" os grandes problemas que por lá continuavam a verificar-se e entregar a "batata quente" a quem chegasse em 9 de Setembro ou, em alternativa, enfrentar o "touro pelos cornos" e começar a adiantar o trabalho que inexoravelmente teria de ser feito, terá decidido, corajosamente, "meter as mãos na massa" e entregar a quem viesse, uma "casa já em pleno processo de arrumação"! Discutível?! Naturalmente, mas não será já tempo de abandonar o estafado jargão de "quem vier atrás que feche a porta"?! Ou pretender-se-à que, não tendo cão ou mesmo que o tenha...

O homem acabe sempre por ir preso?!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Há coisas de que discordo e uma delas é o retorno apo Sporting dos jogadores que rescindiram...e "pior ainda", se for verdade o que se fala (embora eu acredite tanto na CS...como na própria "mentira em pessoa"...)...
    Nunca fui capaz de assobiar um jogador do Sporting...!
    Sempre que algum era assobiado pelos adeptos (o que discordo...), eu era dos primeiros a levantar-me e a apoiá-lo ainda com mais força do que antes (acho que os adeptos são mesmo para isso também..."ajudar a levantar" o moral a quem possa "estar por baixo"...)
    "Não aceitei" essas rescisões...porque acho que elas foram antes de mais,,,
    "Uma traição" ao próprio Sporting e de uma maneira geral, a quem como eu faz às vezes "tantos sacrificios"...para estar lá "a jogar na bancada" a ajudar a caminhar para as vitórias...

    É claro que não o ireia assobiar (ou chamar nomes)...mas muito dificilmente "conseguirei fazer"...o que antes fazia no apoio que lhe dava...

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilho os seus sentimentos, amigo Max! Enquanto me lembrar daquilo que este nove jogadores entenderam fazer, dificilmente terei vontade de aplaudir qualquer que agora regresse. Mas compreendo que aos dirigentes actuais do Sporting foi colocada uma tarefa muito difícil e que este seja um mal menor...

      SL

      Eliminar
    2. Discordo em absoluto...

      Nunca poderemos vender a dignidade... nem por um 'mal menor'...

      Votei NÃO à destituição
      Votava, e voto NÃO a BdC de volta a presidente...
      NÃO votei nesta comissão de gestão (nem eu... nem ninguém... e que de gestão nada tem...)
      VOTO ROTUNDAMENTE NÃO a qq regresso destes espantalhos... (então se se confirmar o 'esforço financeiro'... ESTAMOS A BRINCAR... só pode... É mesmo para assobiar...)
      Voto NÃO aos Mendes e aos Futres... (se calhar o Mendes é para ser cooptado... Não vai a eleições - é à Rei...)

      p.s. O Manel é um monstro leonino... mas isto não se compadece com monstrices... É ridículo vê-lo no cargo de Director Desportivo... Oxalá me engane mas a ingenuidade (para ser simpático) com que é comidinho de cebolada, semanalmente, é algo que me assusta... e que não deixa antever nada de bom... mas enfim...

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

PUBLICIDADE