terça-feira, 13 de junho de 2017

E se voltares, Divanei?!...


«... Têm saído notícias sobre o meu possível regresso ao Sporting. Todos sabem o carinho que tenho por esse clube e, se voltasse para Portugal, o Sporting seria sempre o único clube que eu iria representar. Ao longo de 5 temporadas não ganhei apenas títulos. Fiz amigos de verdade, senti muito carinho de todos os adeptos e apaixonei-me pelo clube de Alvalade. Minto se disser que não gostava de voltar… Mas a verdade é que tenho mais uma época de contrato com o Kairat Almaty e vou continuar no Cazaquistão. Não sei o que me reserva o futuro mas sei que vou ficar sempre eternamente agradecido a todos os adeptos leoninos todo o carinho que demonstraram por mim. Ainda este ano na Uefa Futsal Cup fiquei comovido ao ouvir o meu nome no Meo Arena. As lembranças são muitas e é difícil descrever o que sinto por essa família. Resta-me agradecer do fundo do coração e esperar o melhor, para mim e para o Sporting!!!...» (LINK)

E se voltares, Divanei?!...

Leoninamente, 
Até á próxima

6 comentários:

  1. Esse texto é do ano passado «19/04/2016, 17:58».

    Acredito que o saibas, mas para evitar confusões a outros cá fica.

    ResponderEliminar
  2. O caro António Gomes deve estar a brincar comigo! Ou então precisa de óculos para reparar no LINK que coloquei no fim do texto.

    É preciso puxar pelos neurónios para perceber o que pretendi com este postal e não terá sido armar-me em jornalista sortudo com uma "ganda cacha"!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As vezes nem comentar se pode, pois o meu amigo é muito susceptível.

      SL :-)

      Eliminar
    2. Serei eu que sou muito susceptível ou terá sido infeliz o comentário?!
      Ou passa-lhe pela cabeça que eu tenha "linkado" as palavras de Divanei, sem me aperceber que haviam sido proferidas há mais de um ano?! Pois exactamente por isso é que as trouxe para aqui, meu caro! E também exactamente por isso é que surgiu o comentário do "anónimo de 13 de Junho às 22:20", que parece ter sido o único a perceber o alcance do meu postal...

      Quem não se sente não é boa gente! Chame-lhe o caro António Gomes o que quiser, mas o seu comentário, no mínimo, revelou pouca consideração pelo autor do blog, que não está sujeito a nada nem a ninguém e que não cobra um cêntimo pelo serviço que presta, bom ou mau, a quem o lê...

      Demasiado susceptível? Talvez. Parvo é que tento não ser!...

      Eliminar
  3. Parece o Fabinho aqui á uns tempos...o tamanho do amor ao clube mede-se noutros valores.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE