terça-feira, 10 de julho de 2018

Não poderia desejar melhor e justa prenda de aniversário!...




Quem algum dia deixará de associar o nome de Mário Jorge (Silva Pinto Fernandes) ao Sporting, clube onde fez toda a sua formação, tendo subido à equipa principal com apenas 18 anos e a quem entregou todo o seu imenso talento e esforçada dedicação, ao longo de quase duas décadas?!...

Mário Jorge realizou um total de 524 jogos de leão ao peito em todos os escalões, tendo-se sagrado por duas vezes campeão nacional sénior, entre um sem número de títulos que ajudou a conquistar. Se bem me lembro, o último golo de Mário Jorge que terei visto, terá ocorrido num jogo a que assisti ao vivo, acompanhado de dois grandes amigos benfiquistas e das nossas respectivas famílias, no antigo estádio da Luz, corria o ano de 1987, com vitória do Benfica por 2-1. E que grande golo! Lembro-me como se fosse hoje: prevendo a forte aglomeração do "derbi" e óbvias dificuldades de parqueamento, deixámos os carros estacionados junto ao estádio de Alvalade e fomos em "procissão" alegres e com um imenso fairplay, a pé, até à Luz. No regresso, também a pé, o peso da derrota leonina contrastava com a alegria dos meus amigos, mas era assim que o futebol era encarado nesses tempos: como uma festa! Como nota de rodapé, permitam-me dizer que ainda não se faziam sentir, os efeitos nefastos que as claques trouxeram a este desporto de multidões! Nem de um lado, nem do outro! Era apenas o futebol, pelo futebol. E éramos felizes assim!!!...

Pois ao que se vai sabendo, parecem estar apontadas para Mário Jorge, as baterias de José Sousa Cintra, no sentido de o fazer regressar a Alvalade para dirigir a Academia Sporting, terminado que estará por estes dias, o tempo de ligação contratual estabelecido entre o Sporting e Virgilio Lopes, que vinha desempenhando esse cargo.

O antigo futebolista do Sporting, actualmente a desenvolver a sua actividade profissional em Cabo Verde, terá viagem marcada para em breve se deslocar a Lisboa, para acertar com Sousa Cintra as condições e funções específicas concretas a desempenhar naquele importante "braço armado" do Sporting.

Prestes a completar 57 anos de idade, julgo que Mário Jorge...

Não poderia desejar melhor e justa prenda de aniversário!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

  1. Desconheço por completo qual a experiencia que tem para a funçao bem como se é algo temporario ou permanente. Sendo permanente não deveria ser trabalho da futura direçao? Neste momento apenas posso desejar boa sorte nesta nova etapa

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.

PUBLICIDADE