sexta-feira, 13 de julho de 2018

Quem andará afinal, a brincar com o Sporting?!...




Comissão de Fiscalização decide suspensão de Bruno de Carvalho na próxima semana. E ex-presidente não poderá recandidatar-se

Anúncio de recandidatura do destituído ex-presidente do Sporting afigura-se mera manifestação de intenção. Comissão de Fiscalização deverá confirmar a suspensão, até agora provisória, de Bruno de Carvalho por tempo mais ou menos prolongado, o que o inibe de ir a votos a 8 de Setembro. Carlos Vieira, seu ex-braço-direito, também será suspenso de sócio e impedido de concorrer à presidência do Sporting


«As anunciadas candidaturas de Bruno de Carvalho e do seu antigo vice-presidente, Carlos Vieira, à liderança do Sporting Clube de Portugal deverão cair por terra na próxima semana, após a Comissão de Fiscalização confirmar a suspensão, por tempo ainda indeterminado, dos dois sócios leoninos.

Segundo apurou a Tribuna Expresso junto de fonte do processo, a acção disciplinar em curso a BdC e restantes membros do destituído Conselho Directivo do Sporting ficará concluída, em princípio, até 21 de Julho, após serem ouvidos pela Comissão de Fiscalização - audição a iniciar esta semana. [...]

Refira-se que constam da nota de culpa ilícitos disciplinares graves, como a própria subsistência do clube, um caso de usurpação de funções, desconvocação da Assembleia Geral de 23 de Junho à revelia de decisões judiciais e a nomeação de uma nova Mesa da Assembleia Geral.

Mesmo que a Comissão de Fiscalização opte pela suspensão menos pesada - um mês, o que é pouco crível -, BdC e Carlos Vieira ficariam igualmente impedidos de se candidatarem, uma vez que o prazo para apresentação de listas de candidatura termina a 8 de Agosto, um mês antes do acto eleitoral. Ou seja, as prometidas candidaturas só por milagre não irão passar de um jogo de enganos.»

Estaremos perante um "jogo de enganos", um "jogo de faz-de-conta", um desafio provocador lançado às autoridades judiciais deste país e aos actuais, legítimos e reconhecidos orgãos sociais do Sporting Clube de Portugal, ou um atestado de estupidez passado a todos os sportinguistas que de forma inequívoca e esmagadora se pronunciaram, a 23 de Junho passado, pela destituição sem apelo do Conselho Directivo?!...

Quem andará afinal, a brincar com o Sporting?!...

Leoninamente,
Até à próxima

10 comentários:

  1. Quem anda a brincar nao sei, o que sei é que vendemos o titular da seleçao no mundial por 16M (!!!???). Ja tinha deixado no blog aquilo que entendia razoavel e o valor não é. O Betis nunca vai pagar mais do que isso, simplesmente porque não tem condiçoes para, por isso, esqueçam a parte variavel. Ainda tinha esperança no bom senso de quem esta a gerir temporariamente o sporting, mas estamos a saque. O proximo é Gelson e como tambem ja disse aqui e pela mensagem passada ao mercado com este "negocio" WC, lá vao ser mais meia duzia de patecos...só para lembrar, Ruben Semedo saiu por 15M. É dificil alguem da CG perceber isto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, está tudo dito e percebi perfeitamente: "ESTAMOS A SAQUE"!...

      Eliminar
  2. Saque não implica que quem está á frente do clube o está a roubar. Parece-me é que com a teoria de sermos simpaticos, estamos a ser comidos de cebolada. Os agentes de hoje não sao os de há 25 anos atras. Nao me diga que acha que foi um bom negocio? Não me desiluda a esse ponto. Embora nao o conheça, a consideraçao por si e pelo que escreve é grande e nem quero acreditar que nao esteja insatisfeito como eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Permita o Paulo que lhe diga que, para mim, e para todos os dicionários, saque, entre muitas definições de índole técnica que o contexto do seu comentário de modo algum abarca, apenas significará, "acto ou efeito de saquear, pilhagem, roubo"! Aceito que não tenha pretendido ofender ninguém, mas a palavra "saque" nunca poderá ter outro significado! Daí a razão da resposta que, com muito esforço e alguma elegância que o Paulo claramente não merecia, aqui deixei ao seu comentário.

      Poderei estar de acordo que o "negócio WC", feito noutras circunstâncias, poderia eventualmente traduzir-se num valor próximo daqueles que o Sporting realizou com João Mário ou Slimani. Mas depois da situação criada por Bruno de Carvalho, apenas por ele e ninguém mais do que ele, em todos os activos do Sporting, só um espírito alienado, hipotecado na defesa do indefensável e incapaz de analisar com realismo e profundo pragmatismo, a situação a que o Sporting chegou, não concluirá, sem preconceitos e más intenções, que FOI O NEGÓCIO POSSÍVEL, que permitiu salvar os dedos em prejuízo dos anéis!...

      Com Gelson Martins acontecerá rigorosamente o mesmo! Com Battaglia idem! Com Bas Dost e todos os outros iremos assistir, rigorosamente ao mesmo filme! Mas a culpa não será de Sousa Cintra, nem de Futre, nem de Jorge Mendes, nem doutro qualquer "pinto calçudo" que possa ser inventado! A culpa caberá por completo, inteirinha e exclusivamente a Bruno de Carvalho!...

      Estou-lhe grato pela consideração que tem por mim e creia que é recíproca. Mas começa a ser tempo de o Paulo não confundir a "estrada da Beira" com a "beira da estrada"! Figuras de alto gabarito da sociedade que somos, reconhecem com facilidade e sem preconceitos, o extraordinário trabalho que vem sendo realizado pela Comissão de Gestão e, muito particularmente, por Sousa Cintra, à frente dos destinos da SAD. Não pretenda o Paulo obrigar-me a negar esta tão grande evidência! A minha consciência jamais o permitiria! E se há coisas que me orgulho de ter aprendido ao longo de uma vida de mais de sete décadas, a gratidão estará na linha da frente. Estou grato, muito grato a Sousa Cintra, por se desdobrar, quase 24 horas sobre 24 horas para colar os cacos de toda a loiça que Bruno de Carvalho partiu. Se o Paulo ainda continua agarrado a amores antigos, depois de tudo o que já se sabe e do muito que ainda estará por saber, o problema será apenas seu, caro Paulo. Ao Paulo serei eu e jamais o contrário, a pedir-lhe que não me desiluda!...

      Pense pela sua cabeça, reflicta com toda a profundidade de que for capaz e, por uma questão de preservação da sua dignidade, evite a todo o custo ofender quem, no Sporting, não merece ser ofendido!...

      Eliminar
  3. As coisas não são assim tão lineares! A realidade, é que o jogador tinha rescindido. A posição negocial do Sporting está fragilizada. Pensamos que o Sporting vencerá os casos no tribunal, mas não existe uma garantia absoluta. E O william do campeonato passado não vale mais que o valor acordado com os andaluzes. O que vale é o William campeão europeu. Já sai dois anos atrasado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em relação à posição negocial do Sporting estar fragilizada tenho esta opinião. Neste momento os jogadores são no mercado, custo zero para os clubes que os quiserem contratar. Mas então porque razão estão tão interessados em negociar? Imaginemos que o risco será de 50/50, até acho o risco para o lado do SCP é muito menor mas fiquemos nos 50%, será que esses clubes estão assim muito interessados em correr o risco de pagar valores de cláusulas de rescisão? Não me parece que a posição desses clubes seja assim tão forte como querem fazer passar, temos é que deixar de olhar para nós como uns coitadinhos! Se eles tivessem essa posição negocial tão forte não havia qualquer tipo de negociação, assinavam com o jogador e pronto! Rui Patrício e Podence assinaram porquê? Primeiro pelo empresário, segundo no caso do RP o Wolfes não se importa de correr o risco de pagar em tribunal tem dinheiro para pagar, no caso do Olympiakos correm o risco porque mesmo condenados, não se vão importar de não cumprir, ficam com receitas cativas, impedidos de participar em provas europeias mas querem lá saber. Aos outros jogadores os clubes que se falam não vejo que vão arriscar a fazer contratos sem terem com o SCP antes. Por isto acho que posição fragilizada do SCP em relação a estes casos não é assim tão líquida como andam a fazer passar.

      Eliminar
    2. Vocês insistem na cláusula de rescisão como base de cálculo e eu continuo a alertar que a base de cálculo deverá ser a do valor comercial calculado pela média do valor indicado por cada um dos membros de uma comissão nomeada para o efeito pela FIFA.
      (Digo "deverá" porque não tenho a certeza absoluta de que será isto ou só isto).

      Eliminar
  4. Caro Alamo, os piratas saqueavam os barcos inimigos ainda mais quando esses estavam fragilizados, foi nesse sentido. Como sempre disse, nunca duvidei de Sousa Cintra enquanto sportinguista mas na minha opiniao ha sinais que nao se devem passar ao mercado. Quanto á anterior direçao, ja aqui disse que o seu tempo passou e não volta, mas do passado apenas gostava que voltassemos a fazer vendas como de slimani, joao mario ou até o proprio Adrien. Quanto ao resto é mudar a pagina. Vou fazer-lhe apenas uma "inconfidencia"...ainda a crise ia no adro e junto dos sportinguistas que me rodeiam, alguns até do conselho leonino, sabe quem sugeri como pessoa indicada para agarrar o leme? Dias Ferreira, pois é, esse mesmo que terá os seus votos. Se calhar até nem vemos o sporting assim de maneira tao diferente...Abraço leonino

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulo, não o acusei de ver o Sporting de uma maneira diferente da minha. Apenas o alertei para a injustiça de utilizar palavras ou expressões que muitos sportinguistas não merecem! Doeu-me como se fossem dirigidas a mim próprio. Apenas isso...

      Eliminar
  5. As pessoas não se podem esquecer que os jogadores que rescindiram já não são jogadores do Sporting. O Sporting nao anda e nem pode vender jogadores que não são seus. O que o Sousa Cintra anda a fazer, e bem na minha opinião, é recuperar parte do dinheiro deitado fora pela antiga direcção.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE