quinta-feira, 8 de junho de 2017

O sacramental e inimputável "guarda-chuva" da cor do poder!...


FELIZMENTE VEM AÍ O MP

«Por muita vontade que tivesse em falar de futebol, dos seus protagonistas e de vitórias e feitos que marcam a sua história, não consigo, nem devo, passar ao lado dos últimos acontecimentos. A rivalidade ultrapassou os limites do razoável e todos os dias surgem documentos, frases ou vontades que prefiguram um clima de guerra, de todo insustentável. É por isso que quando vejo alguns paladinos a clamarem pela ida aos estádios de mais famílias e outros afirmarem, com pompa e circunstância – alguns que bem sabemos quem são e tentam passar despercebidos -, hipocrisia no máximo, que se está a destruir a indústria do futebol, o que apetece dizer é melhor faria se se fossem embora. Mas quando o clima é dominado por um tema que todos percebemos, corrupção – os exemplos em Portugal são tantos e tão diversificados -, os alarmes tocam e fica toda a gente atenta. Felizmente, ainda que por via anónima, essa preocupação chegou ao Ministério Público e agora não há volta a dar: investigue-se, pois o Estado não pode ficar quietinho a assistir ao que se passa. E será, pois, felizmente, repito, o MP a dizer se é o Porto que fala verdade ou se é o Benfica que pode dormir tranquilo; se alguém corrompe quem; se há corrompidos e corruptores; se o futebol deve ser visto como uma indústria limpa. Sinceramente, acho que merecemos isso. Todos!!!

Eu jornalista me confesso indignado com o que fizeram ao presidente do Sporting. A notícia, sempre, em primeiro lugar, mas com ética e sem acordos. O que se passou no tal pequeno-almoço não enobrece a classe. Muito pelo contrário!»
(José Manuel Freitas, À minha maneira, in Record)

Serão mais do que muitas as minhas reservas acerca do optimismo que o "felizmente" de José Manuel Freitas indicia, sobre a intervenção do Ministério Público...

É que longe irão os tempos, que recordo com saudade, em que a miudagem não precisava de árbitros para jogar um qualquer jogo! Já nesses bons velhos tempos a ganapagem sabia, de experiência adquirida, que a "entrada em campo" de um gajo qualquer armado em árbitro, acabaria por traduzir-se em "roubalheira"! E... sem árbitro, tudo se passava de modo "limpinho", limpinho! Mesmo que pelo meio houvesse porrada de criar bicho, no final sempre acabava por triunfar a "verdade desportiva"!...

É que, bem ao contrário do que talvez pense JMF, infelizmente, a entrada em campo de um árbitro como o MP, só em teoria significará "jogo limpo"! Na prática, o cepticismo do cidadão comum e, muito particularmente, do adepto do futebol, tendo em conta a cambada de inocentes declarados nos mais diversos "jogos da Justiça", a começar num qualquer processo avulso que possamos escolher e a terminar no "glorioso e invicto" Apito Dourado, encontra-se perfeitamente justificado pelo facto de ninguém, aqui e agora, se atrever a notar diferença assinalável entre os juízes do futebol e... os juízes, juízes, sempre que sobre um dado processo pairar...

O sacramental e inimputável "guarda-chuva" da cor do poder!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. E que tal ter sido o próprio do carnidão a oficializar a queixa... só para a coisa ficar já resolvida... Sabe-se dos almoços, com ou sem vouchers, da escumalha com a 'judite' e/ou vice-versa... Sabe-se que os chefes de autoridade foram já requisitados para isto é para aquilo, com o orelhudo a dizer-se cheio de orgulho por ver tanto vermelho ao comando do país.... Parece óbvio que nada mais se passará que não, um panito branco por cima de tudo e se certifique, muito para lá dos 30 dias regulamentares, TUDO O QUE CORRUPTAMENTE ESTA CORJA EDIFICOU... É mais que expectável que o MP não passe de verbo de encher para mais uma VERGONHA NACIONAL... Se é para investigarem ao nível do que vemos ultimamente... Mais vale arquivar JÁ a coisa...

    Gastam pouco e chateiam ainda menos...

    SAUDAÇÕES LEONINAS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Face à denúncia pública feita através do Porto Canal, não seria necessária a denúncia anónima para desencadear o processo levantado pelo Ministério Público. Até pode haver uma denúncia anónima mas, nesta altura, independentemente dela, a denúncia tem um rosto que é o de um dirigente do FCP, logo deste.

      Estranho, ou não (claro que não), é o facto de a denúncia ter sido pública e feita por um membro de um clube, e os órgãos próprios da FPF não terem tomado a mesma atitude e promoverem de imediato o seu processo de inquérito. Mesmo que mais tarde tivesse que aguardar a conclusão do processo judicial.

      Concordo em absoluto com aquilo que diz no que respeita à justiça desportiva.

      Não concordo consigo quando diz " É mais que expectável que o MP não passe de verbo de encher para mais uma VERGONHA NACIONAL... Se é para investigarem ao nível do que vemos ultimamente... Mais vale arquivar JÁ a coisa...".

      Acha que o FCP e o seu presidente não têm vindo a pagar a fatura dos actos praticados? Não teve, à época, resultados em termos de justiça, mas pode ter a certeza de que ainda hoje, e por muitos anos, vão continuar a pagar essa fatura.

      E se na justiça desportiva a denúncia não mereceu qualquer ulterior procedimento, já na justiça civil o mesmo se não passou. Do que se conclui que o EL controla muito mas não controla tudo.
      E aqui o caso pia muito mais fino. Não faltam, nos últimos anos, casos em que o braço da justiça tem vindo a alcançar grupos e pessoas que há meia dúzia de anos seria impensável vermos a contas com a justiça.

      Podem não resultar, por erros de investigação ou processuais, em condenações formais. Mas o resultado será sempre extremamente negativo para os infratores/criminosos. A fatura pagá-la-ão sempre.

      Eliminar
    2. Pagar a fatura...???

      Bom..., se pagar a fatura, é continuar a ser presidente de uma das maiores instituições do país, continuar a faturar títulos - ah e tal... mas tiraram-lhes 6 pontos... - deve dar para rir - (não tenho de memória... mas depois do '''escândalo do apito''' quantos títulos tem este senhor no bucho...??? É fazer as contas... e podemos até excluir os europeus...), continuar 'livremente' a viver 'a la française' de remunerações que 'não existem', etc..., etc..., etc...

      A única fatura que este senhor está a pagar é o facto inexorável de que a idade não perdoa... e por via disso, internamente começam a posicionar-se os seguidores correlegionários... Perante, repito, essa inexorável lei da vida, o carnide, ao abrigo do mais vil modus operandi que se institucionalizou na 'bosta' deste futebolixo, posicionou-se e fez lei substituindo a 'cor do poder'... E repare bem na fatura que, pessoal ou coletivamente, têm vindo a pagar... Brilhante...!!! por outro lado, qual 'dejá vu' ele é roubo, ele é crime, ele é tráfico, ele é rendimento inexplicável, ele é..., em suma, um par entre pares..., etc..., etc..., etc... - e o 'Vale Tudo' é que era o bandido... - e era mesmo... mas menos perigoso porque só não via quem não queria..., era tipo Trump... Este é mais sofisticado... tal qual o foi o Jorginho... nos seus tempos áureos...

      Relembro apenas a historieta da suspensão das acções do Sporting quando se "aventava a eventual possível possibilidade" de JJ se mudar para cá... como reflexo da idoneidade com que as estruturas, que nada têm a ver com o futebol, tratam supostos iguais entre iguais... Para mim é paradigmático da forma como as 'instituições' se mexem em prol de muitos "13 de Maio's" futuros...

      Quanto à vertente criminal, qual boletim informativo..., parece que o pasquim-mór já vem hoje brindar-nos com 'boas novas'... Interessante...!!!

      SAUDAÇÕES LEONINAS

      Eliminar
    3. Mas, oxalá, o caro Leão 17, tenha razão... Gostava mesmo que essa fatura se visse... mesmo que não 'em tempo útil'... Eu simplesmente não 'acradito'... Oxalá esteja redondamente enganado...

      SAUDAÇÕES LEONINAS

      Eliminar

PUBLICIDADE